Suzano (SUZB3) tem prejuízo de R$ 2,75 bi no balanço do 1TRI21

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Divulgação Suzano

A Suzano (SUZB3) reportou prejuízo líquido de R$ 2,75 bilhões no balanço do primeiro trimestre (1TRI21).

Um ano antes a companhia registrou prejuízo líquido de R$ 13,41 bilhões.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

“Em relação ao 1TRI20, a variação positiva de R$ 10.664 milhões no resultado líquido reflete principalmente a variação positiva no resultado financeiro (menor impacto da variação cambial negativa sobre a dívida e derivativos) e melhor resultado operacional”, destacou a companhia.

Suzano (SUZB3) : principais números do balanço do 1TRI21

Prejuízo líquido

  • Prejuízo 1TRI21: R$ 2,75 bilhões
  • Prejuízo 1TRI20: R$ 13,41 bilhões

Ebitda

  • Ebitda ajustado 1TRI21: R$ 4,84 bilhões
  • Ebitda ajustado 1TRI20: R$ 3,02 bilhões

Receita líquida

  • Receita 1TRI21: 8,88 bilhões
  • Receita 1TRI20: 6,91 bilhões

Ebitda avança 61%

O Ebitda ajustado da Suzano (SUZB3) no balanço do 1TRI21 atingiu R$ 4,84 bilhões, alta de 61% sobre um ano antes.

A margem Ebitda ajustado apresentou aumento de 11 p.p., passando de 43% no 1TRI20 para 55% no 1TRI21.

Receita sobe 27%

No balanço do 1TRI21, a Suzano (SUZB3) registrou uma receita de R$ 8,88 bilhões, alta de 27% sobre o mesmo período do ano passado.

“A elevação de 27% da receita líquida consolidada no 1T21 em relação ao 1T20 é explicada pela valorização de 23% do USD médio vs. o BRL e aumento de 13% no preço médio líquido da celulose em dólar, parcialmente compensados pela redução de 6% no volume vendido de celulose e papel”, disse a companhia.

Segundo a Suzano, 85% da receita líquida foi gerada no mercado externo (vs. 81% no 4T20 e 83% no 1T20).

Em relação ao 4TRI20, foi registrado um aumento de 11% na receita líquida.

Resultado Financeiro

As despesas financeiras da Suzano (SUZB3) totalizaram R$ 991 milhões no 1TRI21, 2% superior ao 4TRI20. Em relação ao 1T20, a redução foi de 9%.

Já as receitas financeiras tiveram uma redução de 63% em relação ao 4TRI20 e de 80% em relação ao 1TRI20.

Com isso, o resultado financeiro líquido, considerando todas as linhas de despesas e receitas financeiras, foi negativo em R$ 8,667 bilhões no 1TRI21, comparado ao resultado negativo de R$ 22,444 milhões no 1TRI20.

Endividamento

Em 31 de março de 2021, a dívida bruta da Suzano (SUZB3) era de R$ 75,9 bilhões, sendo 97% dos vencimentos no longo prazo e 3% no curto prazo.

A dívida em moeda estrangeira representou 82% da dívida total da companhia e em moeda nacional era de 18%.

Em 31 de março de 2021, o custo médio total da dívida em dólar era de 4,5% a.a. (dívida em BRL ajustada pela curva de swap de mercado), ante 4,5% a.a. em 31 de dezembro de 2020.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3