Dividendos: confira as ações mais recomendadas para dezembro

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução/Wikimedia

As ações de Telefônica (VVIT4), BB Seguridade (BBSE3) foram as que mais apareceram nas carteiras recomendadas de dividendos para o mês de dezembro, com seis e sete menções, respectivamente. O levantamento foi feito a partir de 10 carteiras recomendadas: da Necton, Planner, Santander, Exame, Mirae, Ágora, Elite, Genial , Nova Futura,  Eleven e Wisir.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, o que amplia o desafio de busca pelas melhores aplicações para multiplicá-lo

Já a companhias elétricas Engie (EGIE3) e Taesa (TAEE11) tiveram 5 indicações cada uma.

Acesse esse material especial para avaliar resultados, performance e dividendos dos melhores FIIs no mercado.

Em novembro, as mais recomendadas entre as pagadoras de dividendos foram Taesa (TAEE11), BB Seguridade (BBSE3) e Isa CTEEP (TRPL4).

Perspectivas

A bolsa de São Paulo fechou novembro com uma alta acumulada de 15,90%. Esse resultado foi o maior crescimento mensal desde março de 2016 (quando subiu 16,97%).

Você sabia que algumas das maiores oportunidades de ganhos da bolsa estão nas Small Caps? Quer saber mais sobre essas ações e como investir? 

Novembro foi um mês para se comemorar, com o índice quase todos os dias acima dos 100 mil pontos. Entretanto, no ano, as perdas acumuladas estão em 5,84%.

Quer começar o dia bem-informado com as notícias que vão impactar o seu bolso? Clique aqui e assine a newsletter EQI HOJE!

O mês foi marcado por forte entrada de capital estrangeiro na B3, investidores atentos aos movimento em torno das vacinas e Joe Biden eleito presidente dos EUA.

Conforme a Elite Investimentos, se o clima favorável continuar, com avanço das vacinas e  grande liquidez global,  as bolsas mundiais e brasileira devem continuar com o movimento de alta.

No entanto, a Elite destaca que o investidor deve ter em mente que essas vacinas deverão estar disponíveis em larga escala somente no final do primeiro trimestre de 2021.

Telefônica (VVIT4)

O Santander vê as ações das empresas de telecomunicações bastante isoladas do surto da Covid-19. Isso porque elas estão bem posicionadas em relação à tendencia de home-office e home-learning. Além disso, estão sendo negociadas a valuations atrativos (na faixa de 4-5x o múltiplo EV/Ebtida para 2021), especialmente quando comparados aos pares globais sob fundamentos mais desafiadores.

Ao destacar a Telefônica entre as recomendações de dividendos, o banco destacou as características defensivas do papel, por ter receita contratada e ser um serviço essencial.  Outros fatores relevantes são a intensidade decrescente de investimentos, baixa alavancagem e exposição cambial, além dos ventos favoráveis a fusões e aquisições.

A Telefônica Brasil reportou seus resultados para o terceiro trimestre mostrando uma execução impressionante em fibra, mas os resultados consolidados ainda foram parcialmente afetados pela pandemia.

A receita líquida ficou 2% acima do consenso, o EBITDA diminuiu 4,8% e as margens atingiram 40%, devido aos maiores custos associados à reabertura de lojas e serviços de terceiros.

O Santander destaca o crescimento impressionante das receitas de fibra de 56% em um ano. Também menciona a geração de caixa (FCF) 62% maior no período. Resulado do controle estrito de investimentos e melhoria do capital de giro.

Considerando que o pior ficou para trás, o Santander espera uma perspectiva mais positiva à frente. O banco vê, entre outros pontos, uma recuperação nos serviços móveis e menor resistência dos serviços fixos.

Por fim, a Planner reforçou que a Telefônica tem uma boa política de distribuição de juros sobre capital próprio e dividendos. Além disso, os números já divulgados para 9 meses, reforçam a expectativa de bons resultados para o ano.

BB Seguridade (BBSE3)

O Santander acredita que o primeiro trimestre deste ano tenha sido o pior em termos de resultados para o BB Seguridade e espera resiliência nos próximos trimestres.

Dessa forma, a ação do BB Seguridade é um dos melhores nomes defensivos para se manter durante a pandemia.

De acordo com o Santander, os testes de estresse internos da BB Seguridade mostraram que, mesmo considerando zero de vendas, a empresa poderia manter seu atual nível de distribuição de aproximadamente 80% do lucro líquido. Com isso, o gerando um dividend yield de 10% para 2020 e de 6% para 2021. Nesse sentido, o banco não espera grandes mudanças na política de dividendos do BB.

