Como investir com pouco dinheiro?

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Sempre chega o fatídico momento em que você se pergunta: como investir com pouco dinheiro? Normalmente nos perguntamos isso após percebe que dinheiro parado é dinheiro perdido. Ou então, quando tomamos consciência de que precisa fazer o famoso “pé de meia”, seja para uma aposentadoria mais tranquila ou para adquirir um bem almejado.

Na verdade, não importam as razões, o fato é: você precisa começar a investir!

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Mas eu tenho tão pouquinho: como começo?

Edmund Burke, político e filósofo irlandês, nascido em 1729, disse:

“Ninguém comete erro maior do que não fazer nada porque só pode fazer um pouco.”

No artigo de hoje daremos a melhor opção para quem quer investir em renda fixa tendo:

  • Até R$ 1 mil
  • Até R$ 5 mil

Investimento para quem tem até R$ 1 mil

Se você tem até R$ 1 mil para investir, provavelmente o seu melhor investimento é o Tesouro Direto.

Por meio dele é possível investir a partir de R$ 32!

O Tesouro Selic é uma ótima opção para quem precisa de “liquidez imediata”, ou seja, caso precise fazer um resgate rápido.

Sua liquidez é diária e como a partir do primeiro dia há rendimento, sempre é possível obter algum lucro.

Esse investimento de renda fixa,  mesmo hoje com a baixa taxa de juros, ainda rende mais que a poupança.

Outro ponto muito importante a favor do Tesouro Selic, é que ele paga 100% da variação da taxa Selic. Então, não importa se você investiu R$ 30 ou R$ 100 mil, a rentabilidade não irá variar.

Quando você compra um título do Tesouro Direto paga uma taxa de custódia de 0,25% ao ano para a B3, independente da corretora escolhida. Alguns bancos cobram outras taxas de corretagem, fique atento!

Vale destacar ainda que, desde 01 agosto de 2020, o título Tesouro Selic passou a ser isento da taxa de custódia até o valor de R$ 10 mil.

Quanto à tributação, segue a tabela regressiva do Imposto de Renda:

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3

Como investir até R$ 5 mil

Além do Tesouro Direto, existem outras opções que podem ser mais rentáveis caso se tenha um pouco mais de capital. O CDB é uma delas!

O Certificado de Depósito Bancário é um investimento de renda fixa que pode render mais que o Tesouro Direto se você analisar bem alguns pontos antes de aplicar seu dinheiro.

Em relação à segurança, o CDB é garantido pelo FGC ( Fundo Garantidor de Crédito), o fundo garante ressarcimento de até R$250 mil reais por CPF, ou seja, você está seguro.

O CDB é atrelado ao CDI, e a maioria dos grandes bancos oferecem CDBs com renda de até 95% do CDI, bancos menores oferecem taxas melhores.

O segredo é, após pesquisar a saúde financeira da instituição, encontrar um banco que pague acima de 100% de CDI. Aí pode ir com fé, que certamente você terá uma rentabilidade maior que a do Tesouro Direto.

O CDB segue a mesma tributação regressiva do Tesouro Direto, mas é isento da taxa de custódia.

Os CDBs de liquidez diária, são em D0. Isso significa que o resgate ocorre no mesmo dia (fique atento ao horário bancário).

A regra é clara, Arnaldo!

Como você pode ver, toda escolha, independente do valor que tem em mãos, depende de seu perfil e de quanto tempo você pode esperar para resgatar seu investimento.

Seguindo os dizeres do filósofo Edmund Burke ou a sabedoria popular do ditado “Pedra parada cria limo”, não espere mais!