Vale (VALE3) não chega a acordo com New Century sobre Vale Caledonia

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: vale

A Vale (VALE3) informou ontem, 7, que a Vale Canada Limited (VCL) não chegou a um acordo com a New Century Resources Limited para adquirir a sua participação de 95% na Vale Nouvelle Caledonie (VNC).

Assim sendo, encerra-se na data de hoje,8, um período de exclusividade com a New Century Resources que teve início em 25 de maio de 2020.

“A busca inicial por compradores potenciais para a VNC seguiu um processo robusto e competitivo que envolveu uma extensa análise de experiência e capacidade, bem como um compromisso em cumprir as obrigações sociais e ambientais da VNC”, informou a Vale no comunicado.

Ferramenta ajuda na escolha de suas ações de acordo com balanços

A Vale inicia agora o processo para colocar a VNC em care and maintenance, no intuito de se preparar para um possível fechamento da operação, caso nenhuma solução sustentável seja encontrada nos próximos meses.

Ao mesmo tempo, a companhia mantém os esforços com o governo francês, a Província do Sul da Nova Caledônia e a administração da VNC para alcançar resultados positivos para as operações no futuro.

“Todas as partes envolvidas nesta negociação investiram esforços significativos na tentativa de chegar a uma solução para o futuro sustentável da VNC”, disse Eduardo Bartolomeo, CEO da Vale.

“A Vale e todos os envolvidos no processo de desinvestimento -incluindo a Província do Sul da Nova Caledônia, o Estado francês e a administração da VNC -continuam a explorar alternativas para criar um futuro viável para a VNC, todas as quais contemplarão a saída da Vale.