Minerva (BEEF3) lucra 4,3% a menos no balanço do 1TRI21

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução / Facebook / Minerva Foods

A Minerva (BEEF3) registrou lucro líquido de R$ 259,5 milhões no balanço do primeiro trimestre (1TRI21).

Os números refletem uma queda de 4,3% sobre o lucro do mesmo período de 2020.

CASES DA BOLSA

Aprenda análise fundamentalista na prática, inscreva-se no evento!

No acumulado dos últimos doze meses, o lucro líquido totalizou R$ 685,4 milhões.

Minerva (BEEF3) : principais números do balanço do 1TRI21

Lucro líquido

  • Lucro 1TRI21: R$ 259,5 milhões
  • Lucro 1TRI20: R$ 271,2 milhões

Ebitda

  • Ebitda 1TRI21: R$ 484,9 milhões
  • Ebitda 1TRI20: R$ 381,5 milhões

Receita líquida

  • Receita 1TRI21: 5,8 bilhões
  • Receita 1TRI20: 4,16 bilhões

Ebitda sobe 27,1%

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no balanço do 1TRI21 atingiu R$ 484,9 milhões, alta de 27,1% na base anual.

A margem Ebitda consolidada foi de 8,4% ante margem de 9,2% um ano antes.

No acumulado dos 12 meses, o Ebitda da Minerva (BEEF3) totalizou o patamar de R$ 2,2 bilhões, com a margem Ebitda em 10,7%.

Receita sobe 39,3%

No balanço do 1TRI21, a Minerva (BEEF3) registrou uma receita de R$ 5,8 bilhões, alta de 39,3% sobre o mesmo período do ano passado.

No acumulado de doze meses, a receita líquida alcançou R$ 21 bilhões, expansão de aproximadamente 20% na base anual.

Resultado Financeiro

O resultado financeiro líquido no balanço do 1TRI21 foi negativo em R$ 121 milhões. Um ano antes, o resultado financeiro foi negativo em R$ 8,3 milhões.

Segundo a Minerva (BEEF3), a forte desvalorização do Real frente ao Dólar norte-americano apresentou impacto negativo não-caixa de R$ 203,0 milhões nos passivos financeiros.

Endividamento da Minerva (BEEF3)

Ao final de março de 2021, a posição de caixa da Companhia era de R$ 6,4 bilhões. Ao mesmo tempo, cerca de 80% da dívida bruta estava atrelada ao dólar norte-americano.

“Entretanto, e em consonância com nossa política de hedge, a Companhia mantém hedgeada no mínimo 50% da exposição cambial de longo prazo, protegendo nosso balanço em momentos de elevada volatilidade cambial”, declarou a empresa.

A alavancagem líquida, mensurada pela relação Dívida Líquida/Ebitda dos últimos doze meses, encerrou o 1TRI21 em 2,4x. Quando calculado em dólares norte-americanos a alavancagem líquida é de 2,3x.