Mercado revê estimativas para a Selic. Como fica para quem investe?

Paulo Filipe de Souza
Colaborador do Torcedores

O IPCA, Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, usado para calcular a inflação oficial no Brasil, ficou, em 2020, acima da meta estipulada para o ano.

Só que o índice não fechou só maior que a expectativa, ficou mais de meio ponto percentual acima da meta.

Aos investidores, o Banco Central já antecipou que há risco de inflação ainda mais elevada para o primeiro trimestre deste ano.

Tudo o que você precisa saber para ser um investidor de sucesso, em 80 aulas GRATUITAS, do básico ao avançado.

Na quarta-feira, o Comitê de Política Monetária (Copom) se reúne pela primeira vez ano.

  • Bolsa de Valores: quais as perspectivas para 2021?
  • Tesouro IPCA+ é o título público mais procurado: entenda por quê
  • CDB rende mais do que a poupança e pode ser alternativa para a reserva de emergência

Expectativa

O mercado financeiro já se antecipou e elevou a taxa de juros. Isso porque há uma expectativa de aumento na taxa básica de juros.

O mercado reviu as projeções e, no começo da semana, elevou as projeções para Selic. Agora, as estimativas apontam para uma taxa básica de juros de 3,25% até o fim de 2021. Antes, a projeção apontava para 3% no fim do ano. Para 2022, a projeção é de uma taxa muito maior que a atual.

COE é um tipo de investimento capaz de combinar elementos de Renda Fixa e Renda Variável.

O mercado aponta uma Selic em 4,75% para dezembro de 2022.

E como fica para quem investe?

Cenário

Se as projeções se confirmarem, o primeiro sinal pode ser dado na próxima quarta-feira, muitos produtos que perderam a rentabilidade podem ficar mais atrativos. Porém, com a pressão inflacionária e com um esperado aumento da taxa Selic, investir na renda fixa brasileira em 2021 não será tarefa simples.

Em um cenário de inflação mais alta, ativos atrelados ao IPCA, por exemplo, e com vencimento de curto prazo são as principais apostas para o momento atual.

No últimos 12 meses, a inflação registrou alta de 4,5%, superando a meta estabelecida pelo governo. E, de acordo com o mercado financeiro, IPCA deve registrar ainda uma alta de 3,3% para este ano.

Se o cenário se mantiver assim, ter uma carteira com ativos atrelados ao IPCA contribui para a diversificação e ainda serve como uma forma de proteção do poder de compra.

Ativos atrelados ao CDI

Se a alta de juros ficar confirmada, investidores com ativos atrelados ao CDI vão se beneficiar com uma taxa básica próxima de 5% no fim do próximo ano.

Hoje, ainda se encontra ativos que entregam retornos de 150% do CDI ao ano, por exemplo, os Certificados de Depósito Bancário.

Se a inflação seguir aumentando, como o próprio Banco Central já imagina, o BC vai precisar atuar de forma mais firme em relação à inflação, diferente do que fez em 2020.

O primeiro passo de que pode haver mudanças deve acontecer na quarta-feira às 18:30 – que será quando o Banco Central vai divulgar o primeiro resultado do Copom de 2021.

Precisa de orientação para investir no mercado acionário? A  EQI Investimentos pode ajudar. Basta preencher o formulário abaixo que um assessor entrará em contato.