Arezzo (ARZZ3) compra BAW; Braskem (BRKM5) fará recompra de bonds

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Divulgação

A Arezzo (ARZZ3) confirmou a aquisição da BAW, marca digital com foco no streetwear.

De acordo com a varejista, as atividades da BAW incluem a modelagem, confecção, industrialização e comércio de roupas, calcados, bolsas, acessórios e vestuário.

A expectativa é que o faturamento da BAW seja de pelo menos R$ 80 milhões neste ano.

Aprenda hoje a investir em Small Caps e encontre as oportunidades escondidas na Bolsa.

A operação insere-se no âmbito da AR&Co, braço de lifestylee vestuário da companhia que é liderado por Rony Meisler, fundador do Grupo Reserva.

O preço de compra é de R$ 105 milhões.

Braskem (BRKM5) fará recompra de bônus

A Braskem (BRKM5) anunciou a recompra de bônus de 3,500% com vencimento em 2023 emitidos pela Braskem Finance Netherlands.

A Braskem America Finance Company também fará a recompra de todos Bônus de 7,125% com vencimento em 2041.

De acordo com a Braskem, os pagamentos serão feitos com caixa próprio.

Focus (POWE3) diz não conhecer motivo de oscilações atípicas de ações

A Focus (POWE3) disse que não tem conhecimento sobre nenhum fato que possa justificar as oscilações registradas  em suas ações. O comunicado foi resposta ao ofício da B3.

Rio Paranapanema (PMAM3) paga dividendos

A Rio Paranapanema realizará o pagamento de dividendos no valor global de R$ 277,6 milhões.

Os acionistas receberão o valor bruto de R$ 2,93990273 por ação, o pagamento ocorrerá em 25 de junho de 2021.

General Shopping (GHSP3)

O conselho de administração da General Shopping aprovou proposta de saída voluntária da empresa do segmento especial de listagem denominado Novo Mercado, com a dispensa da realização de oferta pública de aquisição de ações (OPA), com a consequente migração da Companhia para o segmento básico de listagem da B3.

De acordo com a companhia, a Saída do Novo Mercado visa à simplificação da estrutura da companhia e à diminuição de custos regulatórios e operacionais incorridos em função das obrigações impostas pelo regulamento do Novo Mercado.