Energisa (ENGI11) e Odontoprev (ODPV3) aprovam dividendos

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Lucro da Energisa (ENGI11) recua quase 50% no quarto trimestre

A Energisa (ENGI11) aprovou nesta quarta-feira (10) a distribuição de dividendos intercalares à conta do lucro líquido do exercício de 2020. O valor total é de R$ 446,560 milhões.

O montante corresponde a R$ 2,411432326489 por ação ordinária (ENGI3) e R$ 1,843817009135 por ação preferencial (ENGI4).

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Desses, R$ 28,451 milhões, correspondente a R$ 0,198392653091 por ação preferencial, será destinado ao pagamento dos acionistas preferencialistas, em cumprimento ao dividendo prioritário mínimo de 10% sobre o capital social próprio. E R$ 57,856, correspondente a R$ 0,766007970446 por ação ordinária, destinado ao pagamento dos titulares de ações ordinárias, em cumprimento do pagamento do dividendo igual ao mínimo previsto.

Por fim, R$ 360,252 milhões, correspondente a R$ 1,645424356043 por ação do capital social da companhia, destinado ao pagamento de forma igualitária entre os titulares de ações ordinárias e os titulares de ações preferenciais.

Os pagamentos de dividendos da Energisa serão pagos a partir do dia 26 de março de 2021, com base na posição acionária do dia 16 de março de 2021.

Energisa (ENGI11) balanços

A Energisa (ENGI11) reportou um lucro líquido de R$ 192 milhões no quarto trimestre de 2020, queda de 45,6% na comparação com o mesmo período de 2019.

No acumulado de 2020, a companhia registrou um lucro líquido de R$ 1,6 bilhão, avançando 204,9% sobre 2019

Odontoprev (ODPV3) aprovam dividendos e JCP de R$ 12 milhões

O Conselho de Administração da Odontoprev (ODPV3) aprovou a distribuição aos acionistas de juros sobre o capital próprio (JCP) no valor bruto total de R$ 12,980 milhões.

Tal valor corresponde a R$ 0,024472511 por ação em circulação, com base na composição acionária de 16 de março de 2021.

Os registros dos créditos correspondentes aos juros sobre o capital próprio deverão ser contabilizados em 31 de março do mesmo ano.

Odontoprev (ODPV3) balanço

A Odontoprev (ODPV3) registrou lucro líquido 16,6% maior no quarto trimestre de 2020. Foram R$ 83,5 milhões no período contra R$ 71,6 milhões no 4TRI19.

No comparativo anual, o crescimento foi de 26,8%. O lucro líquido da Odontoprev passou de R$ 284,7 milhões em 2019 para R$ 361,1 milhões em 2020.

Copel (CPLE6) aprova desdobramento de ações da companhia na proporção de 1 para 10

A Copel (CPLE6) comunicou que fará o desdobramento, por meio do creditamento, sem alteração do capital social.

Assim, a empresa afirma que haverá o desdobramento na proporção de 1 ação para 10 ações, de modo que, a cada 1 ação de emissão da Companhia, serão creditadas 9 novas ações de mesma classe e espécie.

O capital social seguirá no montante de R$ 10,8 bilhões, mas passará a ser representado por:

  • 2.736.553.750 ações, sem valor nominal, sendo:
  • 1.450.310.800 deações ordinárias e
  • 1.286.242.950 de ações preferenciais, destas,
  • 3.267.520 são ações preferenciais classe “A” e
  • 1.282.975.430 são ações preferenciais classe “B”.

As ações da companhia serão negociadas sem direito ao desdobramento a partir desta sexta-feira (12), e as novas ações serão creditadas aos acionistas até o dia 16 de março de 2021.

Além disso, vai converter ações e formar os UNITs e promover a listagem desses UNITs junto à B3 (B3SA3), a fim de permitir a efetiva negociação destes ativos.

Copel adesão ao novo mercado

A Copel informou ainda a adesão ao Nível 2 de Governança Corporativa da B3 que estabelece, entre outros:

  • Tag alongde 100% para as ações Ordinárias e Preferenciais, conferindo tratamento equitativo aos acionistas da Companhia;
  • Direito de voto para os acionistas preferencialistas em assuntos que tratem de transformação, incorporação, cisão ou fusão da Companhia.

Veja todas as alterações na Copel

Cruzeiro do Sul (CSED3): GIC, de Cingapura, passou a deter 4,01% do capital

A Cruzeiro do Sul Educacional (CSED3) informou que o GIC Private Limited, na qualidade de representante do governo e da autoridade monetária de Singapura passou a deter, de forma isolada, 15,300 milhões CSED3.

Tal montante equivale a 4,01% do total do capital social da Cruzeiro do Sul.

Assim, de forma agregada, a participação do GIC alcançou 38,76% do capital social da companhia, totalizando 148.007.280 ações ordinárias. O GIC informa, ainda, que a aquisição das participações societárias não visa alterar o controle acionário ou a estrutura administrativa da empresa.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3