PLPL3, AGRO3, UGPA3 e PCAR3 lideram em valor aos acionistas

Marco Antônio Lopes
Editor. Jornalista desde 1992, trabalhou na revista Playboy, abril.com, revista Homem Vogue, Grandes Guerras, Universo Masculino, jornal Meia Hora (SP e RJ) e no portal R7 (editor em Internacional, Home, Entretenimento, Esportes e Hora 7). Colaborador nas revistas Superinteressante, Nova, Placar e Quatro Rodas. Autor do livro Bruce Lee Definitivo (editora Conrad)
1

Crédito: Divulgação

Na quinzena encerrada em 18 de setembro, JHSF (JHSF3), Vasta, BrasilAgro (AGRO3), Stone e Wilson Sons (WSON33) foram os destaques positivos pela grande redução dos respectivos Gaps de Valor iQ (GViQ), segundo levantamento da consultoria MZ Insight.

Ou seja, adicionaram mais valor aos seus acionistas.

Pão de Açúcar (PCAR4), Azul (AZUL4), Iochpe-Maxion (MYPK3), Vasta e Ultra (UGPA3) foram as que apresentaram maior crescimento do market cap.

Faça o Rebalanceamento de sua Carteira para outubro

IPOs

Plano & Plano (PLPL3), Petz (PETZ3), Cury (CURY3) e Vitru, que recentemente concluíram seus IPOs, passaram a integrar nossa análise de valor aos acionistas, elevando assim o número de participantes a 182 companhias, divididas em 23 segmentos.

O gráfico jacaré (abaixo) mostra os movimentos do GViQ que resultaram em adição ou diminuição de valor aos investidores no período de 4 a 18 de setembro.

Três empresas — Plano & Plano, Suzano ( SUZB3) e BrasilAgro — assumiram a posição de empresa-estrela essa quinzena, cujos logotipos estão evidenciados na imagem abaixo

Monitore completamente sua Carteira

 

Destaques

Em termos de redução ou aumento de GViQ, JHSF (+13,8pp), Vasta (+13,4pp), BrasilAgro (+9,9pp), Stone (+9,5pp), Wilson Sons (+8,2pp), Fleury (FLRY3, +8,1pp), Linx (LINX3, +5,8pp), DASA (DASA3, +5,7pp), CSN (CSNA3, +5,1pp) e SLC Agrícola (SLCE3+4,6pp) foram os destaques positivos dessa quinzena

Já PetroRio (PRIO3, -26,2pp), São Carlos (SCAR3, -23,9pp), Comgás (CGAS5, -17,2pp), GOL (GOLL4, -17,2pp), Banco Inter (BIDI11, -15,8pp), Omega (OMGE3, -12,9pp), Cosan (CSAN3,-10,5pp), Klabin (KLBN4, -10,4pp), CESP (CESP6, -10,1pp) e Braskem (BRKM5, -8,8pp) foram os destaques negativos do período.

Segmentos

Os segmentos que mais ganharam do Ibov (-2,9%) nessa semana foram Aviação (+11,1pp), Papel & Celulose (+6,7pp), Agronegócio & Álcool (+6,7pp), Locação de Veículos (+5,9pp) e Siderurgia & Mineração (+5,6pp).

Os que mais caíram foram Vestuário & Calçados (-5,0pp), Seguros (-4,5pp), Real Estate – Econômico (-4,5pp), Bancos & Serviços Financeiros (-3,4pp) e Química & Petroquímica (-2,7pp).

Crescimento significativo

Cinco empresas merecem destaque nessa quinzena pelo crescimento significativo do seu IViQ: Pão de Açúcar (+32,6%), Azul (+32,1%), Iochpe-Maxion (+17,4%), JHSF (+13,9%) e Vasta (+12,4%).

Em termos de crescimento do market cap os destaques positivos foram: Pão de Açúcar (+19,0%), Azul (AZUL4), com +14,7%), Iochpe-Maxion (+14,1%), Eucatex (EUCA4, +11,2%) e Petz (+10,8%).

Setores que ganharam e perderam do Ibovespa

O gráfico radar posiciona as 182 empresas (com a inclusão de Petz, Plano & Plano, Vitru e Cury) agrupadas em 23 setores.

As companhias-estrela, que possuem o maior Índice de Valor iQ (IViQ), encontram-se na linha de 100% do seu market cap potencial para 18/9.

Segundo a MZ, as demais companhias estão localizadas em suas respectivas percentagens potenciais de seus market caps. Em 18/9, Plano & Plano, Suzano e BrasilAgro assumiram a posição de empresa-estrela nos seus respectivos segmentos.

CDB de liquidez diária é porto seguro frente à LFT volátil

OIBR4): entenda o que está acontecendo com a empresa