PGBL: Antes que a mordida do leão te pegue

Edson Tibiriçá Palma
null

Crédito: Reprodução / Pixabay

O que você verá neste artigo:

PGBL: Antes que a mordida do leão te pegue

Se você declara Imposto de Renda não perca tempo

Evite uma mordida dele em 2020, com um Plano de Previdência Privada

A contagem agora é regressiva e você não pode perder tempo. Antes que a mordida  do leão te pegue.

Da mesma forma, que só tem duas semanas para evitar uma mordida do leão no Imposto de Renda em 2020.

Portanto, fique por dentro, pois certamente um Plano de Previdência Privada pode ser uma ótima opção.

Provavelmente para te livrar do que pode ser uma grande mordida do leão no seu IR 2020 mesmo, viu!

Confira nossas dicas para evitar uma mordida do leão no IR de 2020

PGBL: Antes que a mordida do leão te pegue

Reflita se para você vale a pena contratar um Plano de Previdência e contar com benefícios fiscais

Enquanto muitos cidadãos continuam relegando o planejamento tributário a um segundo plano, não podemos esquecer o quanto ele é importante.

Muito mais ainda para quem deseja investir bem e com segurança.

Além de obter maior solidez e um futuro mais tranquilo, porque a hora de pensar na sua aposentadoria também é agora.

PGBL: Antes que a mordida do leão te pegue

Consequentemente, quem já contribui em Planos de Previdência Privada PGBL já sabe do que estamos falando

Então, se você já tem ideia do tamanho que a mordida do leão pode dar no seu IR 2020, não perca tempo   

Primeiro de tudo, é que quem já possui e contribui para um ou mais Planos de Previdência sabe muito bem disso.

Da mesma forma, que sempre está ligado e de olho em reduzir cada vez mais a mordida do leão, ano a ano.

Em contrapartida, se você ainda é um daqueles cidadãos que continua pensando em contratar um PGBL, seu tempo neste ano está acabando.

Portanto, a contagem agora é regressiva.

PGBL: Antes que a mordida do leão te pegue

A contagem agora é regressiva e você não pode perder tempo

A data limite é no próximo dia 30 de dezembro para investir em PGBL e contar ainda com benefícios fiscais no IR 2020

Acima de tudo, se você já está decidido em contratar um Plano de Previdência, não perca tempo mesmo.

Porque além da data limite ser no próximo dia 30 de dezembro, a efetivação de sua aplicação demorará alguns dias.

É por isso e provavelmente que sugerimos que você faça seu PGBL agora.

Como também sugere Henrique Pocai, responsável pela área de Previdência da XP Investimentos abaixo:

“Recomendamos antecipar as aplicações. Para garantir, é melhor não deixar o aporte para a última semana, tem que se considerar o tempo de compensação bancária”.

A orientação da XP é que os clientes considerem o dia 24 para investimentos via TED ou boleto.

E aí, já decidiu se vai fazer um PGBL?

Abaixo enumeramos alguns benefícios e vantagens para quem faz um PGBL (Plano Gerador de Benefícios Livres)

PGBL: Antes que a mordida do leão te pegue

Veja alguns dos seus benefícios e suas vantagens

  • Quem faz um PGBL pode deduzir as contribuições feitas até o limite de 12% de sua renda tributável do ano base cálculo do IR (neste caso 2019).
  • Isso significa que você pode pagar menos imposto agora, enquanto investe seu dinheiro para obter rendimento e acerta as contas com a Receita Federal depois.

Agora confira um exemplo:

  • Se você obteve uma renda bruta igual a R$ 200.000,00 e contribuísse com R$ 22.000,00 em um PGBL.
  • A base de cálculo do IR, sobre o qual deverá pagar o imposto efetivo será reduzida para R$ 178.000,00.

E tem mais:

  • Você só pagará seu imposto quando resgatar seu investimento (total ou parcial).
  • Ela irá incidir sobre o valor total acumulado, ou seja, no caso do PGBL, recairá apenas sobre os rendimentos.

O mais importante para nós é esclarecermos para você que o PGBL pode ser uma ótima opção para evitar a mordida do leão.

Para mais informações, sugerimos que você consulte um Especialista na área de Previdência.

Temos certeza que você não vai se arrepender e desejamos um bom PGBL e 2020 para você!

Leia também:

Previdência Privada ou Tesouro Direto: Qual é Melhor Para Você