Vale (VALE3) suspende operações da usina de Viga

Redação EuQueroInvestir
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Vale/Agência Brasil

A Vale informou que as operações da usina de concentração de Viga, localizada no município de Congonhas (MG), foram suspensas, em razão de decisão judicial que determinou a interrupção da disposição de rejeitos e a realização de obras na barragem B7, localizada no município de Jeceaba (MG). A decisão foi proferida pelo juiz da Vara Única da comarca de Entre Rios de Minas em ação civil pública ajuizada pelo município.

A companhia informou que as atividades na mina de Viga permanecem inalteradas.

O impacto estimado da paralisação temporária das operações de Viga é de aproximadamente 11 mil toneladas de finos de minério de ferro por dia.

Participe do maior evento de investimentos da América Latina

Em comunicado, a Vale afirma que a unidade operacional de Viga preenche os requisitos necessários para a expedição do alvará de funcionamento da barragem B7 e que, por isso, contestará a decisão judicial.

Equatorial (EQTL3) confirma estudos de aquisições

A Equatorial Energia confirmou nesta segunda-feira (28) que estuda possíveis aquisições de empresas, entre elas a Companhia Energética de Brasília (CEB) e a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE). As transações, disse a empresa, poderiam ser inclusive por meio de leilões.

Nesse contexto, a companhia contratou assessorias para avaliação das potenciais operações, incluindo o Banco Santander, que atuará como assessor financeiro nas análises.

Porém, destacou que não há definição a respeito da participação em leilões, nem termos e condições de possíveis operações envolvendo a aquisição das duas companhias.

A Equatorial também afirmou que, de acordo com seu estatuto, eventuais transações devem ser submetidas às aprovações societárias. E, nos casos de concorrências públicas, estão sujeitas às condições de entidades competentes.