CDI: O que é o CDI? CDI hoje?

CDI: O que é o CDI? CDI hoje?
4.44 de 467 votos

“Conheça o CDI e sua importância nos investimentos.”

Para você que sabe o que é o CDI e quer fazer uma consulta:

Qual o CDI hoje?

CDI Agora ():

% ao ano

% ao mês

Acumule o CDI ou DI entre Datas

Data Inicial: Nossa base começa em 04/07/1994
Data Final: Este é o último dia de nossa base
Percentual (%): Percentual do CDI
Valor (R$): Valor aplicado

Multiplicou o investimento por:
Ou seja, você teria um ganho de %
Valor reajustado: R$

Para você que quer saber tudo sobre o CDI:

CDI: Certificado de Depósito Interbancário

Podemos Investir em CDI?

cdi: certificado deposito bancario

Para os mais apressados, vamos a um resumo:

A sigla “CDI” vem de Certificado de Depósito Interbancário e deriva do nome dado aos títulos emitidos por instituições financeiras do mesmo nome (CDI).

Estes títulos são como empréstimos de curtíssimo prazo (1 dia) feitos entre as instituições financeiras a fim de sanarem o seu caixa.

Funciona assim: por regra do Banco Central, os bancos precisam “fechar” o dia com saldo positivo no caixa, mas se em um dia eles tiverem saques acima do previsto e que superem os depósitos, podem acabar fechando o dia negativo e como isso não pode acontecer, eles pegam dinheiro emprestado.

Este dinheiro é “pego” emprestado através de um CDI.
É justamente a taxa média dos CDIs de um dia que acabou virando padrão para o custo do dinheiro em todos os tipos de empréstimos.

É por isso que você vai ver a maior parte dos investimentos rendendo um percentual do CDI .
Ex: 110% do CDI.

Você enviar suas dúvidas a qualquer momento, pelo formulário abaixo:




Confira o numero informado. Assim que possível, entraremos em contato para auxiliá-lo. Nosso código de área é 47.




Em outras palavras: Como visto no artigo sobre a SELIC, o termo CDI tratado comumente no mercado como uma taxa, vem do nome dos títulos emitidos por instituições financeiras chamados CDI (Certificados de Depósito Interbancário).

Esses títulos tem lastro em Títulos do Tesouro e são negociados exclusivamente entre as instituições financeiras a fim de sanarem os fluxos de caixas de curtíssimo prazo de uns bancos com os outros.

Esse sistema gera fluidez ao mercado financeiro pois quem tem excesso de depósitos em um dia cobre com recursos quem tem excesso de saques no mesmo.

Resumindo: Você não investe no CDI mas em: CDB’s, LCI’s / LCA’s, LC’s, etc.
Estes investimentos rendem um “percentual do CDI”!

Se você quer investir em uma destas opções, sugiro a leitura do seguinte artigo:
Qual o melhor investimento para 2017?

Para cada Perfil, uma “Melhor carteira de Investimentos”

Os investimentos baseados no CDI formam a base da maior parte dos investimentos mas nem todos necessariamente são indicados para todos os Perfis de Investidor.

Para cada perfil e necessidade individual de investidor há uma forma de investir mais indicada, ou seja, um “melhor investimento”.

Para conhecer o seu perfil, e receber uma sugestão mais adequada, sugiro que você faça um Teste de Perfil antes de continuar a leitura: Teste de Perfil

CDI: O que é? Para que serve?

Taxa de Referência ou taxa livre de risco

O Cdi é a Taxa livre de risco

Como dito anteriormente, a taxa cobrada pelos CDIs de um dia (Certificados de Depósito Interbancário), passou a ser utilizada como a taxa de referencia para todas as aplicações financeiras bem como todas as operações de crédito do sistema financeiro.

Isto porque o CDI é o custo paga pelos bancos quando pegam dinheiro emprestado ou o custo pago pelo empréstimo tomado de outros bancos. Estas transações representam a maior parte do volume de crédito diário no país.

