Unipar Carbocloro (UNIP6) e AES Tietê (TIET11) concluem joint venture para geração de energia eólica

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

A Unipar Carbocloro (UNIP6) e a AES Tietê (TIET11) informaram que foi finalizada nesta quinta-feira (3), a constituição de uma joint venture (JV) para geração de energia eólica.

Segundo o comunicado, o projeto de JV possui 155 MW de capacidade eólica instalada.

“Isso equivale a 78 MW médios de energia assegurada, sendo que 60 MW médios foram comercializados por meio de um contrato com prazo de 20 anos firmado entre JV e Unipar”, informaram as companhias.

BDRs| Aprenda mais sobre essa classe de Ativos

Atualmente, a fazenda eólica está em construção e faz parte do complexo eólico Tucano, localizado no Estado da Bahia.

A entrada em operação dos 155MW está prevista para o segundo semestre de 2022.

 

Hapvida (HAPV3) antecipa pagamento de JCP

O conselho de administração da Hapvida (HAPV3) aprovou nesta quinta, 3, a antecipação do pagamento remanescentes de juros sobre capital próprio (JCP) e dividendos relativos ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2019.

Anteriormente, a data prevista para pagamento era 30 de dezembro de 2020.

No entanto, com as deliberações aprovadas, a nova data para pagamento passa a ser 18 de setembro de 2020.

No âmbito dos dividendos, serão pagos o montante de R$ 6.123.781,32, no valor de R$ 0,008242123 por ação.

Já no que se refere aos JCP, a companhia aprovou o pagamento de R$ 111.521.146,90, no valor de R$ 0,15752465.

No mesmo comunicado, a Hapvida aprovou ainda a declaração de JCP relativos ao período findo em 30 de junho de 2020.

Assim sendo, será pago o montante de R$110.769.442,00, correspondente ao valor bruto de R$ 0,1490869330 por ação ordinária.

Terão direito a este JCP todos os acionistas detentores de ações da companhia ao final do pregão do dia 10 de setembro de 2020.

A Hapvida informou que estes JCP serão pagos no dia 30 de abril de 2021.

Electro Aço Altona (EALT4) aprova compra de imóvel em SC para expandir parque fabril

A Electro Aço Altona (EALT4) aprovou a compra de um imóvel no município de Gaspar (SC) para futuras instalações/expansão do parque fabril da companhia.

Segundo o comunicado, o pagamento pela aquisição se dará de forma parcelada, no entanto, demais detalhes e valores não podem ser revelados em função do acordo de sigilo.

O imóvel mede aproximadamente 160.000 metros quadrados, o qual é objeto de processo de retificação de área em andamento, podendo acrescer até 288.000 metros quadrados.