Como escolher a melhor corretora para seus investimentos

Ronaldo Araújo
Ex-assessor de investimentos agora atuante no marketing digital; habilidades em produção de conteúdo, copywriting e gestão de tráfego pago, com proficiência no gerenciador de negócios do Facebook e campanhas no Google Ads.
1

Crédito: Shutterstock

Uma dúvida bastante comum entre os investidores é como escolher a melhor corretora para investir. Cada vez mais as pessoas têm aprendido que é melhor investir fora dos bancos e que há um mundo para além da poupança.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, o que amplia o desafio de busca pelas melhores aplicações para multiplicá-lo

Assim, as corretoras independentes buscam oferecer um maior leque de produtos, além de taxas e serviços diferenciados com vistas a atrair esse público.

Acesse esse material especial para avaliar resultados, performance e dividendos dos melhores FIIs no mercado.

Saber escolher bem uma corretora é fundamental se você não quer ter surpresas desagradáveis no futuro.

Por isso, ao longo deste artigo, você descobrirá quais são os pontos mais importantes que devem ser considerados.

Você sabia que algumas das maiores oportunidades de ganhos da bolsa estão nas Small Caps? Quer saber mais sobre essas ações e como investir? 

O que é e como funciona uma corretora de valores?

Uma corretora de investimentos (ao contrário do que muitos pensam) não funciona como um banco convencional do varejo.

Quer começar o dia bem-informado com as notícias que vão impactar o seu bolso? Clique aqui e assine a newsletter EQI HOJE!

Alguns pontos são similares entre essas instituições, como o fato de você abrir uma conta e poder fazer transferências via TED. Assim, uma corretora é um tipo de instituição financeira responsável por fazer a intermediação entre pessoas interessadas em algumas modalidades de investimentos. Você já deve ter reparado que os bancos tradicionais, tais como o Banco do Brasil, o Itaú e o Bradesco, também oferecem opções de investimentos aos seus clientes.

No entanto, o que muitos não sabem é que por trás desses bancos há também uma corretora que administra essas aplicações.

A grande diferença entre as corretoras dos grandes bancos e as corretoras independentes, como a EQI Investimentos, está na diversidade de aplicações acessíveis aos clientes.

Em uma corretora de banco, você poderá investir apenas em aplicações daquele banco. Assim, se você deseja investir em um CDB, por exemplo, ficará preso às aplicações disponíveis naquela instituição bancária.

Já as corretoras independentes funcionam de uma maneira totalmente diferente. Nelas, você consegue comprar títulos de vários bancos ao mesmo tempo, além de encontrar opções para investir no Tesouro Direto e na Bolsa de Valores.

Na EQI Investimentos, por exemplo, você encontra produtos de mais de 40 bancos, desde os maiores até os menores. Assim, você se sentirá em um verdadeiro shopping de investimentos, no qual poderá escolher entre diversos produtos e com a melhor rentabilidade.

Por que você precisa de uma corretora para investir?

Pessoas acostumadas a investir por meio de seu banco podem relutar um pouco quando o assunto é mudar para uma corretora. Mas por que isso acontece?

É claro que e mais fácil investir em um banco. Afinal, o seu dinheiro já está lá. Tudo o que você precisa fazer é entrar em contato com o seu gerente e autorizar uma determinada aplicação.

O problema é que essas pessoas estão perdendo dinheiro ao investir nas aplicações oferecidas pelo seu banco. E isso vale até mesmo aquelas que parecem mais rentáveis como um CDB.

Isso porque os grandes bancos possuem uma quantidade imensa de clientes em sua base. Logo, para eles não é difícil captar dinheiro no mercado. Em função disso, podem oferecer produtos com péssimas rentabilidades, tais como 80% do CDI para um título de CDB de vários anos.

Além disso, eles podem te oferecer títulos de capitalização falando que é um bom investimento se você não consegue acumular dinheiro. No entanto, podemos afirmar categoricamente que essa é a melhor maneira de você jogar dinheiro fora.

Já nas corretoras de investimentos é diferente. Como elas costumam trabalhar com uma grande variedade de bancos (inclusive os menores), você poderá acessar a plataforma e escolher entre aqueles títulos que estão mais voltados para os seus objetivos.

Por exemplo, quem investe em CDB pode encontrar facilmente nas corretoras títulos com rentabilidades acima de 110% do CDI.

Outra vantagem das corretoras em relação aos bancos é que seu processo é totalmente digital.

Algumas corretoras como aEQI Investimentos também oferecem a seus clientes a opção de aplicativo para smartphones. Ou seja, você poderá gerir a sua carteira de investimentos quando e onde quiser.

Quais são os fatores que devem ser observados ao escolher uma corretora?

Para atuar no mercado, as corretoras precisam seguir uma série de dispositivos presentes na legislação brasileira. Além disso, precisam obter autorização dos órgãos que regulam o setor como a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e o Banco Central.

Assim, antes de optar por uma corretora, é importante fazer uma breve pesquisa e verificar se ela possui autorização para funcionar. Do contrário você pode correr o risco de perder dinheiro.

Além disso, há outros fatores que devem ser considerados quando você estiver buscando a melhor corretora.

