Ultrapar (UGPA3) tem lucro líquido de R$ 290 milhões no 2TRI21

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação

A Ultrapar (UGPA3) registrou lucro líquido ex-impairtment de R$ 290 milhões no segundo trimestre de 2021 (2TRI21). O resultado inclui efeito de uma baixa contábil realizada na rede de farmácias Extrafarma, que foi vendida para a Pague Menos.

Sem este efeito, a empresa teria registrado prejuízo de R$ 18 milhões no lucro líquido ajustado.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

O lucro de R$ 290 milhões, segundo a empresa, foi fruto do maior EBITDA e da melhora no resultado financeiro.

Ultrapar (UGPA3): principais números do balanço do 2TRI21

Lucro líquido ex-impairment

  • Lucro 2TRI21: R$ 290 milhões
  • Lucro 2TRI20: R$ 50 milhões

Ebitda ajustado

  • Ebitda 2TRI21: R$ 503 milhões
  • Ebitda 2TRI20: R$ 611 milhões

Receita líquida

  • Receita 2TRI21: R$ 28,5 milhões
  • Receita 2TRI20: R$ 15,8 milhões

Receita sobe e Ebitda cai

A Ultrapar (UGPA3) registrou queda de 18% no Ebitda ajustado no 2TRI21.

O indicador caiu de R$ 611 milhões para R$ 503 milhões.

Já a receita líquida teve alta de 80%. Assim, passou de R$ 15,8 milhões para R$ 28,5 milhões no 2TRI21, em função do maior faturamento em todos os negócios, principalmente na Ipiranga.

Outros destaques

No 2T21, a Ultrapar liquidou a parcela remanescente das dívidas emergenciais contratadas em março e abril de 2020, no início da pandemia, que tinham custos mais altos e vencimentos no curto prazo. Com isso, a dívida bruta reduziu R$ 2,5 bilhões no trimestre, com expressiva redução do custo médio da dívida. A dívida financeira líquida encerrou o 2T21 em R$ 9,1 bilhões, composta de endividamento bruto de R$ 16,1bilhões e posição de caixa de R$ 7,0bilhões.

Ultrapar (UGPA3) pagará dividendos

A empresa comunicou que seu conselho de administração aprovou o pagamento de R$ 218 milhões em dividendos. Ou seja, R$ 0,20 por ação ordinária.

O pagamento será feito em 27 de agosto.

A data base para o recebimento dos proventos é 19 de agosto no Brasil e 23 de agosto nos Estados Unidos.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3

ultrapar