Odontoprev (ODPV3) tem lucro de R$ 83,5 milhões no 4TRI20, alta de 16,6%

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Odontoprev

A Odontoprev (ODPV3) registrou lucro líquido 16,6% maior no quarto trimestre de 2020. Foram R$ 83,5 milhões no período contra R$ 71,6 milhões no 4TRI19.

No comparativo anual, o crescimento foi de 26,8%. O lucro líquido passou de R$ 284,7 milhões em 2019 para R$ 361,1 milhões em 2020.

O Ebitda ajustado da empresa cresceu 22,2% no 4TRI20 (R$ 127 milhões contra R$ 104 milhões).

Análises e Resumos do mercado financeiro com leituras de 5 minutos. Conheça a EQI HOJE

A margem Ebitda cresceu 5,6 p.p no 4TRI20, fechando o ano em 28,5%.

Na base anual, o Ebitda ajustado cresceu 29,9% em 2020, consolidando R$ 543 milhões.

A margem Ebitda de 2020 foi de 30,8%, 7,5 p.p. maior do que 2019.

Receita da Odontoprev cai 1,8%

A receita líquida da Odontoprev caiu 1,8% no comparativo trimestral, para R$ 446,9 milhões.

Já no acumulado de 2020 a receita somou R$ 1,76 bilhão, queda de 1,7% (R$ 1,79 bilhão em 2019).

200 mil novas vida

As novas vidas da Odontoprev somaram 199,7 mil. Ou seja, 65,3% acima das adições do último trimestre de 2019. Assim, a empresa fechou 2020 com 7.510.149 beneficiários.

O tíquete médio por usuário foi de R$ 20,77, com recuo de 3% entre os trimestres.

Já o segmento de pequenas e médias empresas teve alta de 2,5% no tíquete, para R$ 24,43.

Os planos corporativos da Odontoprev tiveram tíquete médio de R$ 16,67, com recuo de 3,3%.

O segmento individual registrou a maior queda, de 5,6%, para R$ 37,68.

As sinistralidade foram de 43,3% no 4TRI20 versus 44,6% no 4T19, e de 40,6% em 2020 comparada a 44,5% em 2019.

A Odontoprev fechou o ano com caixa líquido de R$ 753 milhões, 35% superior aos R$ 560 milhões de 2019.

Odontoprev 4TRI20