  1. Quais são as taxas cobradas pela corretora?

As corretoras de investimentos podem cobrar algumas taxas de seus clientes. No entanto, várias corretoras do mercado oferecem taxa zero para alguns tipos de operações. Ou seja, você poderá investir mesmo sem pagar nenhuma taxa para a corretora.

Isso é muito diferente do que os bancos costumam fazer. Pois para quase tudo o que você faz em um banco, há uma taxa embutida, escondida, suprimida e por aí vai.

Na maioria das corretoras você não paga nada para abrir uma conta ou para mantê-la. Por isso, mesmo que você abra a sua conta e não faça nenhum tipo de investimento, a corretora não cobrará nada de você.

Além disso, várias corretoras do mercado isentam seus clientes das taxas de transferências, como TED e DOC. Assim, sempre que você for retirar o lucro da conta, não precisará se preocupar com mais esse custo.

Como cada corretora possui uma política de taxas diferente, não podemos dizer neste artigo quais sãos as taxas cobradas. Elas mudam!

Nesse caso, o melhor é acessar o site da corretora e pesquisar sobre as taxas cobradas.

  1. Facilidade em utilizar a plataforma

Outro ponto importante a ser observado na hora de escolher uma corretora é a facilidade de uso da plataforma.

Quanto mais fácil de usar, mais clientes poderão encontrar investimentos melhores para aplicar o seu dinheiro. Por isso, corretoras têm investido nas plataformas.

Para quem investe em ações ou outros ativos da Bolsa de Valores, conhecer o home broker da corretora também é fundamental. Pois essa aplicação fará parte do seu dia a dia enquanto investidor. Verifique, também, se a corretora oferece outras soluções para quem deseja investir com mais agilidade.

Ou seja, você poderá sair na frente dos demais investidores e, assim, negociar suas ações com muito mais rapidez.

Como a palavra mobilidade é tudo hoje em dia, também vale verificar se a corretora oferece alguma solução mobile. Ou seja, aplicativos que podem ser instalados em celulares, tablets e outros dispositivos móveis.

  1. Existem muitas opções de investimentos disponíveis?

Você já deve ter percebido até aqui que investir por meio dos grandes bancos pode ser um grande erro, pois eles oferecerão apenas produtos ligados aos próprios bancos.

No mundo dos investimentos, quanto mais opções você tem, melhor. Assim você conseguirá optar por aqueles produtos que garantam os maiores rendimentos.

Outra vantagem de ter vários produtos a sua disposição é a possibilidade de diversificar a sua carteira de investimentos.

Isso ajuda, por exemplo, a reduzir alguns riscos que podem existir quando você tem dinheiro aplicado em determinados tipos de investimentos, pois caso tenha algum tipo de perda em algum deles, a rentabilidade das demais aplicações pode fazer a cobertura.

Quem investe em ações, por exemplo, busca diversificar a sua carteira de investimentos adquirindo produtos de renda fixa, pois são mais seguros e possuem uma boa rentabilidade.

Por isso, antes de escolher uma corretora, verifique se ela possui uma boa variedade de produtos e de instituições cadastradas. Isso fará toda a diferença em seus resultados no futuro.

  1. Qualidade do atendimento prestado

Por mais que uma corretora ofereça os melhores produtos, se ela não possuir um bom atendimento ao cliente, de nada adiantará.

Imagine que você está em dúvida acerca de alguma funcionalidade dentro do sistema da corretora. E se ela não disponibiliza uma pessoa para atender você e sanar esse questionamento?

É por esse motivo que você deve verificar se essa corretora possui um bom serviço de atendimento antes de começar a investir, seja via telefone, chat ou mesmo presencialmente.

Vale lembrar que algumas corretoras oferecem a seus clientes a possibilidade de contar com um assessor de investimentos. Ou seja, um especialista que prestará um serviço personalizado.

O que é o serviço de assessoria de investimentos?

Um assessor de investimentos é alguém com profundos conhecimentos sobre o mercado. Ele está apto a te ajudar a montar uma carteira de investimentos com um ótimo retorno e voltada para os seus objetivos.

Em linhas gerais, o assessor de investimentos trabalha de uma forma parecida a um gerente de banco. A principal diferença é que o objetivo desse profissional não é enriquecer um banco, mas tornar você uma pessoa mais rica. Isso garante que o assessor será bem-sucedido em sua carreira.

Assim, quando você tem um assessor de investimentos, essa pessoa conhecerá os seus objetivos e o seu perfil de investidor.

Com base nisso, sempre que surgirem boas oportunidades no mercado, esse assessor entra em contato com você. Assim, você não precisa se preocupar em ficar monitorando o mercado a todo momento.

Aqui na EuQueroInvestir você encontra um grupo de assessores focado em cuidar dos seus investimentos. E o melhor: de forma gratuita.

Para saber mais sobre esse serviço, preencha o formulário abaixo.

Como investir com a EQI Investimentos?

Você já deve ter percebido que a escolha de uma corretora requer conhecer essa empresa e entender como ela funciona.

A EuQueroInvestir é um agente autônomo de investimentos que tem como parceiro o BTG Pactual.

Preencha o formulário abaixo para falar com um assessor de investimento.

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.