Bitcoin bate novo recorde após compra da Tesla (TSLA34) e fica perto de US$ 50 mil

Paulo Amaral
Jornalismo é meu sobrenome: 20 anos de estrada, com passagens por grandes veículos da mídia nacional: Portal R7, UOL Carros, HuffPost Brasil, Gazeta Esportiva.com, Agora São Paulo, PSN.com e Editora Escala, entre outros.
1

Um dia depois de a Tesla (TSLA34) ter anunciado a compra de US$ 1,5 bilhão em bitcoins, a criptomoeda voltou a bater recorde e se aproximou dos US$ 50 mil por ativo.

Empolgados com a investida do CEO Elon Musk, os investidores abraçaram a ideia de que o bitcoin pode se transformar  em um meio de pagamento e uma classe de ativos convencional para empresas.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

Na segunda, data da compra bilionária da Tesla, o bitcoin já havia dado mostras de que daria um salto gigantesco de valor, subindo 20% logo após o anúncio de Musk.

Nesta terça (9/2), a criptomoeda foi além, e atingiu o pico de US$ 48.216. A  ethereum, rival do bitcoin, também subiu, e chegou ao preço recorde de US$ 1.784.

Estrategista vê dificuldade para bitcoin como moeda “física”

De acordo com reportagem da Reuters, apesar de o CEO da Tesla, Elon Musk, ter aberto a porta para aceitar pagamentos via bitcoin para os carros elétricos da companhia, na prática, essa situação é mais complicada.

“A bitcoin está definitivamente atraindo a atenção dos investidores, recebo cada vez mais perguntas sobre isso”, comentou Marija Vertimane, estrategista sênior da State Street Global Markets, à agência de notícias.

“Do ponto de vista prático, usar bitcoin para comprar qualquer coisa ainda seria extremamente difícil, dada sua excessiva volatilidade”, completou.

A volatilidade citada por Vertimane está na flutuação excessiva dos preços. Nos últimos 90 dias, por exemplo, foi de 72%, quando comparada aos 16% do índice de referência de ações norte-americano, S&P 500, ou aos 6% para o euro no mesmo período.

“A menos que o preço se estabilize, ou o preço da bitcoin caia drasticamente, você acaba ganhando um Tesla na loteria, ou o preço triplica e você acaba pagando seu Tesla muito caro”, emendou Ipek Ozkardeskaya, analista sênior do Swissquote Bank.