Vale (VALE3) e Petrobras (PETR4) puxam recomendações para dezembro

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Divulgação

A Vale (VALE3) e a Petrobras (PETR4) se mantiveram entre as preferidas dos analistas em dezembro. Nas carteiras recomendadas para este mês, a Vale teve 9 menções enquanto Petrobras (PETR4) teve 8 menções. Logo atrás aparece a B3 (B3SA3), com 7 referências.

No mês passado, as recomendações haviam sido lideradas por Vale, Magazine Luiza e Petrobras.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

Para fazer esse levantamento, compilamos as recomendações de ações  de 10 casas de análises.

Outros papéis que também tiveram menções relevantes foram Via Varejo (VVAR3), com 6 menções e Suzano (SUZB3), Yduqs (YDUQ3) e Magazine Luiza (MGLU3), com 5 menções cada uma.

EmpresaTickerRecomendações
ValeVALE39
PetrobrasPETR48
B3B3SA37
Via VarejoVVAR36
SuzanoSUZB35
YduqsYDUQ35
Magazine LuizaMGLU35

Ventos favoravéis

A bolsa brasileira fechou o mês de novembro com uma alta acumulada de 15,90%. Esse resultado foi o maior crescimento mensal desde março de 2016 (quando subiu 16,97%).

Novembro foi um mês para se comemorar, com o índice quase todos os dias acima dos 100 mil pontos. Entretanto, no ano, as perdas acumuladas estão em 5,84%.

O mês foi marcado por forte entrada de capital estrangeiro na B3, investidores atentos aos movimento em torno das vacinas e Joe Biden eleito presidente dos EUA.

De acordo com o BTG, as perspectivas são encorajadoras para a economia global, com a vacinação provavelmente começando este mês, taxas de juros baixas em todo o mundo e medidas de estímulo adicionais (principalmente nos EUA) deve manter o apetite pelo risco em níveis relativamente altos.

“Com fortes ventos de favor soprando dos mercados globais, as ações brasileiras só terão um desempenho ruim se o cenário para as contas fiscais do país se agravar fortemente nos próximos meses”, acrescentou o banco.

A Genial Investimentos projeta um cenário para o próximo ano de desvalorização do dólar (resultado das políticas  expansionistas do governo e banco central americano), com valorização das commodities. Essa conjuntura, prevê a Genial, levará a uma corrida por ativos de risco com foco em países como o Brasil, que se torna um forte candidato.

Vale (VALE3)

A Vale (VALE3) tem aparecido mês após mês entre as ações mais recomendadas pelos analistas. Nesse sentido, o câmbio tem jogado a favor da empresa, além da demanda chinesa aquecida.

A Vale é uma das três grandes mineradoras do mundo, operando minério de ferro, metais básicos e carvão.

Conforme a Terra Investimentos, o balanço da mineradora no terceiro trimestre deixa expectativa positiva para o próximo trimestre. Isso porque a Vale deve continuar apresentando resultados sólidos com a ajuda de volumes fortes de vendas no mercado da China.

O destaque foi a alta de 21%, em um trimestre, nos volumes vendidos de minério de ferro. Esse maior volume se juntou a um preço realizado também maior, de US$ 112,1 a tonelada no mercado ‘spot’.

O maior volume também reduziu o custo caixa, que atingiu US$ 14,9 a tonelada dada a maior diluição de custos.

Além disso, a Ativa destacou a melhora nas estratégias de governança da mineradora, bem como de estabilização de dívida líquida em torno de US$ 10 bilhões como capazes de adicionar valor a companhia.

Por outro lado, o Santander destacou os principais riscos para a mineradora. Entre eles:

  • redução significativa na produção de aço chinesa, levando a uma queda da demanda por minério de ferro;
  • aumento significativo de passivos relativos ao rompimento da barragem de Brumadinho;
  • rápida valorização do real, que pode aumentar os custos caixa do minério de ferro medidos em dólares;
  • queda nos preços do níquel e cobre; e
  • adições inesperadas de capacidade pelos concorrentes.

Petrobras (PETR4)

O resultado do trimestre mostrou que a Petrobras (PETR4) continua tomando medidas positivas para voltar a crescer de forma consistente, com destaque para geração de caixa da estatal, R$40 bilhões, segundo a Terra Investimentos.

Os analistas avaliam que, se a estatal mantiver o mesmo ritmo de expansão da geração de caixa, conseguiria atingir já no primeiro semestre do ano que vem, sua meta de redução de dívida. A petroleira espera chegar a US$ 60 bilhões em dívida bruta.

No trimestre, esse endividamento caiu de US$ 91,3 bilhões para US$ 79,6 bilhões.