O BB Seguridade apresentou lucro líquido recorrente de R$ 1,096 bilhão no terceiro trimestre, um aumento de 12% no trimestre.

O resultado se deu principalmente por conta da BB Corretora, que cresceu 20% no trimestre.

Apesar de todos os impactos do coronavírus, o Santander acredita que o BB Seguridade se mostrou resiliente e foi capaz de reportar crescimento sequencial do lucro líquido.

Engie (EGIE3)

A Engie Brasil é uma das maiores empresas privadas de geração de energia elétrica no Brasil, com capacidade instalada total de 9.491,7 MW.

Segundo o Santander, após a aquisição da unidade Transportadora Associada de Gás (TAG), a Engie se tornou uma das melhores empresas para surfar a nova tendência do mercado de gás doméstico. Também tem oportunidades significativas de crescimento no segmento de fontes renováveis.

No acumulado do ano até setembro de 2020, a Engie (ENGIE3) registrou um lucro líquido de R$ 1,8 bilhão. O valor representa uma alta de 4,% em relação ao mesmo período de 2019. Nesta base de comparação o Ebitda cresceu 9,1% para R$ 4,2 bilhões.

A Mirae Asset avaliou o resultado do terceiro trimestre como sólido e acima do esperado, devido ao controle de custos da empresa.

Dessa forma, a Planner espera uma distribuição de juros sobre capital próprio (JCP) no valor estimado de R$ 0,45/ação e retorno líquido de 0,9%.

A Mirae acrescentou que espera resultados crescentes para os próximos meses. Entre os motivos, estão o aumento na demanda por energia e o controle eficiente de custos e de despesas.

Taesa (TAEE11)

A Taesa (TAEE11) é um dos maiores grupos privados de transimissão de energia elétrica do Brasil. Está presente  em todas as 5 regiões do país com 36 concessões e 12.725 km de linha de transmissão.

A companhia conta com um caixa abastecido após as três recentes captações. Além disso, como é focada em transmissão acaba sendo menos afetada dentro da cadeia de energia.

A receita líquida regulatória foi de R$ 383,3 milhões no terceiro trimestre de 2020. O crescimento foi de 15,5% em relação ao período de 2019.

De acordo com a Mirae, o desempenho é explicado pela entrada em operação de Miracema, Mariana e dos reforços da Novatrans, aquisição das concessões São João, São Pedro e Lagoa Nova. .

O Ebitda atingiu R$ 317,6 milhões, 15,4% maior que o registrado em igual período de 2019.

Já o lucro líquido somou R$ 165,5 milhões, apresentando uma redução anual de 21,6% impactado por resultado financeiro e equivalência patrimonial.

A Taesa anunciou dividendos no terceiro trimestre no valor de R$ 469,0 milhões, equivalente a R$ 1,36194228735 / Unit. O pagamento ocorreu no dia 25 de novembro de 2020, e representa um dividend yield de 9,4% nos últimos 12 meses.

Conforme a Mirae, o resultado ficou em linha com a expectativa, sendo novamente um resultado sólido.

Confira as 10 carterias de dividendos para dezembro

Nova Futura

B3SA3, BBSE3, GGBR4, VIVT4 e TRPL4.

Genial

CSMG3, TIET11, TAEE11, BBSE3 e VIVT4.

Ágora

ITUB4, VIVT4, TAEE11, VALE3 e ECOR3.

Santander

ALUP11, BBSE3, CPFE3, EGIE3, ITSA4, VALE3 e VIVT4.

Planner

ABCB4, CPLE6, EGIE3, FESA4 e VIVT3.

Necton

BBDC4, CCRO3, ENBR3, PSSA3 e VALE3.

Mirae

TIET11, BBSE3, BRAP4, EGIE3, ITSA3, PSSA3, TAEE11 e TRPL4.

Elite

BRAP4, BBSE3, BRSR6, EGIE3, ITSA4, KLBN11, TRPL4, TAEE11, TIET11 e VIVT3.

Exame

BBSE3, SULA11, ENBR3, TRPL4, EGIE3, TIET11, TAEE11.

Wisir

ITSA4, BRDT3, TRPL4, MRVE3, CESP6, BRSR6, FESA4, SAPR11, TAEE11 e TIET11.

Eleven

BBAS3, BBSE3, CPLE6, CYRE3, BEEF3, ENBR3, SAPR1, VALE3

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato.

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.