Como investir no Tesouro Direto

[dropcap]T[/dropcap]esouro Direto é o nome do programa que  permite aos investidores pessoa física, investir diretamente nos Títulos do Tesouro Nacional. Atualmente é o segundo investimento na preferência dos brasileiros, atrás apenas da caderneta de poupança. Mas afinal, como investir no tesouro direto?

Juliano Custodio
Juliano Custodio é empreendedor digital, apaixonado por tecnologia, investimentos e tudo o que esta mistura pode criar. É também CEO do EuQueroInvestir.com e do EuQueroInvestir A.A.I assessores de investimentos. Me envie um e-mail: juliano.custodio@euqueroinvestir.com Ou então uma mensagem por WhatsApp: (47) 9.8859.2799.

Para investir no tesouro direto você deverá seguir alguns pequenos passos:

  • Ter CPF e conta em uma instituição financeira (corretoras ou bancos). Aqui é importante você escolher uma instituição que não cobre taxas para liberar seu acesso, como por exemplo a XP Investimentos.
  • Após definir sua instituição, você deve contatá-la e solicitar o cadastramento.
  • Feito isso, você receberá uma senha para acessar o site do tesouro direto, onde poderá realizar a compra e venda de seus títulos, bem como, consultar saldos e extratos de suas aplicações.

Depois de habilitado, você pode investir no tesouro direto através de 3 canais:

  • Pelo site do Tesouro Direto: acessando a área restrita do site, você pode efetuar a compra, venda, e até mesmo programar seus investimentos, além de consultar seu extrato.
  • Na plataforma de sua Instituição Financeira: as instituições financeiras habilitadas intermedeiam seus sites com o Tesouro Direto, tornando-se desta forma, um agente integrado. Com isso, você também se habilita a comprar e vender seus  títulos públicos em sua própria instituição, lembrando que os preços e taxas são exatamente iguais aos encontrados no site do tesouro direto.
  • Por meio de sua Instituição Financeira: você também pode autorizar sua instituição financeira a negociar seus títulos públicos. Verifique se a sua instituição financeira oferece esta disponibilidade.

    Quer ajuda para investir no tesouro direto? CLIQUE AQUI e converse conosco sem custo algum.

[box type=”info” align=”” class=”” width=””]Se você tem dúvidas ou gostaria de obter ajuda para iniciar seus investimentos no tesouro direto, basta preencher o formulário no final do artigo. Assim que possível, um de nossos assessores de investimentos entrarão em contato para lhe orientar. Fique tranquilo, nossa assessoria é gratuita.[/box]

O que é o Tesouro Direto

Como dito anteriormente, Tesouro Direto é o nome do programa de venda de Títulos de Dívida Pública (Títulos Públicos) diretamente ao investidor, por isso o “Direto” no nome.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Este programa foi criado em 2002 através de uma parceria entre o Tesouro Nacional e a BM&F Bovespa ( que mudou o nome para B3 ), a fim de democratizar o acesso aos títulos.

Antes do lançamento do programa, investir no Tesouro Direto, era inviável para pessoas físicas, pois os títulos eram vendidos somente em lotes muito grandes, para bancos ou investidores qualificados.

Antes do lançamento do programa, o lote mínimo para compra de títulos do tesouro era de R$ 3.000.000,00 no sistema SELIC. O que só era viável para bancos, fundos e grandes empresas.

De forma que você só tinha acesso aos títulos através de fundos de investimentos, que cobravam muitas vezes elevadas taxas. Já hoje está aberto para investimentos a partir de R$ 30,00.

Se você nunca investiu fora de seu Banco, você vai achar o método um pouco diferente, pois, você deve estar acostumado com a Poupança ou o CDB, onde você empresta para um Banco e recebe os juros.

No Tesouro, você empresta o dinheiro diretamente para o Governo – Tesouro Nacional, recebe o dinheiro corrigido no vencimento do contrato/título, ou recebe juros como um aluguel no caso do Tesouro IPCA+ (tipo de título).

O que são os Títulos Públicos?

Um Título Público é um título de dívida do Governo Brasileiro, ou seja, você empresta para o governo em troca de receber uma remuneração futura sobre o valor emprestado.

Cabe ressaltar que o Governo é considerado o melhor “devedor” do país, de forma que os Títulos do Tesouro são considerados os investimentos mais seguros do Brasil.

Porque os Títulos do Tesouro são Vendidos?

Uma pergunta frequente de quem está começando a investir no tesouro direto: Por que o governo vende os títulos?

O Governo, naturalmente é “deficitário”, ou seja, a soma das suas despesas e dos juros de empréstimos do passado são maiores que suas receitas com recolhimento de tributos.

Assim, o governo utiliza a venda de títulos para captar recursos para financiar o déficit da “máquina pública” em um ciclo infinito, que no final das contas gera a inflação.

O Tesouro Direto, é indicado para o meu Perfil de Investidor?

tesouro direto-perfil do investidor

Antes de começarmos a investir no tesouro direto, vale lembrar que cada investidor tem um perfil diferente, e para cada perfil e necessidade de investidor há uma forma mais indicada, ou seja, um “melhor investimento”.

Neste artigo eu falo o que penso para o meu perfil e para os meus investimentos. Para conhecer o seu perfil e receber uma sugestão mais adequada, sugiro que você faça um teste de Perfil antes de continuar a leitura.

[banner id=”teste-perfil”]

Tipos de Títulos do Tesouro Direto?

Existem 3 classes de Títulos do Tesouro e 5 tipos de Títulos:

Títulos Indexados a SELIC

  • Tesouro SELIC ( sigla: LFT ) Leia mais sobre o Tesouro SELIC

Títulos Prefixados

  • Tesouro Prefixado ( sigla: LTN ) Leia mais sobre o Tesouro Prefixado
  • Tesouro Prefixado com Juros Semestrais ( sigla: NTNF ) Leia mais sobre o Tesouro Prefixados com Juros Semestrais

Títulos Indexados ao IPCA

  • Tesouro IPCA+ ( sigla: NTNB Princ) Leia mais sobre o Tesouro IPCA+
  • Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais ( sigla: NTNB ) Leia mais sobre o Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais

Tesouro SELIC (LFT)

As LFT são títulos do tesouro nacional, também conhecidos como Tesouro Selic, que rendem exatamente a taxa SELIC – A taxa SELIC que é considerada o custo do dinheiro na economia.

Nele você não sabe exatamente vai ter de rendimento no final, isto porque o Governo muda a SELIC a fim de aquecer e frear a economia ou controlar a inflação.

Veja como o governo alterou a SELIC nos últimos anos em função da inflação, sempre que a inflação sobe a SELIC sobe para combater a inflação:

Quer incorporar este gráfico no seu site? Clique aqui