Santander (SANB11): Getnet recebe da CVM registro de companhia aberta

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Reprodução / GetNet

O Santander (SANB11) e sua empresa de adquirência, a Getnet, informam nesta terça-feira (10) que foi deferido o registro de companhia aberta (categoria A) da Getnet pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Além disso, em 5 de agosto último, a B3 (B3SA3) deferiu o pedido de listagem e a admissão à negociação das ações e das Units de emissão da Getnet.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

“Ainda se encontra em trâmite o registro das ações e Units Getnet perante a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos -Securities and Exchange Commission e a respectiva listagem dos ADSs correspondentes para negociação na Nasdaq Stock”, informou em comunicado ao mercado.

Vivara (VIVA3) tem mudança acionária relevante

A Vivara (VIVA3) recebeu correspondência da Verde Asset, de que os fundos de investimento geridos por ela reduziram sua participação acionária na Vivara, passando a deter 11.806.800 ações ordinárias (VIVA3), o que corresponde a 4,99% do seu capital social.

A participação detida pelos fundos da Verde é representada por ações ordinárias detidas à vista.

“A Verde informa que a referida redução reflete apenas estratégia de investimento e que não foi celebrado qualquer acordo ou contrato que regule o exercício do direito de voto ou a compra e venda de valores mobiliários” da Vivara.

Marfrig (MRFG3) conclui oferta pública no valor de R$ 1,2 bilhão

A Marfrig (MRFG3) encerrou a oferta pública de certificados de recebíveis do agronegócio das 1ª e 2ª séries da 16ª emissão da RB SEC Companhia de Securitização (CRA), lastreados em debêntures simples, em 2 séries, para colocação privada, da 8ª emissão da companhia.

O valor total é de R$ 1,200 bilhão.

“Com uma forte demanda pelos papéis, em mais de 2,3 vezes superior à oferta original, foi exercida a opção de lote adicional de 20% da oferta base, o que reduziu os juros em cerca de 0,315% a.a”, informou a empresa, em comunicado ao mercado.

A emissão dos CRA foi feita em duas series, sendo a 1ª série de aproximadamente R$ 777 milhões com vencimento em 7 anos, com remuneração de 4,50% a.a., atualizado pelo IPCA, e a 2ª série de R$ 423 milhões com vencimento em 10 anos, com remuneração de 4,60% a.a., atualizado pelo IPCA.

A companhia ainda informou que “optou por fazer o swap do indexador para que a emissão fique alinhada ao seu perfil de dívida, assim seu custo final será de aproximadamente CDI acrescido de 0,97% a.a., uma das operações de menor custo para a Marfrig”.

Simpar (SIMH3) aprova desdobramento das ações na proporção de uma para quatro

A Simpar (SIMH3) aprovou a proposta de desdobramento das suas ações na proporção de uma para quatro, sem alteração no valor do capital social da companhia.

Considerando a aprovação do desdobramento, para cada ação ordinária o acionista receberá mais três ações da mesma espécie, ficando, ao final, com quatro ações ordinárias SIMH3.

“O desdobramento de ações tem por objetivo aumentar a liquidez das ações de emissão da companhia, adequando o patamar de suas cotações e, consequentemente, tornando-as mais acessíveis aos investidores.

A posição acionária a ser considerada para o desdobramento das ações é a do dia 10 de agosto de 2021. A partir de 11 de agosto de 2021, as ações serão negociadas sem direito ao desdobramento.

O crédito das ações desdobradas será realizado automaticamente pela instituição depositária, na conta dos acionistas, em 13 de agosto de 2021.

Eletrobras (ELET3 ELET6): CGT Eletrosul vai convocar AGE emissão de debêntures

A Eletrobras (ELET3 ELET5 ELET6) informou será publicado nesta quarta-feira, 11 de agosto, edital de convocação pela controlada Companhia de Geração e Transmissão de Energia Elétrica do Sul do Brasil, a CGT Eletrosul, de Assembleia Geral Extraordinária para deliberar sobre a realização da 3ª emissão de debêntures simples.

A emissão será em duas séries, no montante total de R$ 400 milhões, para distribuição pública com esforços restritos

Do valor total da emissão, R$ 185 milhões correspondem à primeira série, e os demais R$ 215 milhões, à segunda série.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3