FII: IFIX recua 0,64% pressionado por SPTW11 e GGRC11

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Nesta terça (2) o IFIX abriu o pregão em forte viés de baixa e ainda na primeira hora de negociações já recuava 0,63%.

Ao longo do dia, a pressão sobre as vendas foi mantida e o índice fechou o pregão em queda de 0,64%, aos 2858,81 pontos.

Na mínima do dia, o índice bateu em 2853,14 pontos, enquanto a máxima foi de 2881,76 pontos.

Análises e Resumos do mercado financeiro com leituras de 5 minutos. Conheça a EQI HOJE

No acumulado de 2020, o IFIX registra queda de 0,64%. A movimentação financeira para hoje foi de R$ 281,69 milhões.

Destaques do dia

As maiores altas da carteira foram em: BB Progressivo (BBFI11B), Vectis Juros Real (VCJR11), XP Corporate Macaé (XPCM11), Vinci Offices (VINO11), RBR Rendimentos High Grade (RBRR11).

Por outro lado, as maiores quedas foram em: SP Downtown (SPTW11), GGR COVEPI (GGRC11), Bradesco Carteira Imobiliária Ativa (BCIA11), Rio Bravo Renda Educacional (RBED11), Rio Bravo Renda Varejo (RBVA11).

Veja o gráfico do dia

FII: Maiores Altas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
BBFI11BR$ 2.059,505,62%
VCJR11R$ 106,001,93%
XPCM11R$ 39,691,69%
VINO11R$ 61,271,37%
RBRR11R$ 98,141,04%

FII: Maiores Baixas

Empresa (ticker)PreçoOscilação
SPTW11R$ 77,08-3,59%
GGRC11R$ 137,30-2,21%
BCIA11R$ 102,50-2,14%
RBED11R$ 145,82-2,13%
RBVA11R$ 107,51-1,82%

Veja a movimentação de FII

O FII Hedge Brasil Shopping (HGBS11) comunicou a aquisição da totalidade da fração ideal de 23,06% detida pelo FII Hedge Shopping Praça da Moça (HMOC11 ), no empreendimento Shopping Praça da Moça, localizado em Diadema/SP.

O valor da transação é de R$ 88.339.239,58. A operação apresenta um cap rate com base no preço de 7,6% considerando o NOI, a regime de caixa, de 2019.

O Fundo tomará a posse do imóvel e passará a fazer jus a 100% dos créditos decorrentes dos aluguéis e demais créditos, a partir de 01 de março de 2021.     Com esta aquisição, o HGBS11 passa a deter 23,06% de participação no imóvel. Ao final da transação, o ativo representará o equivalente a 4% do patrimônio líquido do Fundo.

Sequoia III Renda Imobiliária (SEQR11) celebra novo contrato de locação

A Vórtx, na qualidade de administradora do FII Sequoia III Renda Imobiliária (SEQR11), comunicou que o Fundo concluiu, através de suas subsidiárias, a celebração de novo contrato de locação com a Atento Brasil no maior imóvel do Fundo, localizado no Rio de Janeiro, RJ.

A Atento, líder no setor de Contact Center na América Latina e uma das maiores empresas de CRM do mundo, já é atualmente locatária do imóvel, com contrato vigente até 31 de agosto de 2021.

O novo contrato de locação tem vigência até 31 de agosto de 2028.

O Fundo permanece com 100% de ocupação em todos os seus imóveis.

Com a celebração deste contrato, a média ponderada dos vencimentos dos contratos de locação do Fundo passa a 6,5 anos, com 72% de vencimentos em 2028.

PATC11 comunica aquisição de ativo por R$ 20,922 mi

O FII Pátria Edifícios Corporativos (PATC11) realizou a aquisição de 1 andar (1.307,68 m² de área BOMA) no Edifício Roberto Marinho Square, localizado na cidade e no estado de São Paulo.

O valor da transação foi de R$ 20,922 milhões, a ser pago quando superadas as condições precedentes do Compromisso de Compra e Venda.

A transação refere-se à oitava aquisição de ativos imobiliários do Fundo, em linha com sua tese de investimentos em imóveis de alta qualidade, localizados nos principais eixos corporativos da cidade de São Paulo.

O imóvel está totalmente locado.

Estima-se que a referida aquisição impacte positivamente a distribuição de rendimentos futuros, com um incremento estimado de aproximadamente R$ 0,027 por cota.

Gestora do FII RBCO11 reduz taxa de gestão

O FII RB Capital Office Income (RBCO11) comunicou que, objetivando amenizar os efeitos da crise econômica gerada desde 2020 pela pandemia e consequente desaquecimento nas novas locações de escritórios, a gestora do Fundo decidiu voluntariamente reverter parte da sua remuneração via desconto na taxa de gestão.

Desse modo, inicialmente o desconto será de 25,0% em março de 2021, decrescendo linearmente até zero em dezembro de 2021.

Banco Votorantim apresenta pedido de OPAC do FII VSEC11

A Votorantim Asset, administradora dos FIIs Securities e Votorantim Securities III (VSEC11), comunicou que o Banco Votorantim divulgou, em 26 de fevereiro de 2021, comunicado ao mercado informando que, no âmbito da oferta pública voluntária de aquisição da totalidade das cotas de emissão dos Fundos (OPAC), já apresentou à B3 o pedido de aprovação da OPAC, acompanhado de toda a documentação exigida.

Tendo em vista o estágio avançado da documentação e do pedido de aprovação da OPAC perante a B3, o banco BV espera que o lançamento da OPAC ocorra até o dia 15 de março, com o leilão e a liquidação sendo realizados ainda na primeira quinzena de abril.

Conforme previamente informado, a aprovação pelo banco BV da realização da OPAC de forma voluntária e espontânea, tem a finalidade de propiciar alternativa de liquidez aos clientes, especialmente em razão dos efeitos adversos e extraordinários decorrentes da pandemia de Covid-19.

Confira os rendimentos divulgados:

AFCR11: R$ 1,03 por cota em 08/03

RBRS11: R$ 0,4 por cota em 15/03

RBBV11: R$ 0,32127680285 por cota em 10/03

RBLG11: R$ 0,328006331 por cota em 08/03

QAGR11: R$ 0,46 por cota em 08/03

CXRI11: R$ 0,6 por cota em 10/03

CRFF11: R$ 0,48 por cota em 10/03

GGRC11: R$ 0,6 por cota em 08/03

RBRS11: R$ 0,4 por cota em 15/03