Radar traz M. Dias Branco (MDIA3), Petrorio (PRIO3) e Notre Dame (GNDI3)

Felipe Moreira
Editor na EuQueroInvestir, cobre temas que vão desde o mercado de ações ao ambiente econômico nacional e internacional.
1

O Radar Corporativo destaca que a queda do lucro da M. Dias Branco (MDIA3) no segundo trimestre de 2021.

A PetroRio (PRIO3) divulgou na noite desta sexta-feira (6) as suas prévias operacionais do mês de julho, com a produção diária chegando a 30,2 mil barris, caindo na comparação com a média do segundo trimestre de 2021.

Já a Smart Fit (SMFT3), recém-estreante na bolsa de valores, publicou que operava, no fim de julho, com 100% de suas academias abertas, contra 96% no fim de junho.

Por fim, a Notre Dame Intermédica (GNDI3) e Prefeitura Municipal de Belo Horizonte fecharam contrato de prestação de serviços de assistência à saúde e dental aos agentes públicos da cidade.

Veja a cobertura completa do Radar Corporativo:

Cias abertas

Lojas Marisa (AMAR3) tem disparada nas ações

Um suposto interesse de compra por parte das Lojas Americanas (LAME4) impulsionou as ações das Lojas Marisa (AMAR3). De acordo com matéria do Valor Econômico, os papéis da rede de lojas subiu 13% na última sexta-feira.

PetroRio vê produção cair em julho

A PetroRio (PRIO3) divulgou na noite desta sexta-feira (6) as suas prévias operacionais do mês de julho, com a produção diária chegando a 30,2 mil barris, caindo na comparação com a média do segundo trimestre de 2021.

A redução de produção da PetroRio se deu, principalmente, no Campo de Polvo e Manati, com o número de barris diários produzidos saindo de uma média de cerca de 14 mil no 2TRI21 para 11,6 mil em julho.

“No mês de julho, a produção do campo de Polvo foi afetada por dois fatores: shut down de 10 dias no início dom ês, necessário para a finalização do tie back e no final do mês, a bomba de um poço apresentou uma falha mecânica e está passando por um processo de workover”, explicou a PetroRio no documento.

Smart Fit (SMFT3) com todas suas academias abertas

Já a Smart Fit (SMFT3), recém-estreante na bolsa de valores, publicou que operava, no fim de julho, com 100% de suas academias abertas, contra 96% no fim de junho.

“A abertura das unidades está em linha com a recomendação dos órgãos públicos locais onde a Companhia opera em relação ao coronavírus, que evoluem de acordo com a situação da pandemia em cada momento”, explicou.

Das unidades próprias, apenas uma das 749 academias está fechada – essa localizada no Chile. Entre as franquias, todas as 239 estão abertas.

Além disso, a Smart Fit apontou que a sua base de clientes cresceu pelo segundo mês consecutivo.

Notre Dame (GNDI3) ganha licitação municipal em Belo Horizonte

A Notre Dame Intermédica (GNDI3) e Prefeitura Municipal de Belo Horizonte fecharam contrato de prestação de serviços de assistência à saúde e dental aos agentes públicos da cidade.

A companhia ganhou o processo de Chamamento Público e deve começar a atender os funcionários do poder executivo da cidade a partir do primeiro dia de dezembro.

O valor não foi informado. Incluindo os dependentes, a carteira contemplará aproximadamente 52 mil beneficiários de saúde e 28 mil beneficiários de odontologia.

Equatorial (EQTL3) tem reajuste tarifário de 9,01%

A Equatorial (EQTL3) informou que a ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica homologou o reajuste anual das tarifas da Equatorial Pará.

O Reajuste Tarifário Anual (RTA) médio foi estabelecido em 9,01%.

Movimentação em vias da CCR (CCRO3) continua a avançar

A CCR (CCRO3) publicou a atualização semanal da movimentação nas concessões sobre sua gestão. Na comparação com 2020, o período entre o dia 30 de julho e cinco de agosto registrou crescimento de 16,7% no fluxo de veículos. No acumulado do ano, a alta de é 14,2%.

Na comparação com 2019, a diferença é menor, com o o total avançando apenas 6,7% – o número de carros de passeio ainda é 8% menor do que antes do período de pandemia.

Ecorodovias (ECOR3) tem alta do tráfego

A Ecorodovias (ECOR3): tráfego em rodovias sobe 24,5% em julho ante o mesmo mês de 2020, passando de 29.378 para 36.587 veículos.

