Vale (VALE3) inicia protocolo de emergência em barragem de MG

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

A Vale (VALE3) iniciou nesta quarta-feira (18) o protocolo de emergência em Nível 2 da barragem Norte/Laranjeiras, da mina de Brucutu, no Município de Barão de Cocais, Minas gerais.

Dessa forma, será iniciada, nos próximos dias, a remoção de residentes na Zona de Autossalvamento referente à estrutura, estimados em 34 pessoas.

De acordo com a Vale, a elevação do nível de emergência reflete uma abordagem conservadora, embora não tenham sido observadas alterações relevantes quanto aos fatores de segurança da estrutura. A mineradora informa que a barragem Norte/Laranjeiras não recebe rejeitos e, portanto, não faz parte do plano de produção de minério de ferro desde dezembro de 2019.

BDRs, Day Trade, Unicórnios e novos IPOs.

Hoje é dia de insights para investir em 2021.

“A remoção será feita de forma programada, conduzida pela Defesa Civil, com o acolhimento das famílias pela Vale. A companhia prestará toda a assistência necessária às famílias até que a situação seja normalizada”, conforme informou a mineradora nota.

Em relação à Brumadinho, as discussões entre a Vale e as diversas instâncias governamentais sobre um acordo definitivo em relação às indenizações referentes à tragédia de Brumadinho seguem sem definição – e uma nova audiência deve acontecer em 9 de dezembro, segundo o Valor.

As entidades pedem em Ação Civil Pública (ACP) R$ 54 bilhões da mineradora, enquanto estudo encomendado pela Vale aponta que o valor pedido pelos representantes do Estado “baseia-se em premissas que não têm amparo na teoria econômica”.

A Vale provisionou US$ 6 bilhões para cobrir a reparação por Brumadinho, o equivalente a R$ 33,6 bilhões pelo câmbio atual. O pedido das instituições governamentais de R$ 54 bilhões atinge quase os US$ 10 bilhões.

Gafisa (GFSA3) negocia aquisição de shoppings no Rio

A Gafisa (GFSA3) informou que concretização da aquisição do Shopping Jardim Guadalupe e Fashion Mall, ambos no Rio de Janeiro dependerá da definição dos termos finais da negociação, e do cumprimento de condições precedentes, como a aprovação por órgãos competentes.

Bradesco (BBDC4 BBDC3) se mantém no Índice Dow Jones de Sustentabilidade

O Banco Bradesco (BBDC4 BBDC3) anunciou que, pela 15ª vez, integra o Índice Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI), da Bolsa de Nova Iorque, compondo as carteiras Mundo e Mercados Emergentes no ciclo 2020-2021.

Conforme a nota, O Bradesco teve a melhor performance entre os bancos brasileiros presentes no Índice e alcançou a quinta posição entre os mais de 250 bancos avaliados globalmente.

Criado em 1999, o DJSI avalia as melhores práticas em sustentabilidade corporativa, atribuindo valor diferenciado às companhias que se destacam pela gestão de fatores ambientais, sociais e de governança (ASG) de seus negócios.

Leia Mais:

Dividendos: confira as ações mais recomendadas para novembro

Teste de impairment: para que serve e qual a sua importância?

Para participar da nova edição da Money Week, de 23 a 27 de novembro, inscreva-se

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato.