Futuros de NY sobem; Ibovespa futuro abre em alta

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Os mercados futuros de Nova York operam em alta nesta segunda-feira (19), na expectativa por um novo pacote de socorro econômico nos Estados Unidos.

Por aqui, o Ibovespa futuro abriu com alta e operava às 9h30 com valorização de 0,5%.

A presidente da Câmara, Nancy Pelosi, disse no domingo que, embora as diferenças permaneçam entre os democratas do Congresso e os negociadores da Casa Branca, ela estava otimista sobre a aprovação de uma legislação sobre um acordo de estímulo fiscal antes da eleição de 3 de novembro.

Juliano Custódio. Henrique Bredda. Luiz Barsi. Gustavo Cerbasi.

Estamos Ao Vivo!

O Produto Interno Bruto (PIB) da China no terceiro trimestre cresceu 4,9% em comparação com 2019, de acordo com dados divulgados ontem à noite pelo Escritório Nacional de Estatísticas do país. A projeção era por aumento de 5,2%. A produção industrial avançou 6,9% em setembro, quando a estimativa era por 5,8%. As vendas no varejo cresceram 3,3%.

O coronavírus segue preocupando, com a Itália também aumentando restrições de circulação, limitando o horário para reuniões em espaços públicos e o funcionamento de restaurantes.

Destaques no Brasil

Senadores seguem pressionando pela prorrogação do auxílio emergencial enquanto o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), negam que a proposta será leva adiante. Guedes afirmou que “seria melhor voltar ao Bolsa Família do que tentar fazer um movimento louco e insustentável”.

Hoje tem divulgação do Boletim Focus, com as projeções das instituições financeiras para os principais indicadores econômicos.

Confira as cotações às 9h:

Mercados futuros de Nova York

  • S&P: +0,82%
  • Nasdaq: +1,03%
  • Dow Jones: +0,70%

Mercados Europa

  • DAX, Alemanha: -0,05%
  • FTSE, Reino Unido: -0,18%
  • CAC, França: +0,27%
  • FTSE MIB, Itália: +0,15%
  • Stoxx 600: +0,13%

Mercados Ásia

  • Nikkei, Japão: +1,11%
  • Xangai, China: -0,71%
  • HSI, Hong Kong: +0,64%
  • ASX 200, Austrália: +0,85%
  • Kospi, Coreia: 0,22%

Petróleo

  • WTI (dezembro 2020): US$ 41,11 (-0,02%)
  • Brent (dezembro 2020): US$ 42,91 (-0,05%)

Ouro

  • Ouro futuro (dezembro 2020): US$ 1.915,70 (+0,48%)