Whatsapp quer usar campanha publicitária para combater fake news no Brasil

Marcus Vinicius Vicente
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação / Google Play

O aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp iniciou uma campanha educacional para combater o compartilhamento de notícias falsas, as populares fake news.

app veiculou publicidade digital, impressa e em outdoors em todo o País, em ação que faz parte de um esforço educacional de longo prazo para combater a desinformação.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

Segundo o WhatsApp, a ação publicitária teve início em 2018, ano de eleições presidenciais.

A campanha tem como objetivo lembrar os usuários que os rumores nem sempre são fatos, e oferecer dicas contra a disseminação de fake news.

Em 2020, os brasileiros irão às urnas em outubro para eleger mais de 5.000 prefeitos e cerca de 70.000 vereadores.

A campanha também inclui uma parceria com a empresa de aviação civil Gol.

Desse modo, os passageiros que partem e chegam à Brasília receberão dicas, por meio de um discurso a bordo, de como identificar notícias falsas.

Veja abaixo, exemplos do que será veiculado no serviço:

1. Saiba identificar notícias que podem ser falsas: 

Procure sinais que te ajudem a julgar se uma informação é falsa. Por exemplo: mensagens encaminhadas com fonte desconhecida, falta de evidências ou mensagens cujo único propósito é o de irritar ou incitar violência.

Estes são sinais claros de que uma história pode não ser verdadeira. E, lembre-se: fotos, vídeos e até áudios podem ser manipulados para tentar te enganar.

2. Sempre verifique outras fontes: Faça uma busca on-line pelos fatos e cheque sites confiáveis de notícias para ver de onde uma história veio.

Ainda assim, se tiver dúvidas, busque mais informações com pessoas de sua confiança e profissionais de checagem de fatos.

3. Ajude a parar a divulgação: Se você se deparar com algo falso, avise aos amigos e peça para que sempre verifiquem fatos antes de compartilhá-los.

Não compartilhe uma mensagem só porque alguém te pediu para compartilhar.

Logo, vale destacar que os casos de fake news compartilhados via Whatsapp já causaram muita dor de cabeça e até mesmo a morte por espancamento e linchamento.

Desse modo, o próprio serviço de mensagens tem trabalhado em ferramentas para identificar fake news e limitar a quantidade de grupos para os quais um conteúdo pode ser compartilhado simultaneamente.

Planilha de Ativos

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.