Vendas a varejo na Páscoa devem despencar 80%, aponta pesquisa

Marcello Sigwalt
null

Crédito: Site Istoé Dinheiro

Pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar) aponta que a intenção de compra na Páscoa deste ano deve apurar uma queda de 80% no segmento do varejo, devido à pandemia da Covid-19.

A previsão contrasta com o desempenho do setor, até a primeira semana de março, quando registrava crescimento de 55% em relação a igual período de 2017 e ligeiramente superior ao apurado no ano passado.

Índices negativos

Devido à adoção de medidas, como a quarentena imposta pelas autoridades para o combate ao vírus, o presidente do Ibevar, Claudio Felisoni de Angelo, admite que “os índices de desempenho do comércio nessa data serão significativamente negativos”.

Confiança quebrada

O argumento do dirigente é de que, além de desestabilizar o país, a pandemia ‘quebrou’ a confiança do consumidor, que deverá preferir não “comprometer seu orçamento com produtos sazonais”

Sem salvação

Mesmo as entregas pelo sistema delivery não serão, segundo Angelo, suficientes para ‘salvar’ a Páscoa, uma vez que a questão crucial “é o gasto com o produto e não a forma como será adquirido, se em loja física ou on-line”.

Receio do desemprego

O presidente do instituto conclui, acrescentando que a “incerteza sobre a evolução da economia e o receio do desemprego igualmente ajudam a explicar o atual cenário negativo”.