Com o passar do tempo, os investimentos considerados mais seguros e simples do mercado passaram a ser baseados nesta taxa, então ela acabou sendo chamada de taxa livre de risco.

COE - Certificado de Operações Estruturadas

Assim, em toda o tipo análise de investimentos, o projeto em questão tem de ser comparado (benchmark) com o CDI, afinal de que adianta aplicar um grande capital em um empreendimento (como abrir um negócio) se este não conseguir render pelo menos o CDI?

Faço este tipo de comparações muitas vezes, inclusive utilizando a ferramenta que está no início do artigo. Nela você coloca a taxa inicial, a data final e descobre em quantas vezes uma aplicação que rende 100% do CDI teria multiplicado seu dinheiro.

Certa vez conversei com um investidor que estava muito orgulhoso pois havia comprado um apartamento por R$ 100.000 no ano 2000 e que o mesmo estaria valendo agora R$ 600.000.
Veja o que teria acontecido no investimento no CDI:

calculadora cdi

O CDI multiplicaria o investimento por 7,83 vezes ao invés de 6 vezes como multiplicou o imóvel

CDI como Benchmark para investimentos

Quando você faz um projeto de investimento, o seu desempenho vai ser sempre comparado ao CDI, pois como dito acima ela é a referência para retornos.

Imaginando que você tenha um investimento que considera interessante e que o mesmo rendeu 0,9% naquele mês. Como saber se este foi um bom ou um mau investimento? Basta comparar com o CDI.

Se o CDI para o mesmo mês foi de 1,00%. Quer dizer que o seu investimento rendeu somente 90% do CDI (0,9%/1% = 0,9 ou 90%), ou seja, ficamos abaixo da meta que era igualar o CDI.

A partir de agora, sempre que você quiser “medir” um investimento, saiba que ele tem que “vencer” o CDI.

Avalie este artigo, e ajude-nos a criar melhores conteúdos: Envie dúvidas e sugestões para: contato@euqueroinvestir.com
CDI: O que é o CDI? CDI hoje?
4.44 de 467 votos

No início do artigo você viu que a maior parte dos CDBs são sempre apresentados com uma rentabilidade relativa ao CDI (100% do CDI, 112% do CDI, 116% do CDI). Mas também os Fundos de investimentos apresentam sua performance passada comparada com o CDI.

No gráfico abaixo, mostramos a comparação entre um Fundo de Crédito contra o CDI, repare que o fundo rende acima do CDI e por isso sua Rentabilidade relativa é maior do que 100% do CDI (média de 125% do CDI). Clique aqui ou no gráfico para vê-lo atualizado!

More Crédito x CDI

Na imagem, na linha preta, temos a evolução do CDI e em vermelho a evolução do fundo que tem rendido em média 125% do CDI. Veja que no longo prazo este crescimento extra, gera um grande diferencial de rentabilidade.

Note que o fundo superou com grande facilidade e consistência o CDI no longo prazo. No gráfico você tem o período entre jan/2013 e jun/2016 onde CDI rendeu cerca de 50% e o fundo 68% uma diferença bastante interessante.

Quanto Rende o CDI?

Por se tratarem de títulos que tem lastro em Títulos do Tesouro, o CDI tem rentabilidade que flutua em torno da SELIC. Quando o dinheiro é escasso no mercado, o CDI fica um pouco acima da SELIC e quando o dinheiro é farto, o CDI fica pouco abaixo da SELIC.

O CDI é sempre expresso em termos anuais, mesmo que a maior parte das operações de CDI, sejam feitas para o prazo de um dia. Todas estas operações são feitas de maneira eletrônica e registradas na CETIP, responsável no Brasil pelo registro das operações deste tipo no mercado financeiro.

Palestra Melhor Investimento para 2017

A Taxa CDI mais amplamente adotada no mercado é a DI-Over, publicada pela CETIP – já que é ela quem registra as operações. Ela é calculada como a média das operações transacionadas num único dia, desconsiderando as operações dentro de um mesmo grupo financeiro.

