Vale (VALE3) prevê mais US$ 671 mi em provisões por barragens no 4TRI19

Rodrigo Petry
Editor-chefe, com 18 anos de atuação em veículos, como Estadão/Broadcast, InfoMoney, Capital Aberto e DCI; e na área de comunicação corporativa, consultoria e setor público; e-mail: rodrigo.petry@euqueroinvestir.com.
1

Crédito: Divulgação / O Petróleo

Junto com o relatório de produção, a Vale (VALE3) divulgou mais um fato relevante em que amplia os valores de provisões para descaracterizações de barragens, que devem gerar um efeito líquido de US$ 671 milhões.

Segundo a empresa, as novas provisões devem ser divulgadas no relatório financeiro do quarto trimestre, previsto para ser publicado no dia 20 de fevereiro.

De acordo com o fato relevante, a Vale provisionará US$ 716 milhões para o plano de descaracterização das barragens Doutor e Campo Grande e das três estruturas de empilhamentos drenados, para as quais não havia sido feito provisionamento anteriormente.

BDRs. Alternativas para investir no exterior diretamente da bolsa brasileira

“Considerando os valores acima mencionados e a adição de US$ 87 milhões de outros ajustes de provisão, relacionados a estruturas localizadas nas proximidades de Córrego do Feijão, o efeito líquido na provisão de descaracterização de barragem é de US$ 671 milhões”, informou.