Follow-On: aprenda o que é e como funciona

Humberto Maurício Pennacchia
null
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

As empresas que desejam abrir seu capital na bolsa de valores precisam realizar uma IPO (Initial Public Offering). Em outras palavras, a sua oferta primária de ações. Caso queiram vender mais ações posteriormente, podem fazê-lo através do follow-on. Nesta matéria, você aprenderá o que é follow-on e como ele funciona.

O que é follow-on?

O follow-on, popularmente conhecido como oferta subsequente de ações, é o nome que se dá quando uma empresa que já tem seu capital aberto resolve emitir mais ações para serem negociadas no mercado. Em outras palavras, o follow-on acontece quando uma companhia que já tem seu capital pulverizado entre vários acionistas retorna a bolsa de valores para ofertar mais ações.

Não podemos confundir essa situação com a oferta primária de ações (ao abrir seu capital pela primeira vez, essa operação recebe o nome de Initial Public Offering – IPO). Porém, se a empresa já efetuou a sua abertura de capital, mas deseja se capitalizar, ela pode lançar mais ações no mercado. Esse lançamento de ações recebe o nome de follow-on.

Entenda como o follow-on acontece:

Assim cono é feito no IPO, a oferta de ações através do follow-on pode acontecer sob a forma primária ou secundária de ações. Na oferta primária, é a empresa que lança as ações no mercado. Nessa situação, a empresa faz a emissão e oferece novas ações aos investidores, aumentando o seu capital social e a sua base acionária. Os recursos levantados com essa operação entram diretamente no caixa da empresa. O capital arrecadado poderá ser utilizado sob diversas formas, tais como: para expandir a capacidade de produção, para efetuar pagamento de dividas, fortalecer o caixa, etc.

De outro lado, na oferta secundária de ações, os próprios acionistas da empresa decidem colocar suas ações à venda no mercado. Como já são ações existentes, o capital social da companhia não sofrerá nenhuma alteração. De forma geral, a oferta secundária de ações acontece quando os sócios deliberam diminuir ou zerar a sua participação no negócio. Nesse caso, o valor arrecadado com a venda não vai para o caixa da empresa. Ele vai diretamente para o próprio bolso dos controladores que venderam suas ações.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Como uma empresa pode realizar o follow-on?

a) A empresa pode realizar o follow-on através de oferta pública. Nesse caso, a oferta é destinada aos investidores de forma geral.

b) A empresa pode realizar o follw-on de forma restrita. Nessa situação, a empresa vai ofertar suas ações a investidores qualificados (fundos de investimentos e pessoas físicas e jurídicas com carteira própria acima de R$ 1 milhão).