Goldman Sachs (GSGI34): saiba como investir do Brasil, via BDR

Ana Paula Schuster
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

O Goldman Sachs é um banco americano multinacional. Ele atua diretamente com clientes físicos e jurídicos, oferecendo serviços de investimento e gestão de valores.

A empresa tem grande valor econômico em todo o mundo. E você pode negociar ativos do banco via Brazilian Depositary Receipts (BDRs) direto da bolsa brasileira, a B3. Por aqui, os papéis do Goldman Sachs são negociados sob o código GSGI34.

Entenda no artigo como estão as ações da instituição e seu desempenho. Além disso, conheça mais sobre a história, estratégias e quais foram os impactos na pandemia.

Conheça o Goldman Sachs (GSGI34)

O Goldman Sachs (GSGI34) é uma das principais empresas mundiais de banco de investimento. Além disso, atua com gestão de valores imobiliários e de investimentos.

Oferece aos clientes uma completa cartela de serviços financeiros. E atende corporações, instituições financeiras, governos e pessoas físicas com patrimônio elevado.

Banco de investimento

Os clientes têm acesso a serviços direcionados para investimentos. Por exemplo, assessoria estratégica, gestão de risco, transações. Visando sempre a segurança nas movimentações.

Clientes institucionais

O banco oferece serviço de renda fixa, commodity, ações e câmbio para empresas. Também financiamentos, empréstimos e serviços de corretagem.

Investimentos e empréstimos

Outra gama de atuação do Goldman Sachs (GSGI34) é o financiamento para os clientes. Assim, investem para tornar as entidades ainda mais sólidas e com possibilidade de crescimento. 

Valorização das ações do Goldman Sachs (GSGI34)

O Goldman Sachs apresentou uma grande valorização em suas ações em 2020, na comparação com o ano anterior. Em seu último balanço, o banco demonstrou que elas aumentaram 158%. 

Segundo estimativas, o previsto era rendimento de U$ 7,45 por ação, mas o valor alcançado foi superior. Com a divulgação dos dados, a ação subiu 2,32% na bolsa de valores norte-americana. Já no Brasil, as ações valiam um pouco mais de R$ 70, agora no mês de março de 2021, chegaram a mais de R$ 190.

Desempenho no último balanço do Goldman Sachs (GSGI34)

Por meio de seus relatórios, o Goldman Sachs (GSGI34) informou que teve um lucro líquido de 4,51 bilhões de dólares no quatro trimestre de 2020. Dessa forma, o aumento foi de 135% em comparação a 2019.

O banco ainda teve uma crescente de 17,9%, totalizando 11,74 bilhões de dólares. Assim, novamente ultrapassou as expectativas para o período, que era de apenas 9,99 bilhões.

Mesmo durante o período de pandemia a empresa conseguiu manter suas metas. Ou seja, gerar crescimento e lucro. Além disso, ela segue com objetivos de obter grandes resultados nos próximos anos.

Estratégia do Goldman Sachs (GSGI34)

Atualmente, o Brasil é o segundo país em que o Goldman Sachs (GSGI34) apresenta os melhores resultados. Portanto, a estratégia inicial é que mantenha o investimento no país. 

Os executivos da empresa se comprometeram a alcançar mais resultados positivos em solo brasileiro. Porque perceberam que é um lugar que representa muito bem seus negócios. Nos últimos dois anos, a empresa expandiu cinco vezes seu tamanho inicial.

Recentemente, novas estratégias também foram apresentadas. Em apresentação aos investidores, a empresa afirmou que planeja que os depósitos de seu banco de varejo cheguem a pelo menos US$ 125 bilhões. Mas, o valor deve ser alcançado pelo menos nos próximos cinco anos.

Afirmaram também que buscam ampliar os serviços de financiamentos a consumo e cartões para US$ 20 bilhões. Esse valor deve ser alcançado no mesmo período.

Com essas metas, o banco pretende atingir um nível de eficiência de 60% em três anos. Dessa forma, terá um ROE (retorno sobre o patrimônio) acima de 14%.

Desempenho do Goldman Sachs (GSGI34) durante a pandemia

Durante a pandemia, o Goldman Sachs (GSGI34) precisou reduzir sua força de trabalho. Ou seja, demitir funcionários para ter um corte de gastos. Aliás, duas vezes neste período foi preciso optar por essa alternativa. As demissões totais superam 400 colaboradores. 

Vale frisar que grandes instituições financeiras em todo os Estados Unidos precisaram realizar demissões em massa. Afinal, o setor perdeu forças devido ao coronavírus. Portanto, o corte de gastos foi uma alternativa viável.

No início de 2020, o banco havia estabelecido a meta de reduzir pelo menos 1 bilhão de dólares de despesas. 

Recentemente houve uma melhora nos serviços do banco, mas que precisou ser interrompida novamente pela nova onda da doença. Então, com o avanço da vacina, acredita-se que no segundo semestre os resultados sejam melhores.

Origem e história do Goldman Sachs (GSGI34)

O Goldman Sachs (GSGI34) foi fundado em 1869, por um empresário alemão, Marcus Goldman. Ele era professor e emigrou para os Estados Unidos no ano de 1848.

Em 1882, Samuel Sachs, genro de Goldman, ingressou na empresa, que futuramente levaria seus sobrenomes. Mas os negócios só expandiram em 1885, com a chegada de Henry Goldman e Ludwig Dreyfus.

A empresa foi uma das primeiras a oferecer financiamento por meio de nota promissória. Assim, tinha como público-alvo os empreendedores. Assim, em 1896, o Goldman Sachs (GSGI34) ingressou na Bolsa de Valores de Nova York.

Foram precisos apenas dois anos para que seu capital aumentasse para US$ 1,6 milhões. Em 1906, o banco coordenou seu primeiro IPO (oferta pública inicial de ações), abrindo o capital da Sears, Roebuck and Company.

IPO

O Goldman atuou ainda para que a F. W. Woolworth e Continental Can se tornassem empresas públicas por meio de IPOs.

Também lançou o Goldman Sachs Trading Corp., em 1928, com um fundo fechado. Contudo, devido ao crash da bolsa no ano seguinte, houve um fracasso.

Em 1970, Goldman estabeleceu seu primeiro escritório internacional em Londres. Já em 1972, houve a divisão de patrimônio privado e renda fixa.

Por fim, em 1981, adquiriu a empresa de comércio e commodities conhecida como J. Aron & Company.

Ao longo dos anos, a empresa se consolidou. Assim, tornou-se referência em todo o mundo devido aos serviços prestados. Além disso, mantém bons resultados financeiros.

Como investir no Goldman Sachs (GSGI34)?

Os investidores brasileiros podem ter acesso aos chamados BDRs do Goldman Sachs.

Eles são ativos que representam ações de empresas estrangeiras. Quem adquire um BDR está, indiretamente, participando de uma empresa no exterior, e terá direito aos dividendos distribuídos pela companhia lá fora.

Funciona mais ou menos como um fundo de investimento. O investidor não vira o dono da ação, portanto não é sócio da empresa em questão.

Para comercializar um BDR, a instituição emissora do papel adquire várias ações de empresas estrangeiras. Depois monta um “pacote” e vende partes dele aos investidores. Logo, esses títulos são como cotas. E podem ser adquiridos por todo investidor pessoa física.

O que é preciso fazer para investir no Goldman Sachs (GSGI34)

Para adquirir BDRs do Goldman Sachs, o investidor precisa procurar um banco ou uma corretora de valores autorizados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).