Vale (VALE3): produção de minério acelera em junho e cresce 5,5% no 2TRI20

Felipe Moreira
Felipe Moreira é Graduado em Administração de empresas e pós-graduado em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 6 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Vale (VALE3): mineradora adota protocolo de emergência em Catas Altas

A Vale (VALE3) registrou um crescimento de 5,5% na produção de minério de ferro no segundo trimestre frente igual período de 2019.

Dessa forma, a produção de minério de ferro atingiu 67,598 milhões de toneladas métricas (Mt).

Em comparação ao primeiro trimestre deste ano, a alta foi de 13,4%.

Entretanto, no acumulado do semestre, houve queda de 7,1%.

Assim, a produção no primeiro semestre atingiu 127,203 Mt.

Segundo a empresa, a produção em junho foi de 25 Mt, “apresentando forte aceleração em relação aos níveis de abril e maio, e entrando em um período sazonalmente forte, com níveis mais baixos de chuva”.

Sobre a operação da S11D, a Vale informou que atingiu um “run-rate” de 91 Mtpa em junho, que provavelmente melhorará no segundo semestre deste ano, em direção a uma produção anual ligeiramente acima de 85 Mt.

Vale guidances

A empresa destacou ainda que o seu guidance (projeção) para a produção de finos de minério de ferro em 2020 permanece inalterado em 310-330 Mt, “assumindo que a extremidade inferior do guidance é o cenário mais provável”.

Sobre o segundo trimestre, a empresa afirmou que, apesar dos impactos do Covid-19 e dos desafios operacionais enfrentados, o desempenho melhorou no final do período, com o fim da estação chuvosa.

Segundo a empresa, os marcos para atingir o guidance incluem:

Uma produção próxima a 200 Mt em 2020 no Sistema Norte, que inclui a produção na Serra Norte próxima ao segundo semestre de 2019, um sólido desempenho no S11D e o reinício da Serra Leste;

Melhorias operacionais no Complexo de Itabira, que foi impactado por manutenção no primeiro trimestre e pelo Covid-19 no segundo trimestre;

Além da retomada do site de Fazendão no terceiro trimestre.

Pelotas

A produção de pelotas da Vale caiu 22% no segundo trimestre e 34,1% no semestre, para, respectivamete, 7,07 Mt e 13,9 Mt.

Enquanto, em relação ao primeiro trimestre, houve alta de 2,1%.

De acordo com a Vale, a produção de pelotas ficou em linha com o primeiro trimestre de 2020.

Isso se deve, principalmente, à normalização da disponibilidade de pellet feed na planta de pelotização de Omã, parcialmente compensada pela menor disponibilidade de pellet feed proveniente do Complexo de Itabira.

Já o guidance de produção de pelotas este ano foi revisado de 35-40 Mt para 30-35 Mt, por conta de ajustes de produção de “pellet feed” no site de Itabira; pelo adiamento da retomada da planta de pelotização de Vargem Grande para 2021; e à menor demanda do mercado.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Vendas

O volume de vendas de minério de ferro recuaram 11,8% no segundo trimestre, para 54,6 Mt, enquanto no semestre caíram 9,4%, para 106,2 Mt.

Na comparação com o primeiro trimestre, as vendas subiram 5,7%.

Já as vendas de minério de manganês subiram 193,5% no trimestre e 42,2% no semestre.

Enquanto isso, a venda de pelotas caíram 21,4% no trimestre e 32,6% no semestre.

Retomada operacional

Conforme a Vale, ações para retomar os sites de Timbopeba, Fábrica, Vargem Grande e Brucutu estão em implementação, em colaboração com a Agência Nacional de Mineração (ANM), o Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG) e as empresas de auditoria externa.

Os impactos relacionados ao COVID-19 nas obras de Timbopeba, Fábrica e Complexo de Vargem Grande, refletem níveis mais baixos de pessoal nas construções e, portanto, menor progressão das obras.

O ritmo das obras também deve ser desacelerado na estação chuvosa, com início esperado em novembro.

Vale informa sobre atualização de projeções de pelotas e S11D

A mineradora atualizou hoje (20) as projeções da produção de sua operação de minério de ferro em S11D para aproximadamente 85 Mt em 2020, e produção de pelotas entre 30 e 35Mt em 2020, de 35 e 40 Mt.

De acordo com a Vale, as informações divulgadas representam uma mera estimativa.