BDRX: índice de BDRs tem leve alta em dia de estreia de PF

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução www.financialexpress.com

No dia da estreia dos BDRs (Brazilian Depositary Receipts) ao investidor pessoa física, o BDRX fechou com leve alta de 0,17%, após disparar na abertura, mas virar e operar no negativo durante a tarde.

O BDRX é um índice composto por 54 BDRs não patrocinados e mais líquidos negociados na bolsa brasileira.

No entanto, o BDRX acumula alta tanto no mês quanto no ano, +1,4% e 53,6%, respectivamente.

Consulte os melhores diálogos e insights da Money Week.

Nos últimos 12 meses, o índice tem alta superior os 63%. Vale lembrar que o índice está disponível deste ano de 2010.

BDRX: altas e baixas marcaram o dia

bdr-trading

Fonte: TradingView

BDRX: funcionamento

Se você tem interesse no mercado de BDRs, nada melhor do que aprender a acompanhar estes títulos na B3 por meio do BDRX.

O índice procura refletir não apenas as variações nos preços dos ativos integrantes do índice no tempo, mas também reflete o impacto que a distribuição de proventos das companhias teria no retorno do índice.

Metodologia

De acordo com a B3, serão selecionados para compor o BDRX os ativos que atendam cumulativamente aos critérios abaixo.

  • Ser um BDR Não Patrocinado listado na B3;
  • Possuir formador de mercado;
  • Ter presença em pregão maior ou igual a 30% (trinta por cento) no período de vigência das 3 (três) carteiras anteriores;
  • Não ser classificado como “Penny Stock”.

No BDRX, os ativos são ponderados por seu valor de mercado em reais (quantidade total de ações emitidas pela empresa objeto, ajustada pela proporção de ações/BDR, multiplicada pelo preço em reais do BDR).

A participação de um ativo no índice não poderá ultrapassar a 20%, quando de sua inclusão ou nas reavaliações periódicas.

Caso isso ocorra, serão efetuados ajustes para adequar o peso do ativo da companhia a esse limite, redistribuindo-se o excedente proporcionalmente aos demais ativos da carteira.

Desempenho do BDRX nos últimos dez anos:

Reprodução / B3

Carteira teórica

A carteira teórica do BDRX será valorizada, a cada intervalo de cálculo, pela multiplicação da quantidade teórica de cada BDR pelo preço do último negócio registrado dentro desse intervalo ou, na ausência deste, por seu valor de
referência, que é a média aritmética dos preços das melhores ofertas de compra e de venda registradas no momento do cálculo.

A carteira do BDRX é válida por um período de três meses, a carteira atual é do período de setembro a dezembro de 2020.

Confira a composição da atual carteira do BDRX:

AçãoTickerPeso (p.p.)
ADVANCED MICA1MD340,648
APACHE CORPA1PA340,024
AMERICAN AIRAALL340,045
APPLEAAPL3413,928
AMAZONAMZO3411,093
ATT INCATTB341,321
ALIBABAGRBABA345,792
SANTANDERBCSA340,23
BERKSHIREBERK342,052
BOOKINGBKNG340,485
BANK AMERICABOAC341,447
CARNIVAL CORC1CL340,07
COMCASTCMCS341,407
COCA COLACOCA341,494
COTY INCCOTY340,017
COSTCOCOWC341,16
CISCOCSCO341,147
CVS HEALTHCVSH340,54
DELTADEAI340,14
WALT DISNEYDISB341,593
EXXON MOBILEXXO340,975
FACEBOOKFBOK344,662
GEGEOO340,445
GILEADGILD340,525
ALPHABETGOGL343,308
ALPHABETGOGL353,691
GOLDMANSACHSGSGI340,633
INTELITLC341,579
JOHNSONJNJB342,628
JPMORGANJPMC342,097
KRAFT HEINZKHCB340,268
MACY SMACY340,014
MCDONALDSMCDC341,18
MERCADOLIBREMELI340,446
3MMMMC340,678
MICROSOFTMSFT3411,277
NEWMONT GOLDN1EM340,343
NETFLIXNFLX341,501
NVIDIA CORPNVDC342,371
OCCIDENT PTROXYP340,063
PFIZERPFIZ341,427
PAYPAL HOLDPYPL341,743
TRANSOCEANRIGG340,003
SIMON PROPSIMN340,137
SALESFORCESSFO341,609
TESLA INCTSLA342,733
TWITTERTWTR340,276
UNITED AIRLIU1AL340,072
UBER TECH INU1BE340,43
UNITEDHEALTHUNHX342,126
US STEELUSSX340,014
VISA INCVISA342,685
WAL MARTWALM342,835
WELLS FARGOWFCO340,6

BDRs

BDRs são ativos que representam ações de empresas estrangeiras, porém são emitidos no Brasil. Ao comprar um BDR está, indiretamente, participando de uma empresa no exterior, e terá direito aos dividendos distribuídos pela companhia lá fora.