Indústrias J.B Duarte informa renúncia de CEO

A Indústrias J.B Duarte informou que foi recebida a carta de renúncia do Diretor Presidente da companhia, Laodse Denis de Abreu Duarte.

Grupo Mateus (GMAT3) quer atrair mais investidores

O Grupo Mateus (GMAT3) pretende ampliar o perfil dos investidores. De acordo com o Estadão, a companhia convidou gestores a conhecer a empresa de perto, de forma a atrair mais interesse, incluindo de investidores do exterior.

Agro ajuda a incluir mais empresas fora do eixo Rio-SP na B3 (B3SA3)

Empresas do setor agropecuário ajuda a incluir mais empresas do eixo Rio de Janeiro-São Paulo na B3 (B3SA3). Porém, de acordo com matéria do Estadão, 60% das companhias listadas têm sua sede em São Paulo.

Tenda (TEND3) revê guidance para 2021

A Tenda (TEND3) reviu seu guidance para este ano. Com relação à margem bruta ajustada, esta foi revista para mínima de 28% e máxima de 30%. Anteriormente, a previsão era 30% (mínima) e 32% (máxima).

Com relação as vendas líquidas, a companhia agora prevê mínima de R$ 3 bilhões e máxima de R$ 3,2 bilhões. Antes, era projetada uma oscilação entre R$ 2,8 bilhões e R$ 3 bilhões.

Balanços

M. Dias Branco (MDIA3) tem queda de 7% no lucro no 2TRI21

A M. Dias Branco (MDIA3) registrou lucro de R$ 142,3 milhões no segundo trimestre de 2021, queda de 7% na comparação com igual trimestre de 2020.

O Ebitda da empresa recuou 25%, para R$ 167,2 milhões.

Celesc (CLSC4) tem alta de 65% no lucro líquido do 2TRI21

Celesc (CLSC4), Centrais Elétricas de Santa Catarina, lucrou, de forma líquida, R$ 100,2 milhões no segundo trimestre de 2021, número 65% maior do que os R$ 65,7 milhões registrados no mesmo período de 2020. De forma ajustada, porém, o lucro registrou queda de 14% na base anual, ficando em R$ 116,5 milhões.

A receita líquida da companhia avançou 22,3% entre abril e junho deste ano ante igual período do ano passado, chegando a R$ R$ 2,4 bilhões. A diferença, segundo o documento publicado na noite desta sexta-feira (6), se deve tanto a um melhor desempenho da Celesc Distribuição quanto da Celesc Geração.

EMAE (EMAE3) tem alta de 17,2% no lucro líquido do 2TRI21

A EMAE (EMAE3), Empresa Metropolitana de Águas e Energia, lucrou, de forma líquida, R$ 40,1 milhões no segundo trimestre de 2021, número 17,2% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado.

O avanço do lucro da companhia, estatal do governo do estado de São Paulo responsável pelo Rio Pinheiros, acompanhou, em parte, a receita líquida, que subiu 17,2% na mesma base, chegando a R$ 120,8 milhões.

Aquisições

Athena Saúde compra hospital

A Athena Saúde anunciou a compra  do Hospital São Marcos, através da sua subsidiária Hospital Bom Samaritano de Maringá, por R$ 71,5 milhões.

Localizado na mesma cidade que a sua subsidiária, o Hospital São Marcos conta com 103 leitos, sendo 22 de UTI, além de 8 salas cirúrgicas e 10 consultórios.

Proventos

Méliuz (CASH3) diminui dividendo mínimo obrigatório

A Méliuz (CASH3), em reunião de acionistas, aprovou a redução do dividendo mínimo obrigatório da companhia de 25% para 0,001% do lucro líquido ajustado do exercício.

IPO

Maioria das companhias que fez IPO subiram na B3 (B3SA3) em 2021

De um total de 40 companhias realizou IPO neste ano, 22 tiveram performance superior ao desempenho do Ibovespa, segundo o Valor Econômico.

Dados levantados pelo Valor Pro, mostram que o Assaí (ASAI3) teve a alta mais expressiva, com avanço de 495%.

Lupo fará IPO

A Lupo deverá fazer IPO. De acordo com o jornal Valor Econômico, a companhia, que é dona das marcas Trifil e Scala, planeja atingir 1,2 mil pontos de vendas até 2025. Hoje há cerca de 650 lojas em todo o país.