Small Caps: setor financeiro tem opções de bancos e empresas de crédito

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Reprodução

Entre os diversos segmentos listados na bolsa e no índice de small caps (SMLL) há os bancos e empresas de crédito. Além disso, há uma resseguradora na lista. As small caps do setor financeiro são opções para quem busca investir nessa área tão abrangente e relevante.

Entre as empresas listadas, de um total de oito, a que tem maior peso é o IRB Brasil RE (IRBR3). Mas há outros grandes nomes conhecidos como os bancos BMG (BMGB4) e Pan (BPAN4), novo nome do antigo banco Panamericano. São várias as opções dentro deste segmento que podem fortalecer as carteiras de investimentos.

Conheça também small caps de outros setores:

Conheça as small caps (SMLL) do setor financeiro

IRB Brasil RE (IRBR3)

A companhia IRB Brasil RE (IRBR3), antigo Instituto de Resseguros do Brasil, é uma ex-estatal. É considerada a maior empresa de resseguros do Brasil. Ela atua para ser uma espécie de garantidora das próprias seguradoras.

Segmento: Novo Mercado

Pertence ao Ibovespa: sim

Maiores acionistas:

A maior fatia das ações – 71,72% – é negociada por outros investidores da bolsa. E os dois maiores acionistas individuais são os bancos Bradesco (com 15,78%) e o Itaú (com 11,51%). No total, a empresa tem 1,25 bilhão de ações negociadas no mercado.

Balanço do terceiro trimestre:

A IRB (IRBR3) registrou queda de 27% no prejuízo líquido do terceiro trimestre de 2021 (3TRI21).

Assim, o prejuízo caiu de R$ 215,6 milhões para R$ 155,7 milhões no 3TRI21.

Cielo (CIEL3)

A Cielo (CIEL3) é uma empresa prestadora de serviços de adquirência e meios de pagamento. É responsável pela venda das máquinas de cartões de crédito e débito que levam seu nome.

Segmento: Novo Mercado

Pertence ao Ibovespa: sim

Maiores acionistas:

A maior parte das ações da empresa (40,71%) está nas mãos de outros investidores na bolsa.

A Columbus Holding possui 30,06% de participação acionária, e a BB Elo Cartões Participações detém 28,65%. No total, a Cielo tem 1,14 bilhão de ações em circulação na bolsa.

Balanço do terceiro trimestre:

A Cielo (CIEL3) reportou um lucro líquido de R$ 211,9 milhões no terceiro trimestre de 2021 (3TRI21), alta de 111% na comparação ano a ano.

Banco Pan (BPAN4)

Antes conhecido como Banco Panamericano, o Banco Pan (BPAN4) trabalha principalmente com crédito). Na B3, é listado como banco múltiplo com carteira comercial.

Segmento: Nível 1

Pertence ao Ibovespa: sim

Maiores acionistas:

O BTG Pactual (BPAC11) detém a maior parte de ações da Cielo: 44,30%. Na sequência está o Banco Sistema, com 27,39%. Outros acionistas da bolsa possuem 21,58% do total de ações. O Banco Pan tem 341 milhões de ações em circulação.

Balanço do terceiro trimestre:

O Banco Pan (BPAN4) reportou um lucro líquido de R$ 191 milhões no terceiro trimestre de 2021 (3TRI21). Um ano antes a companhia havia registrado lucro de R$ 170 milhões

Banrisul (BRSR6)

O banco gaúcho Banrisul (BRSR6) tem forte presença na região sul do Brasil. É um banco múltiplo com atuação nas carteiras comercial, crédito, financiamento e investimento, crédito imobiliário, desenvolvimento e arrendamento mercantil e de investimentos.

Segmento: Nível 1

Pertence ao Ibovespa: não

Maiores acionistas:

A maior parte das ações, 49,39%, está nas mãos do governo do Estado do Rio Grande do Sul. Outra grande fatia, de 48,10%, está nas mãos de outros acionitas. A LSV Asset Management possui ainda 2,51%. O Banrisul tem 206,9 milhões de ações negociadas em bolsa.

Balanço do terceiro trimestre:

O Banrisul (BRSR6) registrou um lucro líquido ajustado de R$ 171,5 milhões no terceiro trimestre de 2021 (3TRI21), alta de 47,5% na comparação anual.

ABC Brasil (ABCB4)

O banco ABC Brasil (ABCB4) tem como objetivo a prática de operações ativas, passivas e acessórias inerentes às carteiras autorizadas pelo Banco Central.

Segmento: Nível 2

Pertence ao Ibovespa: não

Maiores acionistas:

A Marsau Uruguay Holdings possui 60,19% do total de ações do banco ABC Brasil. Outros investidores detêm 33,87% dos papéis. No total, existem 68,6 milhões de ações negociadas no mercado.

Balanço do terceiro trimestre:

O Banco ABC (ABCB4) reportou lucro líquido de R$ 151,5 milhões no balanço do terceiro trimestre (3TRI21), o dobro do registrado um ano antes, com lucro de R$ 73,5 milhões.

