Votorantim cria empresa para investir no setor imobiliário; Blau (BLAU3) adia IPO

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação

O grupo Votorantim criou uma empresa focada em empreendimentos no setor imobiliário. A Altre conta com um time de 17 profissionais, vai ser uma incorporadora (edifícios e loteamentos) e desenvolvedora de projetos de transformação urbana.

Segundo reportagem do Valor, no segundo caso, por exemplo, há um amplo terreno da empresa na Vila Leopoldina, zona Oeste de São Paulo, que tem um projeto a ser desenvolvido com órgãos públicos.

Acesse esse material especial para avaliar resultados, performance e dividendos dos melhores FIIs no mercado.

A companhia do grupo Votorantim nasce com competências diversas e terá uma gestão voltada tanto para crescimento orgânico quanto inorgânico [aquisições e fusões], de acordo com João Schmidt, presidente do grupo Votorantim.

Segundo Sérgio Malacrida, diretor financeiro e de RI da Votorantim S.A., a Altre está com projeto de desenvolvimento de um loteamento na cidade de Votorantim (SP), berço da companhia no início do século 20. Será em parceria e levará a marca Altre.

Você sabia que algumas das maiores oportunidades de ganhos da bolsa estão nas Small Caps? Quer saber mais sobre essas ações e como investir? 

Outros loteamentos estão previstos também para Sorocaba (SP) e Paulista (PE), onde a Votorantim é dona de grandes terrenos que abrigaram suas instalações ou foram vilas de funcionários em décadas passadas.

Quer começar o dia bem-informado com as notícias que vão impactar o seu bolso? Clique aqui e assine a newsletter EQI HOJE!

Sinqia (SQIA3) conclui aquisição da FEPWeb

A Sinqia (SQIA3), provedora de tecnologia para o sistema financeiro, comunicou que foi concluída nesta quinta-feira (08) a aquisição de 60% do capital social da Homie do Brasil Informática (FEPWeb).

A aquisição será submetida à ratificação em assembleia geral extraordinária da companhia já convocada para o dia 29/04/2021.

Blau Farmacêutica (BLAU3) adia IPO

A Blau Farmacêutica (BLAU3) decidiu adiar para a próxima semana sua oferta inicial e fez alterações na proposta. Assim, o pedido de reserva de ações passou de 8 de abril para 15 de abril.

A empresa irá retirar sua oferta secundária, quando os acionistas vendem parte de suas ações, e vai reduzir o montante de papéis da oferta primária (quando os recursos vão para o caixa da empresa).

Antes, o prospecto do IPO indicava que a oferta total seria de R$ 2,1 bilhões, sendo R$ 1,5 bilhão da emissão primária e R$ 640 milhões na secundária.

Em comunicado enviado nesta quinta-feira (08) à CVM, a Blau informou que “em razão das adversidades oriundas das atuais condições de mercado”, a quantidade de ações objeto da oferta base será reduzida para 27.299.078 ações a serem emitidas pela companhia, no âmbito da oferta primária.

Em razão da redução do número de ações objeto da oferta base, as ações adicionais e as ações do lote suplementar passarão a corresponder a, respectivamente, até 5.459.815 ações e 4.094.861 ações.

 

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.