Radar FII: HREC11 pretende captar R$ 149 mi na 3ª emissão de cotas

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

A Hedge Investments, administradora do FII Hedge Recebíveis Imobiliários (HREC11), comunicou a abertura da 3ª emissão de cotas que pretende captar até R$ 149 milhões.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, o que amplia o desafio de busca pelas melhores aplicações para multiplicá-lo

A nova emissão será de até 1,5 milhão de cotas, podendo a quantidade de cotas ofertadas ser aumentada em até 500 mil.

Acesse esse material especial para avaliar resultados, performance e dividendos dos melhores FIIs no mercado.

O preço de aquisição por cota da 3ª emissão foi definido em R$ 98,65.

A administradora informou que o início do período para exercício do direito de preferência (tanto na B3 quanto no escriturador) é de 17 de maio, com encerramento em 27 de maio, na B3.

Vale destacar que a Oferta Restrita é destinada exclusivamente aos cotistas do Fundo.

FII CSHG Logística (HGLG11) comunica aquisição de dois ativos

O Credit Suisse, na qualidade de administrador do FII CSHG Logística (HGLG11), comunicou que o Fundo firmou dois contratos para aquisição de ativos.

Dessa forma, o Fundo desembolsou o valor total de R$ 167,69 milhões na aquisição da totalidade das ações de uma sociedade de propósito específico (SPE) detentora de um ativo logístico multiusuário.

O imóvel é objeto de contratos de locação celebrados com empresas de grande e médio porte, localizado em Ribeirão Preto/SP.

Além disso, o Fundo adquiriu outro ativo pelo valor de R$ 109,26 milhões detentor de um ativo logístico multiusuário, com área bruta locável de aproximadamente 48.000 m².

O referido imóvel está localizado na cidade de Duque de Caxias, estado do Rio de Janeiro.

IFIX

O IFIX fechou o pregão de quarta-feira (12) em queda de 0,29%, aos 2831,09 pontos.

No acumulado de maio o IFIX registra queda de 1,05%, no ano cai 1,1%.