A Ativa espera que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo  (Opep), na próxima reunião, diminua a oferta de petróleo, junto a isso, na Black Friday, houve uma grande compra de passagens de aviões, o que deve aumentar a demanda por combustíveis.

Assim, a casa de análise acredita que o preço do petróleo continuará subindo, fazendo com que o papel – ainda muito descontado – continue andando.

A recomendação da Ativa também leva em conta os ganhos de eficiência com possíveis desinvestimentos, corte de despesas operacionais e otimização de custos, já que esses fatores não estão embutidos em seu preço.

Para o Santander, alguns fatores podem atrapalhar o desempenho da Petrobras, como preços do petróleo abaixo do esperado; falta de aderência ao mecanismo de precificação de combustíveis; menor crescimento da produção; falta de disciplina financeira; e ingerência política.

B3 (B3SA3)

A B3 (B3SA3) detém o monopólio na negociação de ativos de renda variável no mercado brasileiro e é uma das maiores empresas de infraestrutura de mercado financeiro do mundo.

Dessa forma, a Guide espera que os números operacionais da B3 devem continuar com volumes mais fortes neste ano, especialmente de ações (segmento Bovespa) e futuros (segmento BM&F), diante do quadro de taxas de juros mais baixas e oportunidades dentro da renda variável. Outro fator de atenção é o retorno dos IPOs e Follow-Ons.

A Guide também destacou o poder de diversificação da receita da B3, com fluxo bastante resiliente, com serviços completos de trading, clearing, liquidação, custódia e registro, e posicionamento dominante em derivativos, ações, câmbio, renda fixa e produtos de balcão.

A Ativa reforça o sólido desempenho financeiro e forte geração de caixa da B3.

No longo prazo, a B3 continuará diversificando sua atuação no mercado brasileiro, com lançamentos de produtos e serviços.

Com relação a uma possível concorrência, a Guide avalia essa possibilidade como pequena no momento, visto que o mercado de capitais brasileiro ainda não possui capacidade para suportar a entrada de um novo player, inviabilizando qualquer tipo de investimento em uma nova bolsa ou casa de clearing que possa afetar o resultado da B3 no curto prazo.

Aqui você confere as 15 carteiras para dezembro, das casas de investimentos analisadas:

Nova Futura

ABEV3, BBAS3, CYRE3, BBDC4, GGBR4, PETR4, VALE3, VVAR3, LIGT3 e WEGE3.

Genial

MGLU3, MTRE3, PRFM3, VIVA3, ALSO3, HAPV3, ITSA4, LWSA3, SQIA3 e VULC3.

BTG

VALE3, PETR4, MGLU3, B3SA3, SUZB3, GGBR4, TIMS3, CCRO3, OIBR3 e CYRE3.

Eleven

NTCO3, RAPT4, CPLE6, SAPR11, YDUQ3, SANB11, LAME4 e BEEF3.

Ativa ESG

EGIE3, LREN3, ITUB4, VIVT4 e NTCO3.

Ativa Valor

LREN3, SAPR11, SEER3, PETR4 e SUZB3.

Ativa Strategy

PETR4, VALE3, SUZB3, ITUB4, BBDC4, BBAS3, B3SA3, LREN3, ARZZ3, BRDT3, PCAR3, RADL3, VIVT4, EQTL3 e YDUQ3.

Terra

RAIL3, PETR4, B3SA3, VVAR3, VALE3, VIVT4, BBDC4, EZTC3, JBSS3 e GGBR4.

Wisir Buy and Hold

BBAS3, B3SA3, WEGE3, SUZB3, RADL3, TRPL4, ITSA4, EQTL3, NTCO3 e MGLU3.

Wisir

BIDI4, NTCO3, B3SA3, BRFS3, RADL3, CSNA3, RENT3, CYRE3, CPFE3 e SUZB3.

Ágora Top Pickers

ITUB4, ELET6, OMGE3, IGTA3, VALE3, VVAR3, KLBN11, B3SA3, PETR4 e RAIL3.

Ágora Arrojada

YDUQ3, STBP3, BIDI11, VVAR3 e JBSS3.

Genial

BRML3, CVCB3, VALE3, YDUQ3 e PETR4.

Santander

BBDC4, BPAC11, BTOW3, ECOR3, KLBN11, PETR3, SULA11, TOTS3, VALE3 e VVAR3.

Mirae

BBAS3, GGBR4, ROMI3, MYPK3, RENT3, MGLU3, MRVE3, RAPT4, VALE3 e VVAR3.

Genial Top Pickers

B3SA3, CSAN3, HAPV3, ITUB4, LREN3, MGLU3, MULT3, PETR4, VALE3 e YDUQ3.

Se você quer saber mais sobre investimentos, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato.

Planilha de Ativos

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.