Ambipar (AMBP3) compra SABI; Anima (ANIM3) assina distrato com a Ser (SEER3)

Karin Barros
Jornalista com atuação nos dois principais jornais impressos da Grande Florianópolis por quase 10 anos. Costumo dizer que sou viciada em informação, por isso me encantei com a economia, que une tudo de alguma forma sempre. Atualmente também vivo intensamente o mundo da assessoria de imprensa e do PR.

Crédito: Reprodução Ambipar

A Ambipar (AMBP3) divulgou na noite desta segunda-feira (5) a aquisição de 100% da SABI através de sua controlada indireta, a Suatrans Chile S.A.

A SABI atua há 17 anos na prestação de serviços com foco no atendimento a emergências ambientais no modal rodoviário, possuindo 14 bases operacionais na Colômbia, estrategicamente localizadas nas principais rotas e em pontos com histórico de acidentes.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

A empresa é líder de mercado na Colômbia e faturou US$ 4,3 milhões em 2020.

Possui também sistema de gerenciamento de risco e rastreamento total dos caminhões com alta tecnologia embarcada, onde também é líder de mercado com 55% de market share.

Conta ainda, com 61 pontos checagem dos caminhões / motoristas, estrategicamente localizados nas principais rodovias Colombianas.

Também presta este serviço no México e no Panamá.

Para a Ambipar, esta aquisição é importante, pois está em linha com o seu plano estratégico de crescimento, com captura de sinergias e potencial maximização das margens e retorno.

Agora será possível expandir geograficamente a presença da Companhia na América Latina; trazer uma tecnologia diferenciada de gerenciamento e monitoramento da frota que poderá ser utilizada mundialmente pelo grupo e ofertada aos clientes a nível global, além de gera sinergias operacionais e administrativas e oportunidades de cross selling.

Anima (ANIM3) assina distrato de opção de compra com a Ser (SEER3)

A Anima (ANIM3) informou nesta segunda-feira (5) que assinou o distrato com a Ser Educacional (SEER3) onde haviam ajustado uma opção de compra, em favor da Ser, de 100% das quotas representativas do capital social das sociedades mantenedoras da Faculdade Internacional da Paraíba (FPB), do Centro Universitário dos Guararapes (UNIFG) e do CEDEPE Business School.

Outras opções de compra e/ou de venda e direitos de preferência também ficaram extintos com o distrato.

O acordo foi aceito entre ambas as partes, e agora a Anima Educação permanece detentora de 100% dos ativos brasileiros do Grupo Laureate, instituições essas que são referências em seus mercados de atuação.

CEEE-D homologa aumento de capital

A CEEE-D (Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica), divulgou que em reunião realizada nesta segunda (5), o Conselho de Administração tomou conhecimento e homologou o aumento de capital social da Companhia no montante de R$ 3.362.158.135,09.

Desta maneira, o capital social passa dos atuais R$ 23.702.962,15 representado por 9.680.746 ações, sem valor nominal, sendo 9.516.732 ações ordinárias e 164.014 ações preferenciais, sem direito a voto para R$ 3.385.861.097,24 representado por 68.254.930 ações, sem valor nominal, sendo 68.090.916 ações ordinárias e 164.014 ações preferenciais, sem direito a voto, refletindo a emissão de 58.574.184 novas ações ordinárias, todas sem valor nominal, pelo preço de emissão de R$ 57,40 por ação.

O aumento de capital foi totalmente integralizado pelos acionistas da Companhia, sendo a integralização realizada mediante a capitalização pela Controladora.

S&P eleva rating nacional da Irani Papel e Embalagem (RANI3) de brA para brAA

A Irani Papel e Embalagem (RANI3) anunciou que a agência de classificação de risco de crédito S&P Global Ratings elevou o rating de crédito de emissor de longo prazo da Companhia de ‘brA’ para ‘brAA’ na Escala Nacional Brasil, com perspectiva estável.

Também foram elevados os ratings atribuídos à 3ª Emissão Pública de Debêntures Simples Verdes (CELU13) e à 4ª Emissão de Debentures Simples Privada Verdes (RANI14), de ‘brA+’ para ‘brAA+’.

Restoque convoca Age para votar plano de recompra

Os acionistas da Restoque foram convocados para comparecerem à Assembleia Geral Extraordinária da Companhia que será realizada, em segunda convocação, no dia 14 de julho.

Durante a votação, eles devem deliberar sobre a aprovação de novo Plano de Outorga de Opção de Compra de Ações da Companhia.

Energisa informa mudança acionária

A Energisa recebeu um comunicado de seu acionista Itaú Unibanco S.A. nesta segunda-feira (5), informando que adquiriu certificado de ações emitidas pela companhia, atingindo, de forma agregada, 26.564.520 units, representativas de 26.564.520 ações ordinárias (3,51% do capital na espécie) e de 106.258.080 ações preferenciais (10,04% do capital na espécie).

Como resultado dessa aquisição, o Itaú passou a deter 7,30% do capital social total da Energisa.

O Itaú declarou que tal participação não tem o objetivo de alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da sociedade.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3