Vale (VALE3) recebe termo de desinterdição para operação no site Fábrica em Ouro Preto

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

A Vale (VALE3) informou que recebeu termo de desinterdição da Agência Nacional de Mineração (ANM), para a operação definitiva das plantas de beneficiamento, pelotização e lavra na Área 15, no site Fábrica, Ouro Preto (MG).

Desde abril, Fábrica operava via processamento a úmido, em regime de testes, de modo a avaliar impactos geotécnicos destas operações nas estruturas próximas ao site. Os testes, sob a supervisão e com a anuência dos órgãos reguladores e auditores externos, não detectaram incremento de risco às estruturas.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

A retomada do processamento a úmido em Fábrica permite a manutenção da produção próxima a capacidade nominal de 6 Mtpa da planta de beneficiamento, além de garantir uma melhora na qualidade média do portfólio de produtos da Vale e maior flexibilidade operacional.

A Vale optou por manter, neste momento, inativa a operação de pelotização tendo em vista algumas restrições operacionais, tais como acesso a certas frentes de lavras e a interdição de detonações, o que impactam a qualidade adequada para a produção pellet feed.

Eletrobras (ELET6 ELET3) informa consórcio vencedor das obras de Angra 3 

A Eletrobras (ELET3) informou que, em sessão pública realizada nesta sexta-feira (23), a controlada Eletrobras Termonuclear (Eletronuclear) declarou o consórcio composto por Ferreira Guedes, Matricial e ADtranz vencedor da licitação.

O processo marcará a retomada das obras da usina nuclear de Angra 3, no âmbito do Plano de Aceleração do Caminho Crítico.

O lance vencedor foi de R$ 292 milhões, o que representa um deságio de aproximadamente 16% em relação ao valor de referência estabelecido pela Eletronuclear.

Via (VVAR3) aprova aumento de capital 

A Via (VVAR3) aprovou aumento de capital, no valor de R$ 1,4 milhões, mediante a emissão de 386.541 ações ordinárias da varejista.

 

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3