BB Seguridade (BBSE3) lucra 10,7% a mais no balanço do 1TRI21

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Divulgação

O BB Seguridade (BBSE3) registrou um lucro líquido ajustado de R$ 977,1 milhões no balanço do primeiro trimestre de 2021 (1TRI21), crescimento de 10,7% em relação ao mesmo período do ano passado.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, o que amplia o desafio de busca pelas melhores aplicações para multiplicá-lo

A instituição financeira considerou o resultado positivo. Isso porque o 1T20 foi pouco impactado pelas adversidades impostas pela pandemia da Covid-19, enquanto o 1T21 foi impactado na sua totalidade.

Acesse esse material especial para avaliar resultados, performance e dividendos dos melhores FIIs no mercado.

O resultado financeiro combinado cresceu 33,0% em relação ao mesmo período de 2020.

Confore o BB Seguridade (BBSE3), o resultado foi ajudado por um movimento mais benéfico dos índices de inflação que atualizam os ativos e passivos dos planos de previdência tradicionais.

Você sabia que algumas das maiores oportunidades de ganhos da bolsa estão nas Small Caps? Quer saber mais sobre essas ações e como investir? 

BB Seguridade (BBSE3): principais números do balanço do 1TRI21

Lucro líquido

Lucro 1TRI21: R$ 977 milhões
Lucro 1TRI20: R$ 883 milhões

Quer começar o dia bem-informado com as notícias que vão impactar o seu bolso? Clique aqui e assine a newsletter EQI HOJE!

Receita total de previdência e seguros

  • Receita 1TRI21: R$ 10,7 bilhões
  • Receita 1TRI20: R$ 10,1 bilhões

Prêmios emitidos

Os prêmios emitidos somaram R$ 2,316 bilhões no balanço do 1TRI21, contra R$ 2,158 bilhões do mesmo período de 2020.

Conforme o BB Seguridade (BBSE3), o desempenho foi impulsionado pelo bom desempenho comercial em: seguro rural (+29,4%), que foi ajudado pela liberação antecipada do custeio da safra 2021/2022 em volume superior ao disponibilizado no mesmo período do ano passado; seguro de vida (+14,6%), movimento decorrente do bom desempenho de vendas do novo portfólio lançado em maio/2020; e seguro residencial (+28,2%), que foi puxado pelo aumento de vendas no segmento varejo.

Já a sinistralidade registrou alta de 8,1 p.p., explicado pelo impacto da piora no cenário da pandemia que elevou as perdas nos produtos com cobertura de morte.

As despesas gerais e administrativas somaram R$ 4,274 milhões, redução de 37,3% em relação ao mesmo período de 2020.

Receita 

A receita total de previdências e seguros subiu 6,3% no balanço do 1TRI21, totalizando R$ 10,769 bilhões.

Já receita líquida de previdência e seguros atingiu R$ 7,5 milhões no período, uma elevação de 44,1% na comparação anual.

O resultado operacional consolidado das empresas do grupo cresceu 7,4% no

1T21 em relação ao mesmo período do ano passado, apesar do agravamento da pandemia e do aumento dos sinistros relacionados à Covid-19.

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.

Confira os destaques do balanço da BB Seguridade (BBSE3):