Valid (VLID3) adquire Mitra por até R$ 17,5 milhões

Felipe Moreira
Felipe Moreira é Graduado em Administração de empresas e pós-graduado em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 6 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução/Facebook

A Valid (VLID3) adquiriu 51% de participação na Mitra, empresa que fornece Sistemas Integrados de modernização da gestão municipal.

O desembolso inicial pela aquisição da Mitra é de R$ 9,5 milhões e poderá atingir R$ 17,5 milhões.

A Mitra está presente em cidades como São Caetano do Sul (SP), Santo André (SP), Vinhedo (SP), Araraquara (SP) e Campos dos Goytacazes (RJ) com soluções que impactam uma população de mais de 1,7 milhão de cidadãos atualmente.

Transformação digital

“A aquisição da Mitra fortalece a capacidade da Valid em promover, de forma customizada, a jornada de transformação digital dos nossos clientes”, explica Carlos Affonso, CEO da Valid..

“Na ponta final, entregamos para os governos locais as ferramentas de inclusão digital do cidadão, para uma jornada cada vez mais eficiente e geradora de qualidade de vida”

Com a aquisição, a Valid amplia seu portfólio de produtos e serviços para a vertical de Cidades Inteligentes, com soluções dedicadas à qualificação da gestão pública através da tecnologia e inclusão digital.

A aquisição da Mitra se soma à recente compra da Estacionamento Digital, também presente em Belo Horizonte (MG), Salvador (BA) e Fortaleza (CE).

Ao todo, as soluções de Cidades Inteligentes Valid já estão presentes em 34 municípios brasileiros.

Por fim, a Valid informou que a aquisição não se enquadra nas situações de direito de recesso.

OSX Brasil (OSXB3) informa sobre oscilações atípicas

A OSX Brasil (OSXB3), em recuperação judicial, informou a ocorrência de oscilações atípicas no valor de cotação e no volume de negociações das ações ordinárias de sua emissão no pregão de hoje (13).

Conforme a OSX, as oscilações são atípicas quanto ao preço das ações negociadas se comparadas às médias dos últimos 60 pregões.

A cotação mínima das ações foi de R$ 4,52 e a máxima de R$ 5,20. Isso significa uma variação intraday de aproximadamente 15,04%.

A OSX inquiriu as pessoas com potencial acesso a matérias que possam constituir atos ou fatos relevantes, com o objetivo de averiguar se estas têm conhecimento de informações que deveriam ser divulgadas ao mercado, sem que qualquer resposta positiva tenha sido recebida.

Sendo assim, a companhia informou que não tem conhecimento de qualquer ato que poderia dar ensejo às oscilações.

Por fim, a OSX constatou as oscilações atípicas espontaneamente, não tendo recebido qualquer tipo de comunicação da CVM ou B3.