Unidas (LCAM3) sobe com balanço forte; Localiza (RENT3) pega carona

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

As ações da Unidas (LCAM3) sobem 4,36% nesta terça-feira (27) após divulgação de seu balanço referente ao terceiro trimestre. A companhia reportou um lucro líquido de R$ 124,2 milhões, um crescimento de 44,4% na comparação com igual trimestre do ano passado. A Localiza pegou carona e avança 4,18%.

Isso porque, em 22 de setembro, as empresas anunciaram a intenção de união de seus negócios.

As siderúrgicas também apresentam ganhos relevantes na sessão de hoje, por causa da expectativa em torno da apresentação, nesta semana, do novo plano quinquenal de desenvolvimento econômico da China. Usiminas (USIM5), com +4,47%, puxava as altas do setor. Em seguida aparecia Gerdau (GGBR4), com +3,47%; Metalúrgica Gerdau (GOAU4),+3,21%; e CSN (CSNA3), +2,73%.

BDRs| Confira os papéis disponíveis para Investimentos

Petz (PETZ3) reportou um lucro líquido de R$ 17,06 milhões no terceiro trimestre de 2020, um crescimento de 47,5% na comparação com igual trimestre do ano passado. O papel sobe 2,12%.

Outro destaque foi o Santander que abriu com forte alta, após reportar um lucro acima do esperado no terceiro trimestre. Mas, com dúvidas sobre inadimplência e provisões, o papel reverteu a tendência de alta e opera em queda de 1,72%.

Acompanhando o Santander,  Itaú (ITUB4), Bradesco (BBDC4) e Banco do Brasil (BBAS3) recuam 0,82%, 0,92% e 0,45%, respectivamente.

Confira os melhores momentos da Money Week

Maiores queda da bolsa

Entre os destaques negativos da bolsa estão Via varejo (VVAR3), JBS (JBSS3), Ambev (ABEV3), com queda de 3,01%, 2,80% e 2,61, respectivamente.

A Embraer também é destaque negativo com recuo de 2,47%.

Petrobras (PETR4) cai 1,58%. A estatal informou que recebeu ontem ofertas pela sua participação na GasPetro. A petrolífera pretende realizar a alienação de 51% do capital social na companhia.

A proposta partiu da Compass Gás e Energia, controlada pela Cosan (CSAN3), que avança 2,65% após o anúncio.

Outros destaques

A Ânima Educação (ANIM3) recua 1,55%, mesmo após o anúncio, nesta manhã, de que a Laureate considerou sua proposta de aquisicão superior de forma definitiva.

A Ser Educacional (SEER3), que tinha dado o lance inicial, tenta barrar a compra e entrou com uma petição que visa impedir a derrubada da liminar que suspendeu os negócios.

Conforme o Valor, a Ser contratou estudo para provar que a Ânima não tem todo o recurso disponível para aquisição. Os papéis da empresa operam perto da estabilidade (+0,14%).

A polêmica compra da Linx (LINX3) pela Stone ganhou mais um capítulo. Isso porque a Cielo (CIEL3) quer ser habilitada como “terceira interessada” na fusão entre as duas empresas. Cielo cai 1,80%.

Eletrobras (ELET6) assina acordo de leniência com Camargo Corrêa e sobe 1,21%.

Notre Dame Intermédica (GNDI3) registra alta de 1,97%, após anunciar que fechou acordo para comprar o grupo Serpram (Serviço de Prestação de Assistência Médico-Hospitalar). O valor da transação foi de R$ 170 milhões.

Os papéis do Grupo Soma (SOMA3), dono da Animale e da Farm, fecharam ontem com alta de 10,8% com a notícia que a companhia assinou memorando de entendimentos com os sócios da NV. O valor estimado da transação é de R$ 210 milhões, mas está sujeito a ajustes. Hoje, as ações continuam subindo (+1,52%).

Azul (AZUL4) abre mão de recursos do BNDES

A Azul (AZUL4) opera perto da estabilidade (0,11%). A operadora montou um plano de emissão de debêntures, no valor de R$ 1,6 bilhão.

Segundo o Valor, com a oferta, a companhia vai abrir mão dos recursos do BNDES de ajuda às aéreas.