FII: IFIX fecha em alta de 0,03%; ABCP11 e TEPP11 puxam o índice

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução/Flickr

Nesta terça-feira (27), o IFIX encerrou a sessão em leve alta de 0,03%, aos 2845,36 pontos.

A mínima do dia para o índice foi de 2843,91 pontos, enquanto a máxima foi de 2850,75 pontos.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

No acumulado de abril o índice recua 0,05%, já no ano cai 0,85%. A movimentação financeira para hoje foi de R$ 201,99 milhões.

Destaques do dia

As maiores altas do IFIX foram em: Grand Plaza Shopping (ABCP11), Tellus Properties (TEPP11), Santander Renda de Aluguéis (SARE11), XP Corporate Macaé (XPCM11), Kinea High Yield CRI (KNHY11).

Na contramão, as maiores quedas foram em: General Shopping Ativo e Renda (FIGS11), Valora RE III (VGIR11), Bresco Logística (BRCO11), CSHG Real Estate (HGRE11), Rio Negro (RNGO11).

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3

Veja o gráfico do dia

FII: Maiores Altas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
ABCP11R$ 76,021,75%
TEPP11R$ 81,351,69%
SARE11R$ 99,381,24%
XPCM11R$ 43,001,22%
KNHY11R$ 114,451,13%

FII: Maiores Baixas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
FIGS11R$ 58,75-2,07%
VGIR11R$ 93,00-1,59%
BRCO11R$ 108,40-1,37%
HGRE11R$ 136,31-1,15%
RNGO11R$ 62,15-1,15%

Confira as últimas notícias sobre FII

FII Max Retail (MAXR11)

O BTG Pactual, administrador do FII Max Retail (MAXR11), comunicou que foi aprovado em Assembleia Geral,o desdobramento da totalidade de suas cotas, na proporção de 1:19.

Dessa forma, para cada cota existente serão atribuídas ao respectivo titular 18 novas cotas, totalizando 19 cotas.

As cotas do Fundo passarão a ser negociadas na forma desdobrada a partir do dia 27 de abril e serão creditadas nas contas de depósito dos cotistas no dia 29 de abril. Diante da alteração, o Fundo, que contava com 59.245 cotas, passará, a partir de 27 de abril, a contar com 1.125.655 de cotas no total.

FII RB Capital Renda II (RBRD11)

O FII RB Capital Renda II (RBRD11) celebrou contrato de locação do imóvel na Rua do Catete, Rio de Janeiro/RJ, para as Lojas Riachuelo, pelo prazo de 120 meses.

O valor de aluguel representa um acréscimo de 140,8% à receita mensal do Fundo, e 34,3% à receita anualizada do Fundo.

Com esta locação, o Fundo informou que a vacância física foi reduzida para 15,5%, restando apenas o imóvel de Natal/RN em processo de locação.

Findo o período de carência e descontos, concedidos conforme práticas atuais de mercado, a distribuição de rendimentos deverá ser impactada positivamente em R$ 0,14 por cota.

FII Vinci Logística (VILG11)

O FII Vinci Logística (VILG11) comunicou a aquisição de 100% do empreendimento Porto Canoa LOG, pelo montante de R$ 286,90 milhões.

O ativo, localizado no município de Serra, estado do Espírito Santo, possui 93.690 m² de área bruta locável dividida em dois galpões.

O Fundo passará a ter direito sobre o resultado operacional líquido (NOI) do ativo, em regime caixa, a partir de 26 de abril. Nessa transação, a gestora estima um cap rate de 8,0% para os próximos 12 meses.

O NOI esperado para os próximos 12 meses é de cerca de R$ 23,1 milhões, o equivalente a um rendimento médio aproximado de R$ 0,13/cota ao mês.

O ativo encontra-se atualmente 100% locado, com 9 locatários, servindo como um dos principais centros de distribuição do Grupo Boticário no Brasil. O empreendimento possui outros locatários de primeira linha como a Fast Shop e Whirlpool.

Os contratos de locação do ativo são típicos e apresentam um WAULT de 4,1 anos.