Agenda da semana: Copom, PMI de serviços e IPO no radar do investidor

Victória Anhesini
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie
1

A primeira semana de agosto começa agitada, com indicadores econômicos importantes na agenda, assim como a primeira reunião do Copom do segundo semestre.

Na semana anterior, ainda fraca de indicadores e com recesso do Congresso Nacional, O Ibovespa sofreu com a cautela por conta do cenário do exterior. Na última sexta-feira, a bolsa de valores acompanhou os mercados globais e simplesmente despencou, com menos 3,08%, ficando com 121.800,79 pontos. Com queda de 3,94%, julho se torna o primeiro mês negativo desde fevereiro, quando o índice recuou 4,37%.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Brasil

IPOs

No Brasil, a temporada de IPOs segue com Raizen na quinta (5), um dos mais esperados até agora. Confira o balanço das empresas que estrearam na B3 durante a última semana de julho.

Copom

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) divulga, na próxima quarta-feira (4), a partir das 18h, o resultado de sua 239ª reunião. E do anúncio sairá a decisão quanto à taxa básica de juros (Selic).

PMI de serviços

A próxima leitura do Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) será divulgada na segunda-feira (2). No mês anterior, a IHS Markit informou que o índice subiu em junho a 53,9, de 48,3 em maio. Conforme os dados, ao ultrapassar a marca de 50, significa a separação de crescimento e contração.

Exterior

PIB dos EUA

Durante a última semana, a primeira prévia do segundo trimestre do Produto Interno Bruto americano mostrou crescimento de 6,5%, ante 6,3% do trimestre anterior (revisados de 6,4% anunciados anteriormente). A expectativa do mercado era por leitura maior, de 8,4%.

PCE

Na semana passada, foram divulgados os dados do Índice de Preços para Gastos de Consumo Pessoal (PCE) nos EUA, que variou 0,5% em junho, mesma variação observada em maio. O núcleo do PCE, que exclui alimentos e energia, subiu 0,4%, abaixo da projeção de 0,6%. Na comparação anual, a alta foi de 3,5%, também abaixo da expectativa de 3,7%.

Apesar de vir abaixo da projeção, a alta de maior representa o maior movimento para o índice desde 1991 e ficou acima dos 3,4% de maio.

Mercado de trabalho nos EUA

Os pedidos de auxílio desemprego voltaram a cair nos Estados Unidos (EUA) na semana encerrada em 24 de julho, quando foram registrados 400 mil pedidos. Uma redução de 24 mil pedidos frente a semana anterior. Ainda assim, vieram pior do que a projeção do mercado, que era por 385 mil.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3

Calendário da semana

Segunda-feira (2)

  • Zona do Euro: PMI da indústria da IHS Markit, 5h
  • Boletim Focus, 8h25
  • PMI da indústria da IHS Markit, 10h
  • Balança comercial mensal, 15h

Terça-feira (3)

  • IPC-Fipe mensal, 5h
  • Pesquisa Industrial Mensal do IBGE, 9h

Quarta-feira (4)

  • Zona do Euro: Índice PMI Markit composto, 5h
  • Brasil: Índice PMI Markit de serviços e composto, 10h
  • Copom: Anúncio da taxa básica de juros, 18h30

Quinta-feira (5)

  • Definição da taxa de juros do Banco Central Europeu, 8h
  • Novos pedidos de seguro-desemprego EUA, 9h30

Sexta-feira (6)

  • Taxa de desemprego nos EUA, 9h30