Cabe frisar que BDRs não são investimentos no exterior. Apenas acompanham a variação das ações das empresas lá fora. Se a companhia tiver lucro, o investidor brasileiro se beneficiará disso através da distribuição de dividendos. Se os papéis se desvalorizarem, esse reflexo também será sentido por quem os adquiriu no Brasil.

No mercado brasileiro são negociados 671 desses certificados, quase o dobro das ações negociadas na bolsa.

Embora a negociação seja realizada em tempo real, tanto na compra quanto na venda, a variação de preço do BDR também acompanha a variação do câmbio.

Dessa forma, ao compra um BDR o investidor ingressa em dois mercados simultaneamente na bolsa estrangeira e no câmbio.

Regulamento

No mês passado, o superintendente da CVM, Antonio Berwanger, disse que o novo regulamento estava em análise e a liberação desses investimentos, prevista para outubro, está atrelada à avaliação dos mercados reconhecidos. A expressão faz referência a mercados maduros, que conferem segurança aos investidores devido às boas práticas de governança.

No início, os mercados reconhecidos pela CVM deverão ser as bolsas norte-americanas – NYSE e Nasdaq. Dessa forma, somente a partir da aprovação do regulamento, com base nesses mercados, é que esses ativos estarão disponíveis para todos os investidores.

A liberação dos BDRs foi bem recebida por boa parte do mercado, que busca novas formas de rentabilidade diante da queda dos juros. Entretanto, há muitas dúvidas sobre qual a melhor forma de investir em ativos externos.

Tipos de BDR

Os BDRs podem ser patrocinados ou não patrocinados, e o que definirá isso será a sua origem.

Os patrocinados surgem quando a própria empresa estrangeira decide emitir seus títulos no Brasil para captar recursos no nosso mercado. Para isso, procura uma instituição depositária aqui para a colocação e acompanhamento de seus papéis no mercado nacional.

Por sua vez, os não patrocinados não têm qualquer participação da companhia emissora na sua venda. Nesse caso, a iniciativa de ofertar os títulos é exclusiva da instituição depositária nacional. No Brasil, os BDRs são, predominantemente, não patrocinados.

Os BDRs mais negociados

Estudo recente da Economática mostra que as empresas de tecnologia estão entre as preferidas dos investidores. As empresas estrangeiras que tiveram BDRs mais negociados na média diária até 12 de agosto foram as seguintes:

  • Amazon: R$ 3,7 milhões
  • Mercado Libre: R$ 3,6 milhões
  • Alphabet (Google): R$ 3,3 milhões
  • Apple: R$ 3,2 milhões
  • Microsoft: R$ 3,2 milhões

Os BDRs mais rentáveis

Quanto aos os BDRs mais rentáveis, as maiores valorizações acumuladas em 12 meses até 12 de agosto foram:

  • Tesla: +822%
  • Nvidia: +308%
  • Apple: +213%
  • PayPal: +151%
  • Mercado Livre: +148%

Para o desempenho de outros BDRs, clique aqui.

Recomendações

A carteira de BDRs recomendada pela Terra Investimentos em outubro conta com nomes, como: Apple, Amazon, Alibaba Group, Alphabet, Tesla, Deere & Company, PayPal Holdings, SalesForce.com, Facebook e Johnson & Johnson.

Ou seja, 40% da carteira é voltada para empresas de tecnologia.

Na carteira recomendada pelo BB também é perceptível a preferência por empresas do setor de tecnologia.

O banco recomenda investimentos em Tesla, Mercado Libre, Facebook, Apple, Alphabet, Amazon, Microsoft, Newmont, Alibaba e Salesforce.com.

Reprodução / Terra Investimentos