Twitter (TWTR34) registra lucro de US$ 68 milhões, contra prejuízo de um ano atrás

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Foto: Twitter (TWTR34)

O Twitter (TWTR34) informou nesta quinta-feira (29), em seu balanço referente ao primeiro trimestre de 2021 (1T21), lucro líquido de US$ 68 milhões, ante um prejuízo de US$ 8,4 milhões no mesmo período de 2020. O lucro por ação ficou em US$ 0,16, acima do esperado de US$ 0,14 pela Refinitiv.

A receita fechou em US$ 1,04 bilhão, um aumento de 28% em relação aos US$ 808 milhões do ano anterior.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

“As pessoas recorrem ao Twitter para ver e falar sobre o que está acontecendo, e estamos ajudando-as a encontrar seus interesses mais rapidamente, ao mesmo tempo que tornamos mais fácil seguir e participar de conversas”, disse Jack Dorsey, CEO do Twitter.

Usuários do Twitter crescem 20%

Usuários ativos diários monetizáveis ​​(mDAUs) ficaram em 199 milhões, contra os 166 milhões do mesmo período de 2020. Foram 7 milhões a mais do que o apurado no 4T20.

“A DAU (mDAU) monetizável média atingiu 199 milhões, um aumento de 20% ano após ano e de 7 milhões sequencialmente, impulsionado por melhorias contínuas de produtos e conversas globais sobre eventos atuais”, disse Dorsey.

O trimestre marcou o primeiro período do Twitter sem a presença do ex-presidente Donald Trump, depois que ele foi removido do serviço após a insurreição de 6 de janeiro no Capitólio dos EUA., dado que o ex-presidente era um dos mais seguidos e compartilhados por usuários na ferramenta.

Assim como o Facebook (FBOK34) disse ontem, o Twitter também acha que ainda é muito cedo para entender o impacto das mudanças de privacidade da Apple no iOS 14.5.

No entanto, o Twitter destacou que sua integração com o SKAdNetwork da Apple permitiu à empresa aumentar em 30% o número total de dispositivos iOS que pode alcançar com sua oferta Mobile Application Promotion (MAP).

Outros números

O caixa líquido gerado pelas atividades operacionais no trimestre foi de US$ 390 milhões, em comparação com US$ 247 milhões no mesmo período do ano passado.

Os gastos de capital totalizaram US$ 179 milhões, em comparação com US$ 121 milhões no mesmo período do ano passado, impulsionados por investimentos em infraestrutura em construções de data center para apoiar o crescimento do público e inovação de produtos.

A receita de publicidade totalizou US$ 899 milhões, um aumento de 32%. O total de engajamentos com anúncios aumentou 11% ano a ano. O Custo por engajamento (CPE) aumentou 19% ano a ano.

O licenciamento de dados e outras receitas totalizaram US$ 137 milhões, um aumento de 9% em um ano.