Valid (VLID3) reverte lucro em prejuízo ao marcar R$ 148 mi no 2TRI

Osni Alves
Jornalista (2007); Especializado em Comunicação Corporativa e RP (INPG, 2011); Extensão em Economia (UFRJ, 2013); Passou por redações de SC, RJ e BH (oalvesj@gmail.com).
1

Crédito: Valid

A Valid (VLID3) registrou prejuízo de R$ 148 milhões no segundo trimestre de 2020 contra o lucro de R$ 6,9 milhões em igual período do ano passado.

No comparativo semestral, a companhia reportou prejuízo de 147,1 milhões contra os R$ 211 milhões de lucro no ano anterior.

Já o Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) alcançou R$ 17,5 milhões no segundo trimestre de 2020 contra os R$ 63,6 milhões em igual período do ano anterior.

O mesmo indicador, mas no comparativo semestral, marcou R$ 77,7 milhões em 2020 contra R$ 130,7 milhões em igual período do ano de 2019.

O balanço foi divulgado na noite desta quinta-feira (6).

Valid (VLID3) reverte lucro em prejuízo ao marcar R$ 148 mi no 2TRI

VLID3: redução da receita

Em seu balancete, a companhia informou que “com a expansão do coronavírus, começamos a sentir maiores impactos nas nossas operações devido à paralisação total das unidades”.

Isso implicou em redução de receita de 63,5% da principal e mais lucrativa divisão de negócios.

Assim, a companhia atingiu R$ 414,6 milhões de receita líquida consolidada.

VLID3: gestão de caixa

De acordo com a companhia, foram captados aproximadamente R$ 218 milhões em novas dívidas de curto prazo.

“Refinanciamos todas as dívidas cujos vencimentos estavam programados para 2020 no Brasil e exterior, postergamos para dezembro a segunda parcela do pagamento de juros sobre capital próprio, no valor líquido de R$ 22,2 milhões”, informaram.

Com estas medidas, a empresa fechou o segundo trimestre com um caixa de R$ 558,2 milhões derivada de uma geração de caixa operacional positiva no montante de R$ 66,8 milhões.

Veja o desempenho de VLID3 X Ibov em seis meses:

Valid (VLID3) reverte lucro em prejuízo ao marcar R$ 148 mi no 2TRI

Fonte: tradingview.

Quais os melhores investimentos para 2020? Conheça nossas sugestões aqui