Eletrobras (ELET6) aprova debêntures; Banco Inter (BIDI11) adquire controle de plataforma

Marco Antônio Lopes
Editor. Jornalista desde 1992, trabalhou na revista Playboy, abril.com, revista Homem Vogue, Grandes Guerras, Universo Masculino, jornal Meia Hora (SP e RJ) e no portal R7 (editor em Internacional, Home, Entretenimento, Esportes e Hora 7). Colaborador nas revistas Superinteressante, Nova, Placar e Quatro Rodas. Autor do livro Bruce Lee Definitivo (editora Conrad)
1

Crédito: Divulgação

A Eletrobras (ELEt6) aprovou, em reunião do Conselho de Administração, a 3ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, em duas séries.

Serão 2.700.000 de debêntures, sendo 1.200.000 debêntures da primeira série e 1.500.000 da segunda.

O montante total aprovado é de R$ 2,7 bilhões.

Os recursos líquidos captados pela Eletrobras por meio da emissão das debêntures da primeira série serão utilizados para reforço de caixa, para utilização no curso ordinário dos negócios da companhia.

Segundo a Eletrobras, as debêntures da segunda série serão utilizadas exclusivamente para pagamentos futuros ou reembolso de gastos, despesas ou dívidas relacionados à implantação da Usina Termonuclear Angra 3”.

Banco Inter: aquisição do controle da Duo Gourmet

O Banco Inter (BIDI11) informou nesta terça (13) que concluiu a aquisição do controle da operação Duo Gourmet.

O objetivo, segundo o banco divulgou em nota ao mercado, será oferecer programa de benefícios via aplicativo para consumidores e restaurantes por meio da marca Duo Gourmet.

Com a transação, a operação Duo Gourmet passará a ser desenvolvida por uma nova subsidiária da Inter Marketplace.

“Contará com a experiência trazida pelos sócios fundadores da marca Duo Gourmet, plataforma já consolidada em programa de fidelidade no mercado de alimentação, com atuação em 13 cidades de 10 estados brasileiros e mais de 500 restaurantes parceiros”, informa o Banco Inter.

O novo investimento, somado à parceria recentemente anunciada com a Delivery Center, “fortalece a proposta de valor para o cliente e consolida a vertical de alimentação da Inter Shop, que passará a contar com experiências on e off-line em todo Brasil.”

A iniciativa de alimentação dentro da Intershop será liderada por Nilson Alvim Gouvêa Júnior e Ana Laura Barbosa Garcia, fundadores da Duo Gourmet.

O contrato de compra e venda da transação foi assinado em 8 de abril de 2021 e, após o seu fechamento efetivo, o Inter será o controlador da sociedade e os sócios fundadores da Duo Gourmet estarão à frente da gestão.

“Vão liderar a expansão dessa vertical de negócios”, afirma ainda o comunicado do banco.

O fechamento da transação está sujeito à aprovação pelo Banco Central do Brasil.

Iguatemi (IGTA3): programa vai apoiar empresas

A Iguatemi (IGTA3) apresentou nesta terça seu Programa de Corporate Venture Capital.

Em nota ao mercado, a Iguatemi conta que estruturou e desenvolveu um programa de investimento em Corporate Venture Capital, para apoiar empresas com potencial de crescimento no início de sua trajetória empresarial.

Além do retorno financeiro esperado desses investimentos, a administração da Iguatemi diz que “acredita que essas iniciativas trazem para a companhia o benefício adicional de estar conectada ao ecossistema de empreendedorismo, no qual founders e times talentosos e dedicados estão construindo novos negócios com potencial de se tornarem muito relevantes no mercado.”

Além do aporte de capital envolvido, essas companhias receberão fornecimento de orientação, experiência, conexões com possíveis clientes e parceiros que se relacionam com a companhia e com os acionistas controladores.

“Nessa jornada, a Iguatemi tem se dedicado a avaliar investimentos e parcerias em companhias que orbitam nas adjacências de seu negócio principal, tais como Real Estate, Varejo, e-commerce, moda, eventos, entre outros”, diz a empresa.

“A Iguatemi não realiza esses investimentos para controlar ou influenciar significativamente as companhias investidas”, explica a companhia, em comunicado ao mercado.

“Não há um interesse estratégico de que determinado investimento se torne uma subsidiária ou uma controlada da Iguatemi. Muito pelo contrário, apoiamos essas companhias e seus founders para que elas consigam realizar seu plano de negócios, resolver problemas enormes e, quem sabe, um dia possam ser tão grandes como, ou até maiores que, a própria Iguatemi.”

Desde 2019, a Iguatemi realizou três investimentos em companhias que se encaixam nesse perfil. Do ponto de vista financeiro e dentro dos limites estatutários e de governança, diz a Iguatemi, os investimentos iniciais não são relevantes em percentual do valor de mercado ou do patrimônio da companhia, e por esse motivo não são divulgados no momento em que são realizados.

“À medida que se tornem relevantes por seu tamanho, representatividade ou valor de mercado, serão levados ao conhecimento dos investidores e do mercado”, diz a nota.

O Investimento na Infracommerce

A Infracommerce foi apresentada à administração da Iguatemi em 2019 pela Cadonau Investimentos, o Investment Office do Grupo Jereissati, que é muito ativo em investimentos líquidos e ilíquidos, incluindo Private Equitye Venture Capital, no Brasil e no Exterior.

“Naquele momento, a Cadonau Investimentos já havia tomado a decisão de investir no Navigator One Fund, um veículo de investimentos sediado no exterior, gerido por terceiros, com o objetivo de participar de uma rodada de capitalização primária na Infracommerce e ofereceu à Iguatemi a oportunidade de coinvestir nas mesmas condições.”

Programa de Corporate Venture

O Navigator One Fund, por meio de sua subsidiária integral Engadin Investments LLC, detém participação que corresponde atualmente a 16% do capital social da Infracommerce.

A Iguatemi possui cotas do Navigator One Fund que correspondem, indiretamente, a 65% do capital da Engadin Investments LLC.

A Iguatemi não detém participação direta, não é controladora ou parte de qualquer acordo de acionistas que regule o voto ou qualquer outra matéria relevante na Infracommerce.

“A Iguatemi considera o investimento no Navigator One Fund como um investimento financeiro e que pode ser parcial ou totalmente realizado no curto ou médio prazo a depender de condições de mercado.

Pedro Jereissati, integrante do grupo de controle da Iguatemi, foi eleito para ocupar o cargo de Presidente do Conselho de Administração da Infracommerce.