Verba federal a estados em dívidas com a União é garantida pela Justiça

Jéssica De Paula Alves
Jornalista e produtora de conteúdo

Crédito: Freepik

A Justiça garantiu que uma verba federal seja destinada a estados com dívidas para com a União. De acordo com o G1, somente as renegociações de dívidas dos estados mais recentes, em 2014 e em 2016. Assim provocaram um rombo de R$ 94 bilhões nas contas do Tesouro.

Decisões recentes do Supremo Tribunal Federal permitiram que estados descumpram contratos e não paguem dívidas com a União. E o calote se repete desde a década de 1990, o governo federal socorreu quase todos os estados.

A União assumiu tudo o que eles deviam a fornecedores, prestadores de serviços e ao Tesouro Nacional. Deu 30 anos para que os governos estaduais pagassem.

“Mesmo com essa nova ajuda, muitos estados voltaram a atrasar parcelas, mas recorrem ao Supremo Tribunal Federal para não sofrer as sanções previstas em contrato, entre elas, deixar de receber repasses da União”, informou o G1.

O Tesouro Nacional fez um levantamento e disse que, neste momento, está impedido de aplicar sanções a cinco estados por força de liminares. São eles Minas Gerais, Goiás, Rio Grande do Norte, Amapá e Rio de Janeiro.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, o que amplia o desafio de busca pelas melhores aplicações para multiplicá-lo.