BDR da Ford (FDMO34) encerra em alta de 5,45% após anúncio do fim da produção no país

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação

O BDR (Brazilian Depositary Receipt) da Ford Motor Company (FDMO34) encerrou a segunda-feira (11) com alta de 5,45%.

A forte alta foi reflexo do anúncio do fechamento de fábricas e encerramento da produção de veículos da montadora no Brasil.

O papel da Ford no Brasil começou o dia em R$ 48,55, chegou a R$ 51,11 e encerrou a segunda-feira cotado a R$ 51,06.

Conheça planilha que irá te ajudar em análises para escolha do melhor Fundo Imobiliário em 2021

BDRs: GOGL34, AMZO34 e NIKE34 puxam recomendações para janeiro

BDRs devem se consolidar em 2021 no mercado brasileiro

BDRs têm volume recorde; Tesla (TSLA34) e Mercado Livre (MELI34) lideram em 2020

BDRX avança

O BDRX também terminou o dia em alta, de +1%, puxado pela Ford e por outras empresas que tiveram altas expressivas na segunda-feira.

O BDRX é um índice composto por 54 BDRs não patrocinados e mais líquidos negociados na bolsa brasileira.

Fabricante de automóveis criada em 1903 nos Estados Unidos, a Ford fundou sua primeira unidade no Brasil em 1919. Desde então, tornou-se uma gigante na fabricação de carros.

BDRs: Costco (COWC34), Altria (MOOO34) e Telefonica (TLNC34) lideraram dividend yield

Nesta segunda-feira, anunciou que vai encerrar a produção de veículos em suas fábricas de Camaçari (BA), Taubaté (SP) e em Horizonte (CE) ainda este ano. Cerca de 5 mil funcionários devem ser afetados na América do Sul.

Os motivos divulgados pela Ford são “a pandemia de Covid-19, que amplificou a persistente capacidade industrial ociosa e a queda nas vendas, que resultaram em anos de perdas significativas”.

Após o anúncio da Ford, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) reagiu e afirmou que a decisão da Ford é um sinal de alerta para os governos federal, de estados e municípios, além do Congresso Nacional, sobre a necessidade de se aprovar, com urgência, medidas para a redução do “custo Brasil”.

Small Caps: LWSA3 e STBP3 são ações mais recomendadas para janeiro

Dividendos: ENBR3, TAEE11 e BBSE3 são ações mais recomendadas para janeiro

A hora e a vez dos BDRs

Liberados pela B3 a todos os investidores brasileiros em outubro de 2020, os BDRs têm ganhado adeptos dia após dia.

Estudo divulgado na semana passada pela Economatica apontou que os BDRs registraram volume recorde em dezembro de 2020. Os mais negociados pelos brasileiros foram Tesla (TSLA34) e Mercado Livre (MELI34).

Desde que passaram a ser disponibilizados a todo mercado, os BDRs vêm ganhando volume de negociação mês após mês. No fechamento de dezembro de 2020 foram R$ 274,4 milhões negociados.

O estudo da Economatica apontou também os 20 BDRs que mais pagaram dividend yields no ano passado. Destaque para Costco (COWC34), Altria (MOOO34) e Telefonica (TLNC34).

Petróleo deve se manter em US$ 50 em 2021, com aumento da demanda

Os Brazilian Depositary Receipts são ativos que representam ações de empresas estrangeiras, mas são emitidos no Brasil. Quando o investir compra um BDR ele está, indiretamente, participando de uma empresa no exterior. Assim, ele tem também direito aos dividendos distribuídos pela companhia lá fora.

Hoje, na B3, estão listados 671 BDRs.