O CDI hoje – é : % ao ano ou % ao mês retirado do site da CETIP.

Evolução da Taxa SELIC / CDI

Investimentos que rendem CDI

Os investimentos que rendem CDI, normalmente são chamados de Pós-Fixados.

Isso porque quando você contrata um CDB, por exemplo e ele paga 100% do CDI, você não sabe exatamente quanto vai ganhar, afinal como você pode ver no gráfico que mostramos mais acima, o CDI varia ao longo do tempo.

Em 2005, ganhar 100% do CDI significava ganhar 20% ao ano, já entre 2015 e 2016 isso significava ganhar 14,15% ao ano. Por isso o investimento é chamado de pós-fixado, pois você vai ganhar uma rentabilidade que depende do CDI que acontecer no futuro.

Os investimentos pós-fixados, dependentes do CDI, mais utilizados são:

Os CDBs, que nada mais são do que empréstimos feitos aos bancos, que normalmente são atrelados ao CDI, pagam imposto de renda e que tem proteção do FGC de até R$ 250.000,00. Leia mais sobre CDBs.

CDBs em percentual do CDI

Os CDBs acima estão descritos em “percentual do CDI”, como 103% do CDI por exemplo.

As LCIs, que também são empréstimos, mas direcionados para financiar compradores de imóveis, tem a vantagem de não serem tributados com Imposto de Renda. Leia mais sobre LCIs.

As LCAs, que funcionam igual as LCIs, porém servem como fonte de financiamento para o Agronegócio. Leia mais sobre LCAs.

As LCs, funcionam igual os CDBs porém o empréstimo é feito para financeiras, instituições que “financiam” imóveis, automóveis e crédito consignado entre outros, mas que não são bancos. Esses investimentos também tem garantia do FGC. Leia mais sobre LCs.

Existem também muitos Fundos de Investimentos, que compram ativos como os acima (CDBs, LCIs, LCAs, Debêntures), como também títulos do tesouro e diversos outros tipos de investimentos conforme o tipo de fundo e que por este motivo também tem o CDI como parâmetro de rentabilidade. Leia mais sobre Fundos.

Quer ter aceso a investimentos que vençam o CDI?

Entenda o nosso trabalho!

Criei este Blog, não só para lhe ensinar como encontrar o investimento mais adequado para você. Mas também para lhe ajudar a ter acesso a estas opções, que muitas vezes não estão ao alcance nem mesmo de grandes investidores.

Curso Formação de Investimentos

Isso porque o mercado financeiro no Brasil é muito concentrado nos grandes Bancos, que por este motivo acabam por oferecer as taxas menos atrativas para os investidores do que bancos de menor porte.

Com a ajuda da disseminação da cultura da educação financeira e da criação do FGC (Fundo Garantidor de Crédito), o investidor hoje tem a mesma segurança investindo em um CDB ou LCI de um banco de pequeno ou de grande porte.

Quer ajuda para montar uma carteira de Investimentos?

Eu posso lhe ajudar a montar uma carteira de investimentos de forma gratuita, basta marcarmos uma conversa inicial, que pode ser por e-mail, Skype, WhatsApp ou Telefone. Para isso, basta preencher o formulário abaixo!

Entenda Quem Somos e Como Podemos Ajudar

Somos um Blog de Educação Financeira e nosso objetivo é difundir o máximo conhecimento possível, para que você encontre o Melhor Investimento para o seu Perfil de Investidor.

Quem Somos - EuQueroInvestir

Nossos autores em sua maioria, são Assessores de Investimentos de destaque no mercado financeiro, conciliando assim, conteúdo com experiência prática de negócios.

Se você possui alguma dúvida mais específica, pode contatá-los através do formulário abaixo!





Confira o numero informado. Assim que possível, entraremos em contato para auxiliá-lo. Nosso código de área é 47.