Vendas no varejo caem nos EUA

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

As vendas no varejo nos Estados Unidos caíram 0,5% entre janeiro e fevereiro. O resultado veio abaixo do aguardado pelos analistas, que previam alta de 0,1% nas vendas, segundo levantamento do jornal The Wall Street Journal.

Sem considerar automóveis, as vendas no varejo dos EUA tiveram queda de 0,4% na comparação entre janeiro e fevereiro. O mercado contava com 0,1%.

As informações foram divulgadas nesta terça-feira (17), pelo Ministério do Trabalho. O cenário captado pelo levantamento, no entanto, ainda não capta os efeitos da pandemia do coronavírus na economia norte-americana, o que já poderá ser sentido na próxima pesquisa mensal.

Conheça planilha que irá ajudar nas escolhas, gestão e diversificação de suas ações

O Ministério também revisou para cima os dados relativos ao mês de janeiro. As vendas no varejo ficaram em 0,6%, ante 0,3% registrado anteriormente.