Veja tudo sobre a Booking Holdings (BKNG34), com BDRs negociados na B3

Ana Paula Schuster
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Booking Holdings (BKNG34)

A Booking Holdings (BKNG34) é uma empresa que organiza viagens pelo mundo e é possível agendar hospedagens, passagens e passeios. Ela se tornou uma das maiores do planeta no segmento em que atua, por isso, atrai diversos investidores.

De acordo com seus dados, está atuando em mais de 220 países e atende em 40 idiomas distintos e isso mostra a influência global da empresa.

Os investidores que se interessam pela empresa podem negociar papéis da mesma diretamente da B3, a bolsa brasileira, via Brazilian Depositary Receipts (BDRs), sob o código BKNG34.

Análises e Resumos do mercado financeiro com leituras de 5 minutos. Conheça a EQI HOJE

Conheça a Booking Holdings (BKNG34)

A Booking Holding (BKNG34) é uma empresa americana que possui uma plataforma de viagens. Portanto, fatores como passagens, hospedagens e passeios podem ser planejados por tal. Atua em mais de 220 países e está disponível em 40 idiomas ou mais.

Esta é uma corporação formada pelas seguintes partes:

  • Booking;
  • Kayak;
  • Priceline;
  • RentalCars;
  • OpenTable.

Sua principal missão é tornar a experiência de conhecer o mundo muito mais fácil por meio de tecnologias de buscas e organização de viagens. Com isso, tornou-se uma empresa consolidada no mercado global.

Também ficou na lista Fortune 500 de 2019. Assim, foi considerada uma das maiores corporações dos EUA em receita.

Números da Booking Holdings (BKNG34)

Devido à pandemia, as viagens foram interrompidas no ano passado, afetando o desempenho da empresa no ano. Confira alguns resultados do ano de 2020:

  • Total de receita: US$ 6,796 bilhões;
  • Total de despesas operacionais: US$ 6,216 bilhões;
  • Lucro operacional: US$ 580 milhões;
  • Lucro antes do imposto de renda: US$ 567 milhões;
  • Lucro líquido: US$ 59 milhões;
  • Ebitda: US$ 1,04 bilhões;
  • Lucro por ação diluído por ação: US$ 1,44.

O baixo lucro operacional em relação a 2019 deve-se à pandemia, que afetou diretamente o setor de viagens. Em 2019, o lucro foi de US$ 5,345 bilhões, representando uma diferença de US$ 4,765 bilhões diante do ano seguinte.

Valorização dos BDRs

Apesar da crise, os BDRs da Booking Holdings (BKNG34) valorizaram 86%, indo de R$ 42,56 em abril de 2020 a R$ 79,25 neste ano (cotação de 16 de abril).

Desempenho no último balanço da Booking Holdings (BKNG34)

O desempenho baixo da empresa no ano de 2020 ocorreu devido à queda de 63% nas reservas de viagens. Além disso, a queda de 58% nas diárias reservadas também mostra os efeitos da pandemia e a impossibilidade de fazer viagens no ano.

Balanço patrimonial

A Booking Holdings(BKNG34) fornece o seu balanço patrimonial com dados sobre os ativos da empresa e o desempenho financeiro. Então, confira alguns deles a seguir:

  • Patrimônio líquido total: US$ 4,8 bilhões;
  • Contas a receber: US$ 529 milhões;
  • Contas a pagar: US$ 725 milhões;
  • Despesas de imposto de renda: US$ 508 milhões;
  • Dívida a longo prazo: US$ 11,029 bilhões;
  • Receitas diferidas: US$ 323 milhões;
  • Passivos por impostos diferidos: US$ 1,127 bilhões;
  • Fluxo de caixa total: US$ 11,063 bilhões.

Estratégia da Booking Holdings (BKNG34)

A missão da Booking Holdings (BKNG34) é tornar mais fácil viajar pelo mundo e os pilares de seu desenvolvimento são:

  • Conformidade, ética e integridade;
  • Privacidade e segurança de dados;
  • Diversidade e inclusão;
  • Saúde e bem-estar dos funcionários;
  • Envolver clientes com sustentabilidade;
  • Gerenciar impacto ambiental;
  • Direitos humanos;
  • Turismo sustentável;
  • Doações voluntárias e beneficentes.

Foi criado um Departamento de sustentabilidade para gerir todas estas questões. O CEO Glenn D. Fogel reafirmou o compromisso da empresa em combater as mudanças climáticas. Além disso, Fogel se comprometeu a ajudar a reduzir desigualdades sociais.

Origem e história da Booking Holdings (BKNG34)

A Booking Holdings (BKNG34) começou com o nome “Name Your Own Price”. Porém, ofertava serviços de hipoteca, telefonia, bens de segunda mão e carros novos. Contudo, no ano seguinte parou  e passou a focar apenas nas viagens.

Então, confira os anos importantes da empresa:

  • 2003: Entrada no mercado de varejo, com participação na TravelWeb, também adquiriu o Active Hotels, serviço de hotelaria destaque na Europa;
  • 2005: Aquisição da booking.com;
  • 2009: Listada na S&P500, sendo assim uma das principais empresas do setor de viagens no mercado de capitais de Nova York;
  • 2010: Tornou-se a maior empresa do setor no mundo, superando a Expedia, além disso, adquiriu a RentalCars;
  • 2013: Aquisição da Kayak e da OpenTable;
  • 2014: Reconhecimento da Fortune, como uma das empresas mais admiradas;
  • 2014: Mudou seu nome para The Priceline Group, representando todas as firmas incorporadas;
  • 2015: Passou a figurar entre as 25 empresas mais inovadoras do mundo;
  • 2018: Tornou-se a Booking Holdings;
  • 2020: Criação do departamento formal de sustentabilidade.

O que é preciso fazer para investir na Booking Holdings

Para adquirir BDRs da Booking Holdings (BKNG34), o investidor precisa procurar um banco ou uma corretora de valores autorizados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).