No acumulado de 2021, a Companhia registrou lucro líquido de R$ 410,2 milhões ante um lucro de R$ 216 milhões no 3TRI20.

Valid (VLID3)

A Valid Soluções (VLID3) tem como atividade principal a impressão de documentos de segurança. Uma de suas subsidiárias é a BluePay.

Segmento: Novo Mercado

Pertence ao Ibovespa: não

Maiores acionistas:

A maior parte das ações da Valid – 56,14% – está distribuída a outros investidores em bolsa. No quadro societário ainda há Alaska Asset Management, com 25,97%; a Cape Ann Asset Management, com 10,07%; e a 4um Gestão de Recursos, com 5,48%. No total, existem 78,2 milhões de ações em circulação no mercado.

Balanço do terceiro trimestre:

A Valid (VLID3) reverteu o prejuízo de cinco trimestres consecutivos e lucrou R$ 52,8 milhões no terceiro trimestre de 2021.

Já no acumulado do ano, o lucro líquido normalizado foi de R$ 8,2 milhões.

Wiz (WIZS3)

A Wiz (WIZS3) tem como atividade principal a corretagem de seguros de todos os ramos, assessoria e consultoria na área de seguros em geral, entre outros.

Segmento: Novo Mercado

Pertence ao Ibovespa: não

Maiores acionistas:

No quadro societário da companhia, a maioria das ações – 48,50% dos papéis – está distribuída a outros investidores em bolsa. A Integra Participações possui mais 26,50% dos papéis da companhia, e a Caixa Seguros Holding, outros 25%. No total, há 77,5 milhões de ações da empresa em circulação no mercado.

Balanço do segundo trimestre:

A Wiz (WIZS3) lucrou de forma líquida R$ 69 milhões no segundo trimestre de 2021, alta de 98,4% frente os R$ 34,8 milhões registrados no mesmo período do ano passado.

Banco BMG (BMGB4)

O Banco BMG (BMGB4) opera principalmente com crédito para pessoas físicas e possui 90 anos de operação no mercado.

Segmento: Nível 1

Pertence ao Ibovespa: não

Maiores acionistas:

O quadro de acionistas da companhia é bem pulverizado, tendo diversos acionistas individuais. A maior fatia está com o BMG Participações, que detém 26,48%. Na sequência, outros investidores da bolsa possuem 13,97%. Outros quatro acionistas detêm, cada um, 10,38% do BMG: Rivage Participações, João Annes Guimarães, Água Boa Participações e São Judas Tadeu Participações. No total, a BMG tem distribuída no mercado, 101,5 milhões de ações.

Balanço do segundo trimestre:

O BMG (BMGB4) registrou queda de 15% no lucro líquido do segundo trimestre de 2021 (2TRI21).

O indicador caiu de R$ 101 milhões para R$ 85 milhões ao fim do 2TRI21.

Boa Vista (BOAS3)

Boa Vista Serviços é uma companhia de informações de crédito que administra um banco de dados que reúne informações comerciais e cadastrais de mais de 130 milhões de empresas e consumidores com abrangência nacional.

Segmento: Novo Mercado

Pertence ao Ibovespa: não

Maiores acionistas:

O maior acionista da empresa é a Associação Comercial de São Paulo, com 30,09%. Depois vem o TGM II Fundo de Investimentos, com 21,63%. Outros 33,15% estão com os demais acionistas. A empresa tem 531 milhões de ações.

Balanço do segundo trimestre:

A Boa Vista Serviços (BOAS3) registrou um lucro líquido de R$ 22,19 milhões no balanço do segundo trimestre de 2021 (2TRI21), resultado 5,17 superior ao 2TRI20.

CSU Cardsystem (CARD3)

A CSU CardSystem S.A. é uma empresa de prestação de serviços de tecnologia voltados ao consumo. Ela atua no relacionamento com clientes e processamento de transações eletrônicas. Seu foco é em programas de cartões de crédito e meios de pagamento eletrônicos.

Segmento: Novo Mercado

Pertence ao Ibovespa: não

Maiores acionistas:

O maior acionista individual é a Greeville Delaware LLC, com 37,48% do total de ações. Há outros 43,59% com os demais acionistas. A empresa tem um total de 18,2 milhões de ações.

Balanço do terceiro trimestre:

A CSU (CARD3) reportou alta de 31,4% no lucro líquido do terceiro trimestre de 2021 (3TRI21).

O indicador subiu de R$ 12,19 milhões para R$ 16,02 milhões. O resultado foi o segundo maior da história da empresa.

SulAmérica (SULA11)

A SulAmérica Seguros é o maior grupo segurador independente do Brasil, com uma rede de distribuição de mais de 30 mil corretores independentes.

Segmento: N2

Pertence ao Ibovespa: sim

Maiores acionistas:

O maior acionista individual é a Sulasapar Participações, com 25,19%. Outros investidores somam 67,04%. A empresa tem um total de 854 milhões de ações em circulação no mercado.

Balanço do terceiro trimestre:

A Sulamérica (SULA11) registrou lucro líquido de R$ 280,3 milhões no terceiro trimestre de 2021 (3TRI21), alta de 83,8% na base anual.