Money Week: dividendos são caminho para a liberdade financeira

Ana Silveira
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução/Money Week

Jéssica Castro, embaixadora da Exame Invest, foi mais uma das convidadas da Money Week, evento online e gratuito que acontece até sexta-feira (29).

O tema explorado por ela foram os dividendos, que representam uma parcela do lucro líquido das empresas que é destinada aos acionistas como forma de remuneração.

O que são dividendos?

Na prática, quando uma pessoa compra ações de uma companhia, ela passa  ser ‘sócia’ do negócio – ou acionista, como é popularmente chamado. A partir deste momento, como acionista, ela ganha o direito de receber parte do lucro líquido da empresa.

Por que as empresas pagam os dividendos?

No Brasil, existe uma legislação, Lei nº 6.404 de 1975, chamada “lei das SAs”, que prevê que as empresas listadas na Bolsa de Valores que tiverem lucro líquido devem distribuir uma porcentagem de seus lucros entre os acionistas. Esta é uma forma de compensar quem compra as ações da empresa e tornar esse tipo de investimento ainda mais atrativo – isto porque a pessoa passa a ganhar de duas maneiras: pela valorização do papel ao longo do tempo e também pelos dividendos. É importante entender que existe a legislação, mas ela possui algumas variações. Por isso é importante consultar o estatuto da empresa.

Antes de optar pela ação de uma empresa, o investidor deve prestar atenção a dois pontos: objetivo do investimento e perfil de investidor. É importante entender que nem todas as empresas pagam os dividendos; outra questão é estar ciente de que não existem garantias desse pagamento, como também não há garantia do desempenho da empresa. Todos esses resultados vão depender de como a empresa está performando.

A estratégia de dividendos é uma das mais conhecidas pelos investidores. No entanto, não basta escolher as empresas que pagam os proventos de maior valor. “Para conseguir uma carteira sólida e duradoura, é necessário fazer uma escolha criteriosa dos ativos que vão integrar o seu portfólio”, orienta a especialista.

Para saber mais sobre o tema, leia nosso artigo sobre como viver de renda passiva.