Dimed (PNVL3 PNVL4): lucro sobe 1,7% no 4TRI, a R$ 24,5 milhões

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores

A Dimed (PNVL3 PNVL4) reportou no quarto trimestre de 2020 um lucro líquido de R$ 24,5 milhões. Os números refletem uma alta de 1,7% sobre o mesmo período de 2019.

No acumulado de 2020, o lucro líquido da Companhia totalizou R$ 63,9 milhões, queda de 22,1% sobre 2019.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

O resultado financeiro no último trimestre foi uma despesa líquida de R$ 3,25 milhões ante uma despesa líquida de R$ 5,03 milhões um ano antes.

Em 2020, o resultado financeiro foi uma despesa líquida de R$ 12,45 milhões contra uma despesa líquida de R$ 21,9 milhões em 2019.

As vendas totais das lojas de rua (377 lojas, excluídas lojas dentro de shopping e de outros estabelecimentos, como hospitais, supermercados e universidades) da Panvel cresceram 18% no trimestre em relação ao quarto trimestre de 2019.

Já as vendas digitais da Panvel representaram 15,9% da venda do varejo no quarto trimestre, um crescimento de 71,8% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Receita bruta avança 8,4%

No último trimestre de 2020, a receita bruta da Companhia atingiu R$ 853,1 milhões, alta de 8,4% sobre igual período de 2019.

Nos doze meses de 2020, a receita bruta foi de R$ 3 bilhões, incremento de 4% sobre um ano antes.

A receita bruta consolidada contempla as vendas do varejo, do atacado e outras unidades de negócio da Dimed.

O lucro bruto ajustado do quarto trimestre totalizou R$ 235,98 milhões, alta de 6,1% na base anual. No acumulado de 2020, o lucro bruto atingiu R$ 823,69 milhões, 1,8% superior ao registrado em 2019.

Ebitda cai 12,1%

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado para o quarto trimestre foi de R$ 42,8 milhões. Os números representam uma queda de 12,1% sobre o Ebitda de um ano antes.

Ao mesmo tempo, a margem Ebitda ajustada foi de 5%, queda de 1,2 ponto percentual.

Em 2020, o Ebitda ajustado da atingiu R$ 128,3 milhões, valor 19,7% inferior ao registrado em 2019. A margem Ebitda ajustada de 2020 foi de 4,3%, queda de 1,3 p.p.

Endividamento da Dimed

O nível de endividamento bruto da Dimed no fechamento do quarto trimestre de 2020 foi de R$ 189,7 milhões e, depois de descontadas as disponibilidades em Caixa (R$ 435,8 milhões), o caixa líquido encerrou o período em R$ 246,1 milhões.

Segundo a Companhia, a mudança no perfil da dívida líquida tem relação direta com a operação de Re-IPO realizada em julho de 2020, cuja parcela primária representou o ingresso de R$ 455,8 milhões.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3

Confira os principais destaques financeiros do balanço da Dimed (PNVL3 